O que não deve faltar no site de campanha política:

Informação sobre o candidato

Biografia e Histórico

Uma biografia clara, concisa, sem demagogia, atrai o leitor que não quer saber qual o primeiro bichinho de estimação do político, mas com certeza se interessa em saber qual o primeiro projeto de lei que ele criou. Histórias de família são importantes, humanizam o político, mas existe um limite para isso.

O que realmente interessa é o histórico da vida política, com ênfase nas realizações, mas também nas tentativas frustradas, muitas vezes é melhor mostrar que se lutou para defender uma determinada lei e que foi derrotado, do que deixar o eleitorado se perguntando o porquê da abstinência diante de tal ou tal assunto.

Propostas

As propostas são o que o eleitor mais espera, e o político mais teme, uma vez publicadas elas se tornam um compromisso, então, pense muito antes de divulgar propostas impossíveis de serem executadas. A disponibilização de programas de governo são importantes, mas também um ponto no qual o eleitor irá se apoiar para fazer cobranças mais tarde. Comunicação é a chave da campanha online, mas a monitoração do que se deve ou não expor em público é ainda mais importante. Vídeos podem ser interessantes, mas nunca cansativos, nnguém tem paciência para assistir um vídeo de 10 minutos de uma sessão na câmara dos vereadores ou de um discurso mal elaborado de um prefeito.

Opiniões:

Oferecer espaço para opiniões e comentários pode ser um risco se a equipe de marketing não souber lidar com críticas e perguntas embaraçosas, mas é também uma das melhores formas de se conquistar o respeito do eleitor, através de respostas claras e seguras que esclareçam sem deixar dúvidas quaisquer opiniões ou críticas. Não adianta tentar métodos de evasivos, isso pode funcionar no dia a dia, mas na campanha online o eleitor tem tempo de analisar a resposta e, ao contrário do eleitor nas ruas, este vai continuar insistindo na questão. Ainda que a pergunta seja embaraçosa, tente responder de forma clara e concisa, sem deixar de esclarecer a situação, seja ela qual for.

Ligações:

Em qualquer tipo de campanha política os aliados são importantes, no Marketing Político Digital não é diferente. Neste caso pode-se usar links (o que é excelente para a otimização do site) de sites entre aliados, assim como depoimentos, fotos e comentários.

Agenda, comitês e eventos:

O eleitor gosta de seguir os passos de seu candidato, gosta de participar da vida dele, saber o que está fazendo, quando e com quem, uma sugestão é a divulgação da localização dos comitês, de forma que o eleitor mais ativo possa participar e entrar em contato com a equipe responsável pela campanha e até mesmo com o político. Mas o mais importante neste caso é a atualização da agenda, é primordial que os eleitores tenham acesso à informações como local e horário de comícios e outros eventos.

No próximo post vamos analisar Como organizar uma campanha eleitoral, isso serve tanto para a campanha on quando para a offline.

 Até a próxima


Seu comentário foi recebido, responderei assim que possível. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s