8 Dicas de combinação de cores para o seu site

As cores não são apenas bonitas, elas falam com a gente, caso contrário não haveriam cores favoritas, cores que devemos ou não utilizar em uma parede, na tinta para os cabelos, na maquiagem…

Cada cor tem seu próprio glamour e seu significado, sua beleza e sua profundidade e apenas uns poucos negam a força psicológica que elas possuem.

Não é por acaso que escolhemos roupas de cores mais vivas quando estamos felizes ou cores mais sombrias quando estamos tristes.

Quadros chamam a nossa atenção por suas combinações de cores e isso vale para tudo na vida.

Saber a cor adequada é um trunfo que poucas pessoas usam quando se trata de criar um site. Porquê? Não faço ideia, mas acredito que se deva ao fato de a maioria das pessoas não estar acostumada a pensar em um site com o mesmo cuidado com que pensa em uma loja física.

As combinações abaixo são uma ideia para que você torne o seu site ainda mais atraente.

Ao final, se gostou, compartilhe para que seus amigos também tenham acesso a essas ideais.

CORES 1 - ESPÍRITO SANTO

CORES 2 - ESPÍRITO SANTO

CORES 3 - ESPÍRITO SANTO

CORES 4 - ESPÍRITO SANTO

CORES 5 - ESPÍRITO SANTO

CORES 6 - ESPÍRITO SANTO

CORES 7 - ESPÍRITO SANTO

CORES 8 - ESPÍRITO SANTO

Não tem como evitar o Google Plus

produtos-google

Aparentemente o Google decidiu usar golpe baixo para competir com o Facebook, exigir que as pessoas que utilizam os serviços da empresa, ativem seus perfis sociais no Google+.

Como resultado, as pessoas que criam conta no Gmail, Youtube e outros serviços do Google, estão também criando páginas públicas no Google+.

A rivalidade da Google Inc. com o Facebook Inc. é lendária.

Aqui no Brasil a primeira batalha foi ganha com larga margem de vantagem pelo Facebook quando a Rede Social de Mark Zukerberg acabou com o Orkut de forma incontestável.

Mas há mais do que os usuários brasileiros em jogo e o Google, como gigante que é, não joga para perder.

De acordo com o site The Wall Street Journal, “a ordem vem de cima, o presidente executivo do Google, Larry Page, tem buscado medidas mais agressivas para levar as pessoas a usar o Google+. O Google criou o Google+ em grande parte para impedir o Facebook de dominar os negócios de Redes Sociais”.

Na verdade isso é muito questionável, uma vez que nada impediu o Google de “dominar os negócios de busca na internet”.

O usuário sai ganhando? Talvez.

O Google tem feito de tudo para melhorar a integração do Google+ com outros serviços da empresa.

Para o Marketing a questão maior são os anúncios. O Google Adwords, que até o momento vem mantendo a preferência dos anunciantes, mas vem também perdendo terreno para os anúncios no Facebook.

A vantagem que os anúncios do Facebook têm sobre os anúncios do Google Adwords é o fato de que seus anúncios são direcionados, uma pessoa “curte” a página de uma empresa e quase automaticamente seus amigos passam a visualizar anúncios dessa empresa com a informação de que aquela pessoa já “curtiu”, o que não deixa de ser uma recomendação.

A integração das contas do Google com o Google+ irá fornecer ao Google esse mesmo tipo de vantagem.

O único porém é: apesar de contar mais de 100 milhões de contas, o Google+ ainda está longe de possuir a interatividade do Facebook.

Vamos ver o que o Google vai fazer a respeito.

Ainda de acordo com o site The Wall Street Journal

“Alguns usuários dos serviços do Google são surpreendidos ao descobrir o quão longe essa integração pode chegar. Sam Ford, de 26 anos, Oficial da Marinha, diz que se inscreveu no G+, no que ele imaginava ser uma conta sigilosa, para poder enviar suas fotografias através do seu smartphone para uma pasta do Google+. Mais tarde ele ficou surpreso ao ver que sua conta não era sigilosa como ele esperava e que seu perfil no G+ tinha incluído seu nome, e possuía inclusive uma analise de software que ele tinha escrito recentemente sobre a loja do Google Play online”.

Este tipo de “não privacidade” nos dá o que pensar.

Meu afilhado sugeriu uma analogia interessante: Se o seu filho em plena puberdade começa a descobrir atrizes pornôs e tenta fazer uma pesquisa no Google, será que aparecerá uma sugestão do tipo: “O teu pai também gosta desta atriz” ou “O teu pai é seguidor desta atriz no Twitter”.

Esse tipo de analogia nos faz pensar a respeito da falta de privacidade que a integração das contas acarretará.

O mínimo que podemos pedir é a possibilidade de recusarmos esta integração. A partir da “não possibilidade” desta recusa a outra opção seria…

Cancelar as contas do Google…

Sem mais Gmail, Youtube, Android…

E a partir daí? Abrir uma conta no Hotmail, Bing, Outlook…

Mas a Microsoft já vem coletando dados dos nossos computadores (que incluem programas instalados) através do Windows, o que a impediria de iniciar um sistema similar ao do Google?

É um beco sem saída.

A opção é torcer para que o pessoal do Google se dê conta de que existem coisas na vida das pessoas que não foram feitas para serem compartilhadas e que a opção de compartilhar ou não deve caber exclusivamente a elas.

Boa sorte!

O Brasil no Twitter – Isso te interessa mais do que você pensa

Twitter-no-brasil

Li este post no PR Daily e achei importante compartilhar com vocês.

É de interesse dos empresários brasileiros que ainda estão em dúvida sobre a aceitação das Mídias Sociais ou sobre quais as Mídias Sociais utilizar.

Assim, se você é empresário em São Paulo ou se seu público alvo está localizado nesta cidade é importante você ter conhecimento destes dados fornecidos pela Semiocast*.

O Twitter pode ter sido criado nos Estados Unidos, mas hoje em dia o país de origem já não domina, mas a Rede Social do passarinho.

Jacarta, na Indonésia, superou o número de tweets dos Estados Unidos, seguida por Tóquio, Londres, São Paulo e finalmente Nova York.

A Semiocast compilou os dados e listou os vinte países que mais possuem conta no Twitter:

Twitter-gráfico-países

Apesar de seu modesto 5º lugar em número de contas, a Indonésia ganha em número de tweets, mostrando que a participação dos usuários é muito maior do que em qualquer outra cidade.

Mas vamos ao que interessa, o Brasil ficou em segundo lugar em número de contas abertas no Twitter, o que mostra o quanto o brasileiro gosta desta Rede Social.

Com relação às cidades:

Twitter-gráfico-cidades

São Paulo fica em 4º lugar, superando Nova York.

Com isso em mente, minha sugestão é que os empresários com interesse no público de São Paulo comecem a dar um pouco mais de atenção a essa Rede Social, ainda relutantemente aceita como fonte de geração de tráfego e clientes.

Por experiência sei que muitos empresários tendem a utilizar as Mídias Sociais mais usadas em suas regiões, mas se o seu público alvo é paulista é melhor você começar a elaborar uma boa campanha de marketing no Twitter.

Ainda de acordo com a Semiocast:

“A taxa de inscrição no Twitter é ainda muito elevada no Brasil, que cresceu de 33.3 milhões de usuários em janeiro para 41.2 milhões em julho de 2012. Os brasileiros já representam 8,0% de todas as contas do Twitter, mas apenas 6,6% de todos os tweets públicos postados em junho, o que pode explicar diferentes padrões de uso do Twitter. As duas maiores cidades do Brasil na classificação entre as 20 melhores cidades em termos de tweets: São Paulo em 4º lugar e o Rio de Janeiro com o 16º.”

Espero que isso os faça reconsiderar a inclusão ou não do Twitter em suas campanhas de Marketing.

Boa sorte!

* Sobre a Semiocast

Semiocast é uma empresa com sede em Paris, que fornece dados de inteligência e pesquisa em mídias sociais. Em 2011, lançou Semiocast Semioboard, um painel de monitoramento de mídia social multilíngue para marcas e agências.

Entendendo as cores e suas combinações – Parte II

significado-das-cores

Vermelho

Vermelho é a cor da paixão, associada ao amor e considerada a segunda cor mais feminina, depois do rosa, que é uma variação do vermelho.

Mas o vermelho também é associado à raiva e ao sangue. Também está unido ao laranja e ao amarelo do fogo e geralmente é usado para definir perigo.

Os sinais de “Pare” são vermelhos para chamar nossa atenção, nos avisar que devemos tomar cuidado e olhar antes de seguir em frente.

O vermelho é dominante e, apesar de ser uma cor considerada feminina, quando associado ao preto cria uma combinação extremamente masculina.

O uso de comandos vermelhos, como no caso de um menu em um site, pode intimidar ou alertar o visitante.

site-vermelho

Laranja

Laranja ou cor de abóbora representa o calor sem ser agressivo como o vermelho.

A cor laranja pode retratar uma atmosfera divertida, é energético e passa uma sensação de calor sem o perigo que o vermelho implica.

Laranja também pode ser associado à saúde, como no caso da vitamina C encontrada nas laranjas.

site-laranja

Amarelo

O amarelo é associado ao sol e calor.

Quando usado com laranja, desperta um sentimento de diversão de verão.

Amarelo também pode ser associado com a covardia e medo, o que explica a expressão “fulano amarelou”.

Quando combinado com o preto, torna-se extremamente chamativo. Um bom exemplo disso são os táxis de diversos países. A combinação de amarelo e preto realmente chama a atenção.

site-laranja

Verde

Dizem que verde é a cor do dinheiro, por isso é associado à riqueza.

E como é também a cor das plantas, o verde também é associado ao crescimento e a saúde.

Combinado com azul, o verde perpetua saúde, limpeza, vida e natureza.

site-verde

Azul

Dependendo do tom do azul ele pode representar diferentes tipos de sentimentos, pensamentos e emoções.

Em imagens, tons de azul escuro podem causar uma sensação de tristeza.

Azul claro lembram p céu e a água, o que pode ser refrescante, livre e calmo. Um céu azul pode ser extremamente calmante. A água lava, limpa, purifica.

Azul pode representar frescor, renovação e promover o relaxamento.

site-azul

Roxo

Roxo é a cor da realeza.

Sua combinação com o vermelho pode ser associado com romance, intimidade, suavidade e conforto.

Roxo pode dar uma sensação de mistério, luxo e beleza, como no site abaixo.

site-roxo

Branco

Branco é associado à esterilidade, o que explica porque é a cor usada pelos médicos e em hospitais.

Branco também representa o bom e a santidade (isso explica o fato do vestido branco ser associado à virgindade da noiva).

Branco pode representar limpeza, suavidade.

site-branco

Preto

A cor preta, por ser o extremo oposto do branco que representa o que é bom, tende a ser encarada como uma representação do mal.

Preto representa a decadência, ansiedade (devido à escuridão, ao desconhecido e ao mal)

No entanto, apesar disso, o preto associado ao dourado, representa o luxo, com prata ou cinza, sofisticação, como no site abaixo.

site-preto

Enfim, estes dois posts foram apenas para ajuda-lo a conhecer melhor as combinações e significado das cores, de forma a que, ao escolher as cores do seu novo site, você tenha conhecimento suficiente para transformá-lo em um ambiente onde seu visitante se sinta bem vindo.

A combinação certa de cores pode causar muito mais efeito do que você imagina, estimulando o lado emocional do consumidor e se tornando algo lucrativo para você.

As cores de um site são tão importante quanto às imagens, atraem, conquistam. Pense nisso.

Boa sorte!

Uma lição de exemplo de Marketing – McDonalds

McDonalds

O texto em negrito é parte de uma matéria que foi originalmente publicada no site da Forbes.

Não é incomum, para quem trabalha com Marketing Online, ouvir frases como:

“Mas meus concorrentes não utilizam Marketing Online, porque eu deveria?”

“Porque eu deveria utilizar Mídias Sociais se nenhuma empresa da minha área se preocupa com isso”

Pois bem, se você, seu cliente, seu amigo ou seu patrão, também pensam assim, aqui vão algumas razões realmente importantes para ajudar os indecisos a pensarem de outra forma.

Talvez você não esteja olhando muito longe para fazer comparações, então aqui vai um exemplo que pode convencer você:

O McDonalds (sim, a enorme e “sem necessidade de apresentações ou publicidade” cadeia de lanchonetes) lançou no Canadá um programa chamado “Suas perguntas, nossa comida”.

Lançado em junho o programa convida qualquer canadense a fazer qualquer pergunta sobre qualquer comida do McDonalds.

Para fazer a pergunta, os participantes precisam se conectar ao Twitter ou Facebook da empresa, proporcionando assim visibilidade social e um tipo de efeito viral.

Até agora, mais de 16 mil perguntas foram enviadas (cerca de 400 perguntas por dia) e quase 10 mil foram respondidas. Já imaginou responder a 10 mil perguntas?

O programa gira em torno da comida do McDonalds, então perguntas sobre temas não-alimentares são direcionadas para outras áreas, sem contar que algumas perguntas são repetidas.

É claro que existem perguntas difíceis, por exemplo, a pergunta de S. Jani, da Nova Escócia:

“Quando vocês dizem 100% de carne querem dizer a vaca inteira? Os órgãos, focinho, cérebro, rins, etc., ou apenas o tipo de carne que compramos no supermercado?”

Pergunta complicada… Não é novidade que a maior parte das empresas, principalmente do ramo alimentício, preferem se manter bem longe de questões polêmicas.

No entanto, atualmente, as regras estão mudando.

Aqui está a resposta do MacDonald:

“Oi Jani. Nós não chamaríamos isso (órgãos, cérebro, rins) de carne comum, mas com certeza é carne. Nós só usamos corte de carne do ombro, peito, lombo, etc. Na verdade, nosso fornecedor de carne bovina é a Cargill, um nome que você provavelmente reconhece. São os maiores fornecedores de carne bovina no Canadá.”

A estratégia de Marketing do MacDonald sem dúvida pode trazer perguntas constrangedoras, no entanto ninguém pode negar que é cativante para o consumidor.

Não se trata de precisar de publicidade ou não, mas de agradar o consumidor de uma forma inovadora. Seja de que ramo você for, acredito que pode calcular o impacto desse programa.

Na verdade implementar campanhas diferentes, que ofereçam ao invés de pedirem, é a melhor forma de conquistar o consumidor, muitos profissionais de Marketing ainda se apegam a idéia de que o que importa é levar o consumidor a agirem de acordo com a vontade da empresa, mas isso está ficando cada vez mais difícil hoje em dia.

Que tal se ao invés de você esperar que seu cliente curta sua página no Facebook ou siga você no Twitter, você inverter o processo? Siga-o e ele vai se sentir estimulado a seguir você, ofereça a ele um estímulo para que curtir sua página seja algo vantajoso para ele.

Descontos, brindes e até mesmo respostas a perguntas constrangedoras, serão, com certeza, um ótimo estímulo.

Ao solicitar a um cliente que curta sua página, lembre-se de informar a ele que assim ele poderá participar de promoções, receber ofertas e até mesmo tirar dúvidas a respeito de seus produtos. Isso, sim, é uma forma de estímulo.

Então, se você ainda pensa que só porque os seus concorrentes diretos não estão utilizando o Marketing Online, você também não precisa fazer isso, repense e depois… Pense novamente.

Boa sorte!