Não use as Mídias Sociais

Não-use-mídias-sociais

Já toquei neste assunto antes, mas vou continuar insistindo porque vejo cada vez mais um número considerável de empresas que estariam melhores se não se dessem o trabalho de criar perfis nas redes sociais.

Não use as Mídias Sociais se você não tem intenção de utilizá-las da maneira certa. Não é apenas um desperdício de espaço online (rsrs) é depor contra si mesmo.

Tenho visto páginas e perfis empresariais que me fazem perguntar quem foi o infeliz que teve a idéia de inserir a empresa na internet.

Pareço irritada? Com certeza! Irrita-me o desperdício em geral. Eu poderia citar diversos exemplos, mas é nenhum descreve isso tão bem quanto: “Atirar pérolas aos porcos”.

O Marketing de Mídias Sociais não é mais uma utopia, nem mesmo um bicho de sete cabeças, milhares de empresas já estão tirando proveito dele e mostrando aos mais incrédulos todos os benefícios de uma boa campanha.

Então o que há com certas empresas que criam um perfil e o deixam lá, como uma casa abandonada, sem móveis, sem janela e nem mesmo portas? Sim, é assim que descrevo um perfil que não possui uma boa foto de capa, foto de perfil ou que utiliza um conteúdo tão pobre que chega a dar pena.

É para essas empresas que eu digo: Por favor, não usem as Mídias Sociais!

Não há porque você criar um perfil no Twitter começar a usá-lo e depois abandoná-lo, como no exemplo abaixo.

Não-usem-mídias-sociais-2

Isso vale para as Fan Pages e páginas do G+ também.

Em alguns casos é apenas um clássico caso de “estar onde todos estão”, como criar um site apenas para dizer que a empresa possui um site, ou se cadastrar em um evento apenas porque todos estão se cadastrando e não comparecer.

Minha sugestão? Não use as Mídias Sociais!

Muitas empresas criam perfis acreditando que do dia para a noite terão 2.000 seguidores, 1500 fãs, etc.

Bem, não gosto de contar para crianças que Papai Noel não existe, mas não me sinto nem um pouco culpada por dizer: Isso não vai acontecer!

Você não consegue fazer com que as pessoas sigam você se não tiver algo de interessante a oferecer. Se isso é justo? Não sei, mas é a vida. Você não se relaciona com pessoas que não tenham algo a lhe acrescentar, isso é instintivo, seja carinho, cultura, experiência e até dinheiro, todos esperamos receber algo em uma relação, pessoal ou comercial.

Isso não é ser mercenário, é ser normal. Meus amigos tem algo a me oferecer, assim como eu sei que tenho algo a oferecer a eles, mesmo que seja apenas um bom par de ouvidos para ouvi-los.

Nas Mídias Sociais isso não é diferente. Seus fãs, seguidores, etc. esperam que você tenha algo a oferecer a eles e o principal é algo que a maioria das empresas parece ignorar: Conteúdo.

Alguns se dão o trabalho de copiar idéias e estratégias de seus concorrentes, muitas vezes isso gasta mais tempo e esperteza do que simplesmente criar a própria estratégia ou conteúdo.

O mais importante nas Mídias Sociais é: Atividade.

Imagine isso: você entra no site de uma empresa, gosta do que vê, acha que vale a pena seguir o perfil social, pois assim, talvez, a empresa lhe envie notícias de lançamentos de produtos, promoções, sorteios, etc.

Você clica no botão, digamos, do Twitter e lá está o perfil, completamente defasado, como na foto abaixo, última notícia 26 de outubro de 2012.

Não-usem-mídias-sociais-1

Isso é desanimador e muitas vezes você acaba não seguindo a página.

Agora, se isso vale para você porque não valeria para seus clientes?

Se você quer chegar a 2000 seguidores e 1500 fãs, a primeira coisa a fazer é:

Usar as Mídias Sociais! Mas usar, conforme a definição do Dicionário Michaelis, é fazer uso de, empregar “habitualmente”.

Algumas empresas começam o “uso” das Mídias Sociais com uma atividade frequente à espera dos 2000 seguidores (eu sei, é a terceira vez que falo deles, mas vocês compreendem, é irresistível), depois do primeiro mês tudo o que eles conseguiram foram 35 fãs no Facebook e 20 seguidores no Twitter (isso inclui a tia avó Maricota que mora no interior do Acre), com isso a empolgação vai diminuindo e os posts diários passam a três por semana, logo vão diminuindo cada vez mais até que dificilmente o perfil da empresa é acessado.

Conselho: Não incluam um botão para o seu perfil social no seu site se o seu perfil foi atualizado pela última vez em mil novecentos e guaraná de rolha, isso é um sinal de relaxamento e você não quer que seu cliente pense que você é relaxado, certo?

Contratar alguém para gerenciar os perfis sociais de sua empresa custa caro? Sério? Mais caro do que um anúncio em um bom jornal do seu estado? Mais caro do que vale a imagem pública de sua empresa?

Bem, você sempre pode apelar para um funcionário, apenas assegure-se de que ele tenha pelo menos alguns dos requisitos básicos de um Gestor de Mídias Sociais (você encontra uma lista desses requisitos aqui: O que você precisa para se tornar um bom gerente de Mídias Sociais), ou então…

Não use as Mídias Sociais!

E, por favor, se depois de tudo o que eu falei, você continua decidido a permanecer utilizando o Marketing nas Mídias Sociais, não saia criando perfis em todas elas, para depois deixar meia dúzia no limbo. Selecione com cuidado: aqui estão algumas dicas para ajudar: Escolhendo as melhores Mídias Sociais.

Boa sorte!

Seu comentário foi recebido, responderei assim que possível. Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s