Não tem como evitar o Google Plus

produtos-google

Aparentemente o Google decidiu usar golpe baixo para competir com o Facebook, exigir que as pessoas que utilizam os serviços da empresa, ativem seus perfis sociais no Google+.

Como resultado, as pessoas que criam conta no Gmail, Youtube e outros serviços do Google, estão também criando páginas públicas no Google+.

A rivalidade da Google Inc. com o Facebook Inc. é lendária.

Aqui no Brasil a primeira batalha foi ganha com larga margem de vantagem pelo Facebook quando a Rede Social de Mark Zukerberg acabou com o Orkut de forma incontestável.

Mas há mais do que os usuários brasileiros em jogo e o Google, como gigante que é, não joga para perder.

De acordo com o site The Wall Street Journal, “a ordem vem de cima, o presidente executivo do Google, Larry Page, tem buscado medidas mais agressivas para levar as pessoas a usar o Google+. O Google criou o Google+ em grande parte para impedir o Facebook de dominar os negócios de Redes Sociais”.

Na verdade isso é muito questionável, uma vez que nada impediu o Google de “dominar os negócios de busca na internet”.

O usuário sai ganhando? Talvez.

O Google tem feito de tudo para melhorar a integração do Google+ com outros serviços da empresa.

Para o Marketing a questão maior são os anúncios. O Google Adwords, que até o momento vem mantendo a preferência dos anunciantes, mas vem também perdendo terreno para os anúncios no Facebook.

A vantagem que os anúncios do Facebook têm sobre os anúncios do Google Adwords é o fato de que seus anúncios são direcionados, uma pessoa “curte” a página de uma empresa e quase automaticamente seus amigos passam a visualizar anúncios dessa empresa com a informação de que aquela pessoa já “curtiu”, o que não deixa de ser uma recomendação.

A integração das contas do Google com o Google+ irá fornecer ao Google esse mesmo tipo de vantagem.

O único porém é: apesar de contar mais de 100 milhões de contas, o Google+ ainda está longe de possuir a interatividade do Facebook.

Vamos ver o que o Google vai fazer a respeito.

Ainda de acordo com o site The Wall Street Journal

“Alguns usuários dos serviços do Google são surpreendidos ao descobrir o quão longe essa integração pode chegar. Sam Ford, de 26 anos, Oficial da Marinha, diz que se inscreveu no G+, no que ele imaginava ser uma conta sigilosa, para poder enviar suas fotografias através do seu smartphone para uma pasta do Google+. Mais tarde ele ficou surpreso ao ver que sua conta não era sigilosa como ele esperava e que seu perfil no G+ tinha incluído seu nome, e possuía inclusive uma analise de software que ele tinha escrito recentemente sobre a loja do Google Play online”.

Este tipo de “não privacidade” nos dá o que pensar.

Meu afilhado sugeriu uma analogia interessante: Se o seu filho em plena puberdade começa a descobrir atrizes pornôs e tenta fazer uma pesquisa no Google, será que aparecerá uma sugestão do tipo: “O teu pai também gosta desta atriz” ou “O teu pai é seguidor desta atriz no Twitter”.

Esse tipo de analogia nos faz pensar a respeito da falta de privacidade que a integração das contas acarretará.

O mínimo que podemos pedir é a possibilidade de recusarmos esta integração. A partir da “não possibilidade” desta recusa a outra opção seria…

Cancelar as contas do Google…

Sem mais Gmail, Youtube, Android…

E a partir daí? Abrir uma conta no Hotmail, Bing, Outlook…

Mas a Microsoft já vem coletando dados dos nossos computadores (que incluem programas instalados) através do Windows, o que a impediria de iniciar um sistema similar ao do Google?

É um beco sem saída.

A opção é torcer para que o pessoal do Google se dê conta de que existem coisas na vida das pessoas que não foram feitas para serem compartilhadas e que a opção de compartilhar ou não deve caber exclusivamente a elas.

Boa sorte!

Seu comentário foi recebido, responderei assim que possível. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s