Criando um plano de Mídias Sociais para sua empresa

Mapa-midias-sociais

Sua empresa tem um plano de Mídias Sociais? Não?

Você acredita que não seja necessário? Ou não conseguiu encontrar nada que lhe fornecesse idéias de como criar um bom plano?

Muitos empresários acabam desistindo de se envolverem nas Mídias Sociais por acharem que não funciona ou por não verem os resultados esperados, mas será que isso acontece por que toda essa “fé” no poder das Mídias Sociais é apenas ilusão ou porque eles se perdem no meio do caminho?

O erro está na não elaboração de um bom plano estratégico, a idéia em si pode ser boa, mas sem uma boa estrutura, sem compromisso, as Mídias Sociais podem se tornar inúteis.

E quando uma boa idéia não dá resultados ou quando os resultados não são o esperado, é provável que este empresário acabe culpando aqueles que dizem que as Mídias Sociais são “milagrosas”.

Bem, milagres não acontecem, mas com muito trabalho e dedicação, as Mídias Sociais podem sim alavancar uma empresa no mundo digital.

Se você já se decepcionou com os resultados de uma campanha nas Mídias Sociais, acredite você não está sozinho. Não é todo mundo que simplesmente aparece com um enorme marketing viral e se torna uma estrela das Mídias Sociais do dia para a noite.

Para nós, simples mortais é necessário muito mais do que simplesmente lançar um vídeo no YouTube para ver nossa marca criar fama no mercado.

Por isso é preciso que tenhamos um plano estratégico, um check list diário para nos guiar nesse mundo competitivo e ainda assim, novo das Mídias Sociais.

Então aqui estão alguns passos que você pode seguir e adaptar da forma que melhor servir a sua empresa.

1.       Comprometa-se

Antes de elaborar um plano é preciso que você tenha consciência de que as Mídias Sociais são como uma amante exigente, manter uma presença de destaque exige compromisso, além de ser um processo lento. Sua lista de fãs ou seguidores não vai crescer sozinha do dia para a noite.

É claro que você não quer ficar postando artigos, compartilhando notícias ou atualizando status sem ninguém se interessar, mas a persistência é a alma do negócio nas Mídias Sociais e se você perder o interesse e desistir, nunca saberá o que poderia ter conseguido através delas.

Além de ser frustrante para você mesmo, um página desatualizada, um perfil inerte, depõe contra sua empresa, então, antes de mais nada, comprometa-se.

Mesmo que seja apenas com você mesmo honre o compromisso de manter perfis e blogs atualizados.

Não importa o quanto isso possa parecer perda de tempo e não importa quanto tempo leve para você começar a ser reconhecido, comprometa-se.

2.       Pesquise

Se você está apenas começando talvez se surpreenda ao descobrir que a sua empresa, de uma forma ou de outra, já está na internet. Pode ser através de críticas ou elogios, comentários pessoais ou apenas na lista de empresas de sua região ou área.

Procure sua empresa no Google, você pode se surpreender ao encontrar muito mais dados do que jamais postou na internet.

Então pesquise, sua empresa aparece em comentários no Facebook? No Google+? No YouTube? No Twitter? Alguém deixou uma crítica registrada?

Utilize isso para iniciar um relacionamento com seu cliente, transforme a experiência ruim dele no início de um relacionamento que pode transformá-lo em um cliente fiel.

Embora o Facebook seja a estrela das Mídias Sociais, certifique-se de não ficar fora daquela onde você já tem uma presença, ainda que involuntária.

3.       Programe-se

Uma vez identificadas as Mídias que irá utilizar, é hora de traçar uma agenda de formas e frequência que vai utilizar para se envolver com seus usuários.

Participação aleatória é uma das principais razões do fracasso de muitas empresas nas Mídias Sociais.  Para ser bem sucedido é preciso que você mantenha uma frequência mínima de três vezes por semana, de preferência nos mesmos dias, já que isso força o usuário a esperar por sua próxima publicação, sabendo que na “quarta-feira” sua empresa irá publicar algo que pode interessa-lo.

Procure responder aos comentários, tweets, posts, etc., de preferência diariamente (vamos lá, isso vai te tomar apenas alguns minutos).

Estas respostas devem ser feitas diariamente, pois você pode acabar perdendo uma crítica que talvez fosse fácil de remediar se você tivesse agido com rapidez suficiente.

O Twitter, por exemplo, se move tão rápido que em uma hora um tweet pode deixar de ser relevante ou se tornar a hashtag mais comentada do momento.

4.       Crie conteúdo especializado

Fãs e seguidores não estão interessados em propaganda, querem conversa, novidades, promoções, participação. Não interessa a eles saber se sua empresa é grande ou pequena, eles já estão te seguindo e isso significa que provavelmente já conhecem a empresa e gostam dela por algum motivo.

Então fale sobre o que realmente interessa a eles, novidade do mercado, informações específicas de produtos, lançamentos, ofertas, etc.

Para isso utilize apresentações em slides, vídeos, white papers, infográficos e tudo mais que estiver ao seu alcance.

5.       Concursos e sorteios

Ah, sim, isso realmente agrada os usuários e os torna ainda mais conscientes de sua marca. Além disso, estimula o compartilhamento e diverte o cliente.

É claro que o fato de ser bom não significa que você deva fazer isso o tempo todo, mas você pode aproveitar festas específicas, feriados, períodos históricos, etc.

Experimente fazer isso uma vez a cada dois meses.

6.       Pense grande

Não recomendo, de forma alguma, que você se comprometa com diversas Mídias Sociais de uma só vez, mas é importante que, uma vez tendo estabelecido uma presença marcando em uma Mídia Social, você não fique estagnado.

Por exemplo, depois de estabelecer sua presença no Facebook, procure investir em vídeos no YouTube, iniciar uma campanha no Twitter.

Não se prenda a uma só Mídia Social, pois pode ser que ela não seja a melhor para o seu tipo de negócio. Pesquise, planeje, arrisque-se.

7.       Não se sufoque

Pronto, você conseguiu criar uma presença marcante nas Mídias Sociais, mas você administra uma empresa, certo? Não tem tempo para ficar escrevendo artigos para o blog, compartilhando coisas no Facebook, twitando no Facebook ou até mesmo monitorando as Mídias Sociais para saber o que estão falando da sua empresa.

Delegue quanto maior for o sucesso, maior será a cobrança dos clientes, então, para que não acabe sufocado pela própria fama, procure alguém que possa assumir parte das publicações e do gerenciamento de suas Mídias sociais.

Esse é o ponto crítico, pois quanto mais você cresce maior o perigo de que acabe sem tempo de se envolver o que pode acabar se voltando contra você.

E vamos combinar que Mídias Sociais dão trabalho, quem acha que é só ficar ali, lendo coisas engraçadas e jogando FarmVille não faz idéia do que é o gerenciamento de Mídias Sociais,

Então, antes que você ponha tudo a perder, procure alguém que possa assumir as tarefas mais trabalhosas como a criação de infográficos, textos ou até mesmo a parte de atendimento ao cliente.

Para isso você pode buscar alguém dentro de sua própria empresa ou contratar uma agência ou um profissional da área.

O importante é não perder o que você conquistou com tanto esforço, certo?

E então? O que você acha que é preciso para melhorar o posicionamento das empresas nas Mídias Sociais? Tem algum problema para conquistar clientes? Deixe seu comentário.

Boa Sorte!

Seu comentário foi recebido, responderei assim que possível. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s