Mantendo seu blog em dia

“Escrever é fácil. Você só precisa colocar uma folha de papel na sua máquina de escrever (ou abrir seu editor de texto) e começar a sangrar.” (Thomas Wolfe).

Certo, vamos encarar a realidade: Escrever é difícil.

Há dias em que a Musa surge e as palavras fluem naturalmente, dias em que você consegue escrever textos com facilidade, quase sem sentir. 200 palavras em 15 minutos. E você se sente poderoso.

Mas vamos falar daqueles dias negros, em que você para na frente do computador e se pergunta “o que exatamente estou fazendo aqui?”.

A folha em branco parece te desafiar em você pula de um título para outro, sem conseguir definir o que quer escrever.

Todo começo te parece falso ou estúpido.

Nestes dias, qualquer distração é bem vinda, checar seus e-mails, verificar novidades no Twitter, no Facebook… Qualquer coisa para não te fazer reconhecer que você não conseguiu passar do primeiro parágrafo. Isso ajuda? Não.

Não se trata de colocar algumas palavras aleatórias no papel, mas de fazer com que elas façam sentido.

Tem dias que eu simplesmente me pego pensando se existe alguma forma de dizer o que quero sem ter que me explicar. Certo, isso parece meio impossível, mas, vamos reconhecer que seria bem fácil.

É mais ou menos como o dia a dia da gente, alguns dias são bons outros ruins. A maioria deles é mais ou menos. Leva algum tempo para você esquentar, mas depois que começa… Ah, que beleza!

Não existe uma fórmula mágica para escrever e também não vou dizer que sempre que sento na frente do computador consigo colocar o que quero no editor de texto. Não nem sempre.

Mas existem algumas coisas que você pode fazer para ajudar as palavras a fluírem.

1.   Disciplina

Demorei um pouco para entender que a disciplina ajuda na criatividade. Não é que ela vá fazer o serviço, mas facilita se você não fica arranjando desculpas para escapar.

Então faça um esforço, obrigue-se, com o tempo isso se tornará um hábito e vai ficar mais fácil. Então sente-se na frente do computador e comece com pelo menos 10 minutos diários (digo 10 porque se eu pensar em mais do que 20 minutos, desisto antes de começar) é claro que depois que começar os dez minutos podem se tornar duas horas e você nem vai sentir a diferença.

Apenas comece ok?

2.   Os 10 minutos não resolveram?

Faça uma pausa, saia da frente do computador, vá até a janela, observe a paisagem, converse com alguém sobre outro assunto, faça uma ligação para um amigo, distraia-se. Depois volte e tenta mais dez minutos. Mas, antes de desistir, tente algo diferente, outro tema, ou o mesmo tema, mas uma nova abordagem.

3.   Já tentou de tudo e ainda não conseguiu escrever?

Deixe para amanhã então.  Às vezes não adianta nada insistir, isso acontece com qualquer um. Acredito que Paulo Coelho já tenha passado por isso e mesmo assim, veja a quantidade de livros que ele já escreveu.

De repente, apenas porque você decidiu tirar um folga, resolveu não escrever mais, as idéias começam a fluir e você volta correndo para o computador, cheio de inspiração.

O importante é você ter em mente que o seu blog precisa de você, precisa que o mantenha vivo, atualizado. Com o tempo vai se tornando mais fácil.

Se você tem alguma outra dica para escrever, por favor, me envie, estou disposta a tentar.


Seu comentário foi recebido, responderei assim que possível. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s