Dicas básicas para incrementar a otimização do seu site

otimizacao-de-sites-marketing-no-espirito-santo

Algumas coisas que você deve e não deve fazer para que o seu site fique bem colocado nas páginas de pesquisa dos mecanismos de busca:

Conteúdo relevante

Um bom conteúdo é o princípio de tudo.

Você pode ter as palavras chave perfeitas, mas se o seu conteúdos não for bom, as pessoas nunca permaneceram nele por tempo suficiente para entender o que você tem a oferecer e os mecanismos de busca não irão considerar o seu site relevante o suficiente para lhe dar destaque.

Conteúdo único

É importante que o seu site tenha conteúdo próprio. Caso queira disponibilizar o conteúdo de outro site, nunca se esqueça de fornecer o link para o site original.

Novo conteúdo

Ter sempre algo novo é primordial para que os seus visitantes e cliente voltem sempre, além disso, a cada mudança, os mecanismos de busca atualizam o seu site nas páginas de busca, o que pode gerar melhores posições.

Palavras chave I

Uma das primeiras coisas a se ter em mente ao construir ou otimizar um site, são as palavras chave.

Cada página do seu site deve ter palavras chave configuradas exclusivamente para elas, isso posiciona cada página em um local diferente nos mecanismos de busca.

É importante que o seu site tenha conteúdo próprio. Caso queira disponibilizar o conteúdo de outro site, nunca se esqueça de fornecer o link para o site original.

Palavras chave II

Outra técnica importante é buscar palavras chave com certa popularidade, mas nunca populares demais que tornem a competição por um lugar nas páginas de busca um alvo impossível.

Acessibilidade

O código HTML do seu site deve estar configurado de forma a torna-lo acessível aos mecanismos de busca.

Quanto mais acessíveis estiverem as páginas do seu site, mais fácil será para os mecanismos de busca classificarem bem o seu site.

Palavras chave III

Utilize pelo menos uma de suas palavras chave em sua Tag Title.

A Tag Title é uma das mais importantes tags do seu site.

Ao inserir uma das palavras chave na sua Tag Title (de preferência logo no início) você estará facilitando para os mecanismos de busca a compreensão do tema do seu site.

Registre seu domínio com uma de suas palavras chave

Caso seu domínio já tenha sido registrado, procure inserir o nome de seu domínio nas palavras chave e no conteúdo do site.

Use palavras chave em sua URL

Mesmo que você não possa utilizar uma palavra chave ao registrar seu domínio, você ainda pode utilizar esta palavra em sua URL.

Os mecanismos de busca leem a URL e classificam o seu site utilizando a palavra chave que você inseriu.

Palavras Chave IV

Use suas palavras chave no conteúdo do site, muito, mas não demais.

A medida entre a quantidade de palavras chave e o resto do texto é chamada “densidade”.

É importante repetir suas palavras chave no conteúdo, mas de forma coerente, sem que o conteúdo perca o sentido.

Palavras chave V

Utilize suas palavras chave nas Headline Tags (h1,h2, etc.).

As headers são o lugar perfeito para você utilizar suas principais palavras chave pois os mecanismos de busca as consideram importantes.

Backlinks

Os backlinks informam aos mecanismos de busca o quanto outros sites valorizam o conteúdo do seu, por isso, no posicionamento nas páginas de pesquisa, os backlinks contam muito.

Procure outras pessoas que possuam sites nos mesmos padrões do seu e tente conseguir links.

Mas não se esqueça:

  • Excesso de links pode parecer spam para os mecanismos de busca;
  • Links vindos de sites não relacionados ao tema do seu são considerados inválidos;
  • Compra de links pode ser uma grande furada, o custo pode ser baixo o quanto for, mas, acredite, É furada.

Backlinks de site específicos

Se você tem como conseguir um backlink de sites .edu e .gov, por favor, faça isso.

Sites do governo dão ao seu site uma classificação melhor do que 20 sites comuns juntos.

Então se você conhece alguém que conhece alguém que trabalha na secretaria de educação ou que é o responsável pelo site, não tenha vergonha, solicite um backlink.

Links internos

Insira o máximo possível, sem exageros sem sentido, de links internos no seu site.

Os links internos também contam para os mecanismos de busca, além de oferecer ao visitante a possibilidade de navegar pelo site de forma fácil.

Palavras chave VI

Coloque sua principal palavra chave na primeira frase do primeiro parágrafo.

A repetição dela é importante, mas se você não puder repetir, tenha certeza de que ela está no lugar mais importante do seu texto.

Palavras chave VII

As imagens são excelentes lugares para inserir suas palavras chave, então, utilize-as na Alt tag de suas imagens.

Por enquanto é isso, boa sorte.

Links relacionados:

Empresas / prestadores de serviço e as Mídias Sociais

Otimização: Termos usados e seus significados

Otimização x Mídias Sociais, a questão não é um OU outro

A pirâmide de sucesso da Otimização de Sites 

Não pegue atalhos na Otimização do seu site

Reputação Online, você está preocupado? Deveria…

reputação-online

Este posto foi publicado originalmente em inglês no SEO Hacker, achei importante traduzir e oferecer para vocês esta interessante visão da necessidade do Marketing Pessoal.

Então vamos lá:

Cenário 1 – Telecomunicação

Você está em busca de um novo emprego, sua experiência na área de telecomunicação é grande e a empresa para a qual se candidatou está em plena expansão.

Você monta um currículo de primeira, apresentando todos os seus pontos fortes, a entrevista está indo muito bem e suas chances parecem excelentes.

Fácil assim? Talvez não.

De repente o diretor de RH decide fazer uma rápida pesquisa no Google.

Ooops… É aí que as coisas ficam meio complicadas.

Ali está um post em um fórum que você participou a 5 anos cujo título era: “Todas as empresas de telecomunicação no Brasil são um lixo!”.

Também há uma foto sua publicada no Facebook, só de cueca, correndo pelo campus da Universidade, em um trote, há 8 anos.

E uma foto sua bêbado na despedida de solteiro do seu melhor amigo no Twitter.

Eles não te chamam para a segunda entrevista. Isso lhe parece estranho?

Cenário 2 – Novo Cliente

Sua empresa de áudio e vídeo está a ponto de fechar um grande contrato com uma grande empresa local de eventos. Você já está sorrindo com a adição desta empresa em sua cartela de clientes.

A recomendação de um amigo praticamente te garantiu o contrato.

Mas antes de fechar o contrato a empresa faz uma pesquisa no Google.

Um de seus ex-empregados, demitido por justa causa, mas com ideias de revanche, postou no Facebook um comentário sobre a forma injusta com que sua empresa trata os funcionários.

Um concorrente desleal postou algo no Twitter sobre a qualidade de seu equipamento.

Você perde o contrato.

O que é o gerenciamento de reputação online?

Ambos os cenários são apenas exemplos, mas é importante que você saiba que este tipo de coisa acontece todos os dias na internet.

O Gerenciamento de Reputação Online é um processo de avaliação dos resultados de pesquisa potencialmente prejudiciais a sua pessoa ou sua empresa e a criação de uma estratégia que controle estes resultados.

Isso inclui a administração pelo menos da primeira página dos resultados de pesquisa, bem como a administração de críticas e comentários que exigem respostas.

Gerenciamento de reputação não é SEO, a diferença é que apesar de utilizar técnicas de Otimização, o objetivo não é o aumento de tráfego, mas criar uma aura positiva em torno de sua pessoa ou empresa.

Gerenciamento de reputação é um processo contínuo, por isso implica em um monitoramento constante de seu nome ou marca, garantindo uma página de resultados irrepreensível hoje, para que a mesma não se torne seu pesadelo amanhã.

Porque isso é tão importante?

Não preciso descrever todas as vantagens de se manter ativo no mundo digital, ter perfis nas Redes Sociais, um site, um blog…

Mas na verdade, mesmo que você não tenha nenhuma intenção de sequer entrar no mundo digital, é preciso que saiba que seus amigos e seus clientes já estão lá, postando fotos e comentários sobre você ou sua empresa.

Algumas dessas postagens podem nem ser mal intencionados, apenas indesejáveis.

Não tentar controlar isso pode custar mais caro do que você imagina.

O que fazer então?

Se você decidir tomar a frente o controle de sua reputação existem duas formas de fazer isso.

Primeiro, se você tem algum conhecimento sobre SEO, link building, redação de conteúdo, etc. Você pode usar suas habilidades para garantir uma boa classificação nos mecanismos de busca com a mais importante palavra chave de todas: O seu nome.

É útil também ter um conhecimento mínimo do gerenciamento de Mídias Sociais como o LinkedIn, Twitter, Youtube e Facebook.

Segundo, se você não tem nenhum conhecimento de SEO, não tiver tempo para efetuar as ações necessárias, você terceirizar este serviço (tente www.suacampanha.com).

Quando devo começar?

Agora você tem uma ideia do que é o Gerenciamento de Reputação e porque isso é tão importante, então comece logo a agir, antes que você termine do lado errado dos cenários 1 e 2.

Comece fazendo uma pesquisa sobre você no Google e analise seus resultados.

E não perca o próximo post com algumas táticas que funcionam nestes casos.

Até lá… Boa sorte!

Pequenas Empresas… Não cometam estes erros

Algumas agência e profissionais de Marketing Digital (como eu) são especializados em pequenas e médias empresas, isso porque é uma área ainda pouco explorada na internet.

A maioria das pequenas empresas não possui capital para contratar um profissional de Marketing Online, o que faz com que a maior parte de sua campanha de marketing, on e off-line, contenham alguns erros desnecessários.

Uma campanha de marketing mal feita pode causar um estrago em sua imagem.

Por isso aqui vão algumas dicas do que não fazer ou não deixar de fazer.

Logomarca

Infelizmente conheço algumas pequenas empresas que não possuem logomarcas, sem brincadeira. A logomarca é a identidade visual de sua empresa, é a forma como as pessoas reconhecem seu produto sem nenhuma palavra.

Você precisa de alguma palavra para reconhecer as marcas abaixo?

Logomarcas famosas

Pois é, qualquer empresa que deixe de usar uma boa logomarca está perdendo oportunidades de fixar sua imagem na mente do público.

Inconsistência na logomarca

Ficar mudando sua logomarca todo ano também não ajuda a fixar uma marca. Atualizações são sempre bem vindas, principalmente se sua logomarca ainda é a mesma e sua empresa tem mais de 20 anos, mas neste caso recomendo apenas uma renovação nas linhas e não uma mudança total.

Layout padronizado

A documentação de sua empresa deve ter sempre a logomarca.

Por padrão um papel timbrado é fundamental para a boa apresentação de sua empresa.

Personalidade

Uma empresa precisa ter personalidade e esta precisa ser compreendida pelos funcionários e clientes.

Um padrão de qualidade, uma política social, procedimento operacional padrão, etc. Tudo isso tornam sua empresa única.

Atendimento ao cliente

O atendimento ao cliente é a porta de entrada de sua empresa, seus funcionários talvez não saibam como atender seus clientes por isso um bom treinamento ajudará a padronizar esse tipo de atendimento.

Tive um cliente cuja telefonista não conseguia pronunciar o nome da empresa, isso é uma péssima forma de começar um relacionamento com o cliente.

Padronize o atendimento e tenha certeza de que todos os atendentes compreendem a política da empresa.

Plano de emergência em Relações Públicas

Você acredita que pequenas empresas não tenham problemas de Relações Públicas? Pode repensar seu conceito.

Não importa qual é o ramo da sua empresa, problemas com o público acontecem em qualquer área.

Só porque você nunca teve problemas não significa que nunca terá.

E caso isso aconteça, você sabe quem vai responder pela empresa? De que forma estas respostas serão divulgadas?

Pense sobre isso e caso queira contratar alguém para cuidar disso, me ligue.

Assinatura no e-mail

Não possuir uma assinatura padrão no e-mail, em todos os e-mails de sua empresa, é outro erro.

Cada e-mail que você envia é também uma forma de divulgar sua marca, sua empresa.

Número de telefone, endereço, link para o site, link para a Fan Page de sua empresa, etc.

Torne fácil para as pessoas encontrarem sua empresa.

Site ultrapassado

Qualquer empresário hoje em dia sabe da importância de se ter um site, no entanto muitos deles criaram seus sites, literalmente, no século passado e o deixaram lá, parados, esquecidos.

Sua presença online fala muito sobre sua empresa atualmente. As pessoas já estão se acostumando a buscar empresas e serviços pela internet.

Somos atualmente mais de 70 milhões de usuários no Brasil e se você ainda não atualizou seu site, faça isso o mais rápido possível.

Ausência nas Mídias Sociais

Você pode pensar que Mídias Sociais são coisas para adolescente, mas eu recomendo que faça uma breve pesquisa sobre isso.

Você vai descobrir que atualmente as Mídias Sociais são o Marketing do futuro.

Só porque você não gosta do Facebook não significa que sua empresa não possa aproveitar as oportunidades que ele oferece e isso vale para todas as Mídias Sociais.

Ignorando a opinião dos clientes

Você pergunta aos seus clientes o que eles esperam de sua empresa? Não? Neste caso você está perdendo uma grande oportunidade de aperfeiçoar sua empresa.

Se o que você quer é aumentar o número de clientes, é a eles que você deve perguntar o que fazer para melhorar.

Experimente utilizar seu site ou as Mídias Sociais para implantar uma pesquisa de opinião, os clientes vão gostar.

Marketing

Um plano de Marketing é muito mais do que um anúncio em um jornal de grande circulação, ou a criação de uma Fan Page estática no Facebook.

Se você quer realmente divulgar sua empresa, construir uma marca ou simplesmente oferecer um serviço, você vai precisar de uma boa estratégia de Marketing.

Se não tiver quem faça isso para você. Entre em contato comigo.

Boa sorte.

Tipos de palavras chave: Consumidor

Palavras-chave

Palavras chave definidas pelo Consumidor.

Depois das palavras chave definidas pelo mercado a segunda lista de palavras mais utilizadas são aquelas definidas pelo consumidor.

Se na sua empresa o consumidor é o principal alvo, então estas são as sua palavras chave principais, as que mais darão força a otimização do seu site.

Escolher as palavras corretas é estar na cabeça do seu cliente. O que ele procura? Como definem o produto/serviço que querem?

Estas palavras estão focadas no seu cliente.

Por exemplo, voltemos ao Marketing Político Digital, como o seu cliente pensaria para definir uma busca?

  • Divulgação de campanhas políticas;
  • Candidatos à prefeito ou vereador;
  • Propaganda Política online.

Porque a definição de palavras chave por consumidores é tão importante?

Elas ajudam você a compreender o que o seu futuro cliente espera ao fazer uma pesquisa na internet.

Ela também ajuda a entender a eficácia de suas palavras em cada campo específico.

Para algumas empresas, as palavras chave definidas pelo consumidor são vitais para ajudarem os clientes a chegarem até elas.

Isso pode ser conseguido através de uma consulta aos clientes atuais ou pesquisas online.

Por exemplo, se eu tiver um candidato a vereador de um partido específico, posso direcionar minhas palavras chave para:

  • Vereadores do PMDB;
  • PSOL;
  • Políticos do PT

Ou se eu quiser que um candidato do PMDB, encontre meus serviços, posso direcionar minhas palavras chave para pesquisas como:

  • Campanha Política do PMDB;
  • Candidatos do PMDB;
  • Campanha de Marketing Político

Normalmente estas palavras são utilizadas para a conquista de novos clientes específicos e são elaboradas através de analise das palavras mais utilizadas pelos consumidores.

Sem nenhum constrangimento, você pode perguntar aos seu clientes, amigos e conhecidos que tipo de palavras usariam para encontrar um site como o de sua empresa.

A partir daí você já tem mais uma lista de palavras disponíveis.

Próximo Post: Palavras chave definidas pelo produto

Se você tiver alguma dúvida, deixe um comentário ou entre em contato através do site:

www.suacampanha.com

Como delegar a responsabilidade das Mídias Sociais de sua empresa?

Você deve ter em mente que precisa de uma pessoa que goste de trabalhar online, que se sinta confortável navegando pelas Mídias Sociais e que seja tão entusiasta e comunicativa online quanto off-line.

As outras opções são: ficar sentado na frente do computador, torcendo para que alguém fale com você, enquanto procura algum assunto para tentar iniciar ou contratar um profissional.

A primeira coisa que você deve lembrar, é que as Mídias Sociais foram criadas para todos e se você tem jeito com esse tipo de mídias esta pode ser a melhor e mais fácil forma de alcançar o mercado, rede de clientes e outras empresas.

É a chance de sua empresa realmente se comunicar com os clientes e construir uma relação que gere fidelidade.

Não se esqueça porém que a pessoa que for assumir o gerenciamento de suas Redes Sociais deverá possuir autonomia para promoção de produtos e relacionamento com o cliente.

Isso significa que você deverá confiar na capacidade de discernimento e, principalmente (não se esqueça disso) na eficiência da pessoa em escrever português.

Então, tente seguir os seguintes passos:

  1. Pergunte – Se você não tem certeza, pesquise dentro de sua empresa se existe alguém que seja expert em Redes Sociais. Pode ser que algumas pessoas usem Redes Sociais informalmente, mas pode haver alguém interessado em aprender a fazer isso com mais seriedade. Você pode investir nesta pessoa, se ela for de confiança e tiver acesso aos outros departamentos.
  2. Terceirizando – Se você acha que o gerenciamento das Mídias Sociais é um bicho de sete cabeças e que você nunca vai entender nada sobre isso e não tem certeza de que algum de seus funcionários seriam capazes de assumir esta tarefa, você pode contratar uma empresa terceirizada. Esta empresa poderá lhe fornecer dois tipos de serviços: Fornecer um treinamento a alguém de sua confiança e preparar essa pessoa para assumir a função ou apenas assumir o gerenciamento de suas Redes Sociais de forma profissional.
  3. Colabore – Mesmo delegando esta tarefa, você deve acompanhar, mesmo que vagamente, o andamento das coisas. Um profissional de gerenciamento de Mídias Sociais, com certeza apresentará mensalmente um relatório de análise e desenvolvimento dos serviços prestados. Caso esta pessoa seja alguém de sua empresa, você pode solicitar o mesmo tipo de relatório. Este processo é importante para sua empresa, não se esqueça.
  4. Combinação – Todas as opções acima podem ser utilizadas em conjunto, dessa forma a pessoa que quiser aprender o gerenciamento de redes sociais poderá acompanhar os procedimentos e estratégias do profissional, até que você tenha alguém experiente o bastante dentro do seu quadro de funcionários para assumir esta tarefa. Procure também aprender o máximo possível. Lembre-se de que tudo o que se refere às Mídias Sociais se move em uma velocidade assustadora e se você não se mantiver atualizado, não há como manter o controle de uma importante parte de Marketing da sua empresa.

Motivos para seu e-commerce ter um blog

Este texto foi publicado no site: Curso de E-commerce

Como sei que é de interesse de vocês, decidi reproduzir na integra.

Espero que também gostem.

 Motivos para juntar o seu e-commerce com um blog

Cada vez mais a Web está se tornando um grande shopping no qual milhares de comerciantes disputam clientes todos os dias. Com uma concorrência acirrada ao extremo torna-se mais difícil a cada dia se diferenciar da concorrência e oferecer algo que atraia os clientes. Mesmo que muitas pessoas sustentem a teoria de que cliente quer preço, isso deixou de ser verdade há muito tempo. Bom atendimento, qualidade, segurança, pontualidade e a confiança na loja  são muitas das questões colocadas pelos clientes, mas e quando todas as lojas estão no mesmo nível em tais quesitos?

Existe uma coisa que você pode fazer e que com toda certeza vai servir como um diferencial para o seu e-commerce, é agregar um blog à sua loja virtual e fazer dele uma ferramenta de atração e fidelização de clientes.

Mas por que motivos você iria querer ter um blog junto à sua loja virtual? Vou deixar abaixo exemplos de que um blog pode fazer pelo seu E-Commerce.

Torne-se uma autoridade em seu nicho

Se você quer se diferenciar no seu mercado comece a blogar sobre os seus produtos e serviços. Mostre que a sua empresa é líder, conhece o mercado de forma profunda e os compradores virão até o seu blog para obter mais informações, tornando-se assim clientes da sua loja.

Otimize sempre – SEO intensivo

Não é uma novidade para ninguém que o Google e os demais mecanismos de busca gostam dos blogs e dão preferência para  conteúdos indexados a partir deles. Se você atualiza seu blog com freqüência os mecanismos vão passar a indexá-lo com uma freqüência também maior e essa indexação  muitas vezes se traduz em classificação mais elevada para termos de busca.

Ajude a comunidade

Além de vender produtos e serviços você pode contribuir com a comunidade e com os consumidores, oferecendo dicas, informações e tutoriais. Ensine a utilizar os produtos da melhor  forma, a melhorar a experiência de uso e vida dos seus clientes. Isso mostra aos seus clientes que mais do que vender produtos, você ajuda a comunidade relacionada ao seu nicho de atuação.

Anuncie novos produtos

Se você tem leitores fieis e relevância para os mecanismos de busca no seu ramo de atuação, nada mais interessante do que utilizar o seu blog para promover o lançamento dos novos produtos da sua loja. Você pode utilizar um sistema de RSS que mantém os seus leitores atualizados acerca das novidades no seu blog.

Fidelize seus consumidores

Se um cliente visita o seu blog e faz uma compra na sua loja, existe uma grande chance de que em uma próxima compra de um produto que você comercialize ele venha a escolher você ao invés de uma loja concorrente.  O blog é um diferencial que fideliza compradores, aumenta o poder de influência da sua marca. Com um blog você constrói uma relação que vai além do fornecedor/consumidor e isso faz  com que eles dêem preferência aos seus produtos.

Destaque clientes

Poste sobre clientes felizes ou utilizando o seu produto de forma criativa e original. Destaque um cliente ao acaso para mostrar como é o seu público alvo. Os clientes gostam de ouvir histórias sobre outros clientes, pois isso os deixa mais seguros com relação às suas escolhas.

Mostre que sua empresa é humana

Misture histórias pessoais, histórias engraçadas, e outras coisas que mostre aos seus clientes que você é humano. Dar uma cara para a empresa vai ajudá-lo a manter contato com os seus clientes e fortalecer o relacionamento.

O seu e-commerce tem um blog? Se não tem, você pretende vir a se utilizar de um blog para ajudar sua loja a se consolidar no mercado e vender melhor? Deixe seu comentário.

Otimização para leigos

Fiquei impressionada ao descobrir a quantidade de pessoas que sequer sabem o que é SEO, não, na verdade o que me chocou foi a quantidade de pessoas que não sabem o que é a Otimização de um site. E não estou falando de pessoas sem noção de internet ou informática, estou falando sobre pessoas que trabalham na área e que às vezes me pedem para explicar o que exatamente é a otimização e como é feita.

Posso desmistificar?A otimização é uma seqüência de processos que visam melhorar o site, de forma que os mecanismos de busca (leia-se Google, pois os outros são pouco usados no Brasil) encontrem e posicionem este site em uma boa colocação nas páginas de pesquisa. Difícil de entender? Na verdade não é não.

Digamos que você tenha um hotel com um site por onde seus clientes possam fazer consultas e reservas online. O registro de domínio do seu site é www.zzzzzzz.com.br os seus clientes sabem que o seu site existe. E, conforme me informou o gerente de um hotel

“se o cliente digita zzzzzzz no Google, nosso hotel aparece na primeira posição da primeira página”

 Não riam! É verdade, e ele está certo sobre isso! Mas vamos pensar um pouco e de forma bem leiga, certo? Se o cliente digitou zzzzzzz é porque 1º ele já sabe o nome do seu hotel, 2º ele provavelmente já é um cliente, certo? Então este tipo de pesquisa não nos interessa.

Mas, digamos que o hotel zzzzzzz esteja localizado em uma praia no litoral sul do Espírito Santo, podemos posicionar melhor, digamos em Piúma, litoral sul do Espírito Santo. A pessoa que está pesquisando não conhece o estado, muito menos a cidade, mas “ouviu dizer” que o lugar é encantador. Ela esta buscando por um hotel agradável, não muito caro e perto da praia.

A variedade de opções de pesquisa é grande, mas vamos nos focar em algumas:

  • Hotéis em Piúma
  • Hotéis baratos em Piúma
  • Hotéis perto da praia em Piúma

Para que o Google mostre o hotel zzzzzz é preciso que ele saiba que ele está localizado em Piúma, que é barato ou que fica perto da praia.

Isso se chama Otimização, cabe ao profissional de SEO, dizer ao Google tudo o que o usuário pode procurar em matéria de hotel em Piúma.

Então, se você quer saber quão otimizado é o seu site, tente pensar como um possível cliente e fazer algumas pesquisas. Se você não conseguir encontrar seu hotel… Me ligue e vamos conversar.