Marketing B2B ou B2C? No que investir?

b2b-b2c

A definição do B2B de acordo com a maioria das pessoas é: Uma empresa cujos produtos e serviços são direcionados a outras empresas e não aos consumidores.

Vejo isso de certa forma como uma explicação simplista e que pode acabar confundindo alguns empresários na hora de contratar um profissional de marketing ou de elaborar uma campanha.

O motivo é simples: Sua empresa fabrica produtos para o consumidor? Então o seu marketing deverá ser direcionado exclusivamente para o consumidor, certo?

Depende, se você fabrica o produto e distribui para revendedores, então o seu cliente direto não é o consumidor, mas outras empresas.

Isso significa que você deveria pensar em dois tipos de campanha, uma para o consumidor, que irá buscar pelos seus produtos nas lojas e um para as lojas que “precisam” ser convencidas de que comprar o seu produto para revender é uma coisa que vale à pena.

Você pode me dizer que se os consumidores começarem a solicitar o produto na loja o proprietário irá procurá-lo para comprar. E é verdade.

No entanto imagine o tempo que levará para que um proprietário de loja ouça falar do seu produto e se convença de que precisa dele.

Por isso é importante que você pense em como dividir sua campanha entre ambos.

Ao criar uma sua campanha B2C você estará construindo o nome de sua marca, de forma que o consumidor se lembre de você ao entrar na loja, enquanto isso, sua campanha B2B irá garantir que, quando o consumidor chegue à loja, seu produto já esteja lá, à disposição.

Parece simples? E é!

Muitos empresário pensam diretamente no consumidor final, montam sua campanha, divulgam seu produto, mas se esquecem de que se o produto não estiver facilmente disponível, o consumidor acabará escolhendo qualquer marca entre as que ele encontrar.

Direcionando sua campanha a ambos os seguimentos você garante as duas coisas: Ser lembrado pelo consumidor e ter seus produtos disponíveis.

E, por favor, lembre-se de que “são”, sim, tipos de campanhas diferentes e que embora muitas empresas B2B utilizem as mesmas campanhas para ambos, campanhas diferenciadas, com certeza, serão muito mais efetivas.

Boa sorte!

Anúncios

5 Dicas para empresas melhorarem seu marketing no Facebook

licoes_essenciais_para_o_marketing_b2b_em_midias_sociais

As empresas direcionadas ao consumidor (B2C) possuem diversos recursos para atingir seus usuários no Facebook, mas o que dizer das empresas direcionadas a empresas (B2B)?

Será que existe uma fórmula para melhorar a reputação e aumentar os negócios?

Com certeza sim.

Poucas empresas B2B estão aproveitando o Facebook e algumas, apesar das tentativas, estão obtendo pouco sucesso.

Se você está buscando descobrir como poderia utilizar o Facebook para sua B2B, aqui estão algumas dicas para a construção de uma Fan Page de sucesso:

  1. Procure compreender seus clientes.

Para as empresas B2C o simples fato de criar algumas promoções e sorteios já ajuda a alcançar os consumidores, mas no seu caso procure compreender os desafios enfrentados pelos seus clientes em potencial. Utilize pesquisas online com palavras-chave específicas e monitore-as nas Mídias Sociais, como o Twitter, para descobrir as preocupações de seu público alvo está enfrentando. Fornecer conteúdo e conhecimento poderá ajudar a despertar o interesse das outras empresas.

Depois de estabelecer um relacionamento com os seguidores da sua Fan Page, tente incentivá-los a fornecer dados sobre conteúdo a ser compartilhado.

Faça perguntas e use as respostas para criar um conteúdo que realmente interesse a eles.

  1. Alcance seus clientes

Envolva-se com comunidades e fóruns relacionados ao produto de sua empresa, é uma excelente forma de conhecer novos futuros clientes e conquistar novos fãs.

  1. Construa relacionamentos

Muitas vezes as empresas B2B envolvem muito mais do que as simples transações de varejo. Os ciclos de vendas podem ser longos e, na maioria das vezes os empresários tem mais tendência a fazer negócios com pessoas e empresas que eles já conhecem.

Então procure manter um relacionamento com seus fãs e não apenas gerar conteúdos e esperar que eles confiem em você.

  1. Utilize todos os recursos para compartilhamento de conteúdo

No Facebook você pode compartilhar automaticamente todos os seus conteúdos, seja através do feed do seu blog, interligando o seu Twitter ao Facebook ou através de outros aplicativos.

  1. Torne seu conteúdo compartilhável

O conteúdo relevante, divertido ou curioso é mais facilmente compartilhável. Isso se aplica tanto para empresas B2C quanto para as B2B. Conteúdo chato afasta qualquer tipo de cliente.

Seja criativo, mantenha o humor, o apelo visual e não se esqueça de que quando falamos de conteúdo para a internet, principalmente para Mídias Sociais, qualquer coisa além do necessário desestimula o interesse.

Mantenha seu conteúdo leve, fácil de ler.

Lembre-se que o Marketing de Mídias Sociais para B2B deve ser objetivo, mas que por trás de toda empresa existem pessoas é são elas que você quer alcançar.

Boa sorte!

Mídias Sociais… Você sabia? – Parte IV

linkedIn

O LinkedIn pode parecer a você uma Mídia Social completamente fora do seu interesse, mas na verdade, se você é um profissional, se lida com profissionais ou se a sua empresa é do tipo B2B (Business to business) , o LinkedIn é uma daquelas preciosidades ainda pouco exploradas no Brasil.

Palavra chave estratégica

Você pode incluir uma ou duas palavras chave de forma estratégica para que quando a alguém fizer uma busca sobre este tema o seu nome aparecer.

Se você quer que o seu nome apareça quando alguém digitar “veterinário” basta acrescentar a palavra dentro do campo “nome”, por exemplo:

Fernando Gomes – Médico Veterinário

Como no caso dos mecanismos de busca, o LinkedIn vai automaticamente associar o seu “nome” à palavra veterinário e ao exibir os resultados da pesquisa o seu nome estará entre os primeiros colocados.

Recomendações

Nas páginas empresariais do LinkedIn há uma seção na qual as empresas podem obter recomendações de clientes sobre seus serviços ou produtos.

Estas recomendações podem ser referentes a um ou mais departamentos de sua empresa ou a diversos produtos.

Isso é como uma carta de referência.

Acrescente mais coisas à sua página

Assim como no Facebook, você pode incluir alguns aplicativos para incrementar sua página, como por exemplo promover conteúdos através do aplicativo do SlideShare.

Ter esse conteúdo compartilhado pode ser de grande ajuda para o seu marketing.

Leia também os posts anteriores:

Mídias Sociais… Você sabia? – Parte I

Mídias Sociais… Você sabia? – Parte II

Mídias Sociais… Você sabia? – Parte III

Bos sorte!