Dicas básicas para incrementar a otimização do seu site

otimizacao-de-sites-marketing-no-espirito-santo

Algumas coisas que você deve e não deve fazer para que o seu site fique bem colocado nas páginas de pesquisa dos mecanismos de busca:

Conteúdo relevante

Um bom conteúdo é o princípio de tudo.

Você pode ter as palavras chave perfeitas, mas se o seu conteúdos não for bom, as pessoas nunca permaneceram nele por tempo suficiente para entender o que você tem a oferecer e os mecanismos de busca não irão considerar o seu site relevante o suficiente para lhe dar destaque.

Conteúdo único

É importante que o seu site tenha conteúdo próprio. Caso queira disponibilizar o conteúdo de outro site, nunca se esqueça de fornecer o link para o site original.

Novo conteúdo

Ter sempre algo novo é primordial para que os seus visitantes e cliente voltem sempre, além disso, a cada mudança, os mecanismos de busca atualizam o seu site nas páginas de busca, o que pode gerar melhores posições.

Palavras chave I

Uma das primeiras coisas a se ter em mente ao construir ou otimizar um site, são as palavras chave.

Cada página do seu site deve ter palavras chave configuradas exclusivamente para elas, isso posiciona cada página em um local diferente nos mecanismos de busca.

É importante que o seu site tenha conteúdo próprio. Caso queira disponibilizar o conteúdo de outro site, nunca se esqueça de fornecer o link para o site original.

Palavras chave II

Outra técnica importante é buscar palavras chave com certa popularidade, mas nunca populares demais que tornem a competição por um lugar nas páginas de busca um alvo impossível.

Acessibilidade

O código HTML do seu site deve estar configurado de forma a torna-lo acessível aos mecanismos de busca.

Quanto mais acessíveis estiverem as páginas do seu site, mais fácil será para os mecanismos de busca classificarem bem o seu site.

Palavras chave III

Utilize pelo menos uma de suas palavras chave em sua Tag Title.

A Tag Title é uma das mais importantes tags do seu site.

Ao inserir uma das palavras chave na sua Tag Title (de preferência logo no início) você estará facilitando para os mecanismos de busca a compreensão do tema do seu site.

Registre seu domínio com uma de suas palavras chave

Caso seu domínio já tenha sido registrado, procure inserir o nome de seu domínio nas palavras chave e no conteúdo do site.

Use palavras chave em sua URL

Mesmo que você não possa utilizar uma palavra chave ao registrar seu domínio, você ainda pode utilizar esta palavra em sua URL.

Os mecanismos de busca leem a URL e classificam o seu site utilizando a palavra chave que você inseriu.

Palavras Chave IV

Use suas palavras chave no conteúdo do site, muito, mas não demais.

A medida entre a quantidade de palavras chave e o resto do texto é chamada “densidade”.

É importante repetir suas palavras chave no conteúdo, mas de forma coerente, sem que o conteúdo perca o sentido.

Palavras chave V

Utilize suas palavras chave nas Headline Tags (h1,h2, etc.).

As headers são o lugar perfeito para você utilizar suas principais palavras chave pois os mecanismos de busca as consideram importantes.

Backlinks

Os backlinks informam aos mecanismos de busca o quanto outros sites valorizam o conteúdo do seu, por isso, no posicionamento nas páginas de pesquisa, os backlinks contam muito.

Procure outras pessoas que possuam sites nos mesmos padrões do seu e tente conseguir links.

Mas não se esqueça:

  • Excesso de links pode parecer spam para os mecanismos de busca;
  • Links vindos de sites não relacionados ao tema do seu são considerados inválidos;
  • Compra de links pode ser uma grande furada, o custo pode ser baixo o quanto for, mas, acredite, É furada.

Backlinks de site específicos

Se você tem como conseguir um backlink de sites .edu e .gov, por favor, faça isso.

Sites do governo dão ao seu site uma classificação melhor do que 20 sites comuns juntos.

Então se você conhece alguém que conhece alguém que trabalha na secretaria de educação ou que é o responsável pelo site, não tenha vergonha, solicite um backlink.

Links internos

Insira o máximo possível, sem exageros sem sentido, de links internos no seu site.

Os links internos também contam para os mecanismos de busca, além de oferecer ao visitante a possibilidade de navegar pelo site de forma fácil.

Palavras chave VI

Coloque sua principal palavra chave na primeira frase do primeiro parágrafo.

A repetição dela é importante, mas se você não puder repetir, tenha certeza de que ela está no lugar mais importante do seu texto.

Palavras chave VII

As imagens são excelentes lugares para inserir suas palavras chave, então, utilize-as na Alt tag de suas imagens.

Por enquanto é isso, boa sorte.

Links relacionados:

Empresas / prestadores de serviço e as Mídias Sociais

Otimização: Termos usados e seus significados

Otimização x Mídias Sociais, a questão não é um OU outro

A pirâmide de sucesso da Otimização de Sites 

Não pegue atalhos na Otimização do seu site

Anúncios

Otimização: Termos usados e seus significados

DICIONÁRIO DE OTIMIZAÇÃO

Temos o péssimo hábito de sempre achar que as pessoas sabem do que estamos falando não importa o quão técnico sejam os termos que usamos.

Nos últimos tempos tenho ouvido várias perguntas sobre o que é otimização de site e uma dessas perguntas, a mais frequente, me fez decidir escrever este post.

O que significa Otimização? O que são Palavras-chave? O que são Backlinks?

Minha mão costuma dizer que a melhor forma de responder perguntas é usando um dicionário, então, aqui está um Dicionário de Otimização com os termos mais usados. Espero que gostem.

Algoritmo

Quando se trata de otimização o termo algoritmo se refere a uma fórmula matemática, usada pelos mecanismos de busca, que classifica as páginas da web e analisa sua importância. Estes algoritmos são atualizados constantemente de forma a poderem acompanhar as mudanças e manter resultados relevantes para os usuários. Estas atualizações também servem para evitar que os profissionais de SEO descubram a forma como eles funcionam e tentem explorar isso.

ALT Tag

A Tag de Texto Alternativo é aquela que aparece no lugar da imagem quando o site está carregando ou que aparece quando a imagem não pode ser carregada por algum motivo ou ainda, quando você posiciona o mouse sobre a imagem.

Este texto é importante para a otimização pois é como os mecanismos de busca leem as imagens.

Texto Âncora

O texto âncora é o texto do link ou seja a parte “clicável” do texto que está ligada a outra página da web.

Backlink / Inbound Link

Os backlinks são os links de um site que apontam para outro. São usados na otimização para aumentar a importância do site junto aos mecanismos de busca.

Os dois valores mais importantes dos backlinks são o Texto Âncora utilizado e a relevância do site para o qual o link aponta e do qual o link se origina.

Alguns profissionais de SEO compram backlinks, mas essa tática não é garantida, além do fato de que é, se não ilegal, desonesto.

Conteúdo

Texto, imagens, vídeos u quaisquer outros tipos de mídia visíveis para o visitante.

A informação encontrada no site.

Conversão

A conversão é o número de visitantes que completam a meta fixada pelo proprietário do site. Seja comprar um produto, assinar um boletim, preencher um formulário, ou qualquer outro objetivo.

Esta é uma boa forma de medir o sucesso da otimização do seu site.

Domínio

Domínio é o nome que você registra para o seu site.

Header Text / Texto do cabeçalho

Partes do código HTML que indicam a importância de algumas partes do texto e que podem variar entre h1 e h6.

“h1” indica que um texto é muito importante.

Palavras chave / Keyword

A otimização é baseada principalmente na força das palavras chave. É quando um usuário digita uma palavra chave na caixa de pesquisa do mecanismo de busca que a importância das palavras chave surge.

Quando mais otimizadas as palavras chave do seu site, maiores as possibilidades de um bom posicionamento dele nos mecanismos de busca.

Densidade das palavras chave

A densidade se refere à quantidade de vezes que a palavra chave aparece no texto do site em comparação ao número total de palavras.

Landing Page

A Landing Page ou página de conversão é uma página que o usuário acessa depois de clicar em um link de outra página, banners de propaganda, anúncios, etc.

Link Building

Pratica comum na otimização utilizada para aumentar o valor de seu site e a classificação dele nos mecanismos de busca.

Meta Description

A meta description é um resumo do site codificado em HTML e visível apenas para os mecanismos de busca. Ela é usada para descrever de forma breve o conteúdo do site.

Otimização / SEO

É o uso de técnicas específicas para melhorar o posicionamento do site nos mecanismos de busca e aumentar o tráfego de visitantes.

Page Rank

Um dos termos mais comuns na otimização, refere-se à classificação numérica de um site projetada pelo Google e varia entre 0 e 10.

Esta classificação mostra a importância que o Google dá a uma determinada página.

PPC (Pay Per Click)

Pagamento por clique é um sistema de publicidade no qual o proprietário de um site só paga quando alguém clica no anúncio.

Atualmente uma das formas mais populares de direcionar o tráfego para o seu site.

Robots.txt

Arquivo de texto que informa aos mecanismos de busca o que deve e o que não deve ser incluído nas páginas de pesquisa.

Search Engine Marketing – SEM

O SEM é um SEO em larga escala que inclui métodos de publicidade pagos.

URL

Endereço da web. URL significa Uniform Resource Locator e cada site tem uma URL própria: www.suacampanha.com

Estes foram alguns termos utilizados pelos profissionais de SEO, não são todos, mas acredito que sejam os que mais despertam curiosidade.

Se tiver algum termo que não conste aqui, mas que você queira saber o que significa, é só perguntar.

Otimização x Mídias Sociais, a questão não é um OU outro

Se você é proprietário de um site ou de uma empresa online, é essencial que tenha isso em mente. O SEO não é “outra” opção, as Mídias Sociais também não.

Você não deve escolher entre um e outro, mas utilizar ambos.

Estratégias diferentes, mesmo objetivo. Conversão.

Como já citei algumas vezes, o SEO é primordial para que o seu site apareça nos resultados orgânicos (gratuitos) dos mecanismos de busca. Quanto melhor o seu posicionamento nesses  mecanismos, maior o número de visitantes que chegará até o seu site.

A implantação de palavras-chave específicas por melhorar a posição do site, mas não é a única coisa, os mecanismos de busca não vão confiar no seu site apenas porque você colocou as palavras chave corretas.

A credibilidade vem através de links externos, de pessoas e sites que confiam no seu produto ou serviço, o fato de o proprietário de outro site confiar no seu é muito importante para os mecanismos de busca.

É por isso que uma boa estratégia de otimização é demorada. Onpage e Offpage, essa é a combinação necessária para a construção da reputação de um site.

Há algum tempo atrás algumas técnicas “black hat” de SEO, como a compra e troca de backlinks, levaram os mecanismos de busca a optarem por outra forma de classificarem os sites e nada melhor do que a opinião dos próprios usuários para proverem informações sobre a qualidade de um site.

Os melhores backlinks são aqueles que você conquista através de um bom conteúdo, que mostram que você realmente entende do que está falando.

E é aqui que entram as Redes Sociais.

São milhares de usuário compartilhando informações e, principalmente, links para outros sites.

Os mecanismos de busca não ignoram isso e é exatamente por isso que os mecanismos de busca incluem, atualmente, informações de Redes Sociais, em sua avaliação da relevância de um site.

A confiança do usuário é o mais importante para os mecanismos de busca, então, se um site é constantemente citado em diversas redes sociais, é claro que eles irão dar uma atenção especial a isso.

É por isso que a Otimização e as Mídias Sociais estão diretamente conectadas.

Falando de forma simples a relação dos dois pode ser resumida da seguinte forma:

O conteúdo das Mídias Sociais precisa ser otimizado para que realmente funcione.

A Otimização precisa ser compartilhada para que seu efeito seja mais garantido.

Como conseguir links em palestras e conferencias

Se você for o patrocinador ou o palestrante do evento, com certeza já garantiu os links para seu site, pelo menos do site do evento.

Mas, se você é apenas um participante, não se preocupe, existem algumas formas de conseguir links para o seu site ou blog depois que o evento terminar.

Aqui vão algumas dicas:

1.   Tire fotos do evento  (e deixe as pessoas usarem!)

Se você tiver tirado uma série de fotos do evento, envie-as para o Facebook e Flickr (não esqueça do seu blog). Melhor ainda, quando publicá-las, deixe claro para as pessoas que as fotos estão à disposição para uso de terceiros, desde que não esqueçam de atribuir-lhe o crédito e inserirem um link para o seu post (link de “fonte da imagem” por exemplo). Alguns participantes que talvez não tenham tido oportunidade de tirarem suas próprias fotos vão apreciar sua gentileza. Principalmente se ele quiserem fotos para ilustrarem seu conteúdo.

Você não precisa ser profissional, embora, com certeza isso ajudasse muito, mas com um celular com uma boa câmera o trabalho pode ser feito sem medo.

2.   Grave vídeos  (e também deixe as pessoas userem!)

Use a mesma estratégia das fotos, faça um vídeo com o seu celular. Se a apresentaão estiver sendo transmitida  online, então tente capturar algo novo, diferente, dentro do evento.

3.   Mantenha seu Twiter ativo

Se você é um usuário assíduo do Twitter,  certifique-se de enviar suas impressões sobre o evento, e se o mesmo possuir uma hashtag, use-a para divulgar seus comentários.

Twitar pode ser uma boa forma de despertar o interesse de seguidores e conseguir alguns retweets, principalmente das pessoas que não puderam comparecer ao evento.

Ter uma opinião específica sobre o assunto talvez ajude você a ser citado em um blog, por exemplo: “@rafinha discordou coma opinião do palestrante e acrescentou que…”.

4.   Contribua com P & R

Não seja tímido agora! Manifeste-se durante a sessão de Perguntas e Respostas. Como no caso acima, se você perguntar algo que não tenha sido suficientemente esclarecido pelo palestrante, você também poderá ser mencionado e até conseguir links de outras pessoas depois do evento.

5.   Escreva um resumo do evento

Escreva comentários pessoais sobre o evento, o que aconteceu e como isso contribuiu para o seu aprendizado.

Você poderá angariar links se tiver uma opinião controversa. Pode dizer do que não gostou, fazer críticas construtivas, ou simplesmente expressar sua opinião de que o evento fui muito ruim. Apenas tome cuidado para não ser duro demais e acabar conseguindo mas inimigos do que links.

6.   Faça anotações durante o evento
Revisar o evento depois de acontecido é bom, mas se você fizer anotações terá um conteúdo mais claro e não perderá nenhum detalhe sobre o assunto.
Se puder compartilhar automaticamente suas impressões em seu blog durante o evento, melhor ainda, muitas pessoas podem querer acompanhar o evento através de suas palavras. (não se esqueça de avisar no Twitter e no Facebook que você está descrevendo o evento em tempo real).

7.   Faça uma lista das URLs dos sites/blogs dos palestrantes
Isso só será válido para eventos pequenos, nos quais os organizadores dos eventos não fizeram isso. Então faça isso por eles. Liste o nome e link dos palestrantes e seus perfis no Twitter. Se for uma informação útil é provável que as pessoas compartilhem. Além disso, talvez você ganhe um link no site/blog do palestrante após o evento, se ele tiver um mínimo de consideração.

8.   Se houverem apresentações disponíveis, liste-as
“Haverá disponibilização da apresentação após o evento?” Isso deve ser uma pergunta frequente e a solicitação do link deve vir seguida a resposta afirmativa. Alguns deles podem não colocar suas apresentações online simplesmente por não saberem como. Neste caso ofereça-se para fazê-lo.
Você também pode esperar alguns dias para que o palestrante disponibilize o material, mas porque não escrever sobre o assunto enquanto isso? Crie links para os slides, comente sobre eles no Twitter. Se os organizadores do evento não se lembraram de fazer isso, talvez você seja o único a disponibilizar o material.
A tática é:

Agir rápido – Este é provavelmente o fator mais importante. Na maioria das vezes, após um evento come este tudo o que você quer é descansar. Leve isso em consideração e enquanto todos estiverem descansando, prepare seu material, de forma a que seja o mais rápido a sair. Considere que talvez em uma semana o interesse despertado pelo evento já tenha se voltado para outro assunto.

Atualiza o seu site/blog – Poste seu material o mais rápido possível, mas, lembre-se, postar apenas não é suficiente para fazer as pessoas irem até o seu blog. Compartilhe o post no Twitter, Facebook, LinkedIn, etc. SE tiver feito vídeos, disponibilize-os no You Tube. Faça de forma a interessar tanto aos que participaram do evento quanto aos que não participaram.  Utilize hashtag # e menções @.

Mas acima de tudo – Seja honesto. Não crie uma falsa controvérsia. Se você realmente gostou do evento, seja honesto e dê sua opinião sobre os tópicos de que mais gostou. Não divulgue um opinião contrária a sua, pois você pode acabar sendo desmascarado. Mas, se você realmente não concorda com o o palestrante falou… Sinta-se a vontade para dar a sua opinião sincera, afinal… é o SEU blog.