Renovando o seu site para melhor

renove-o-seu-site

O seu site precisa de atualizações, sempre, mas que tal tentar uma repaginada nele? Mudar o layout, imagens, tudo.

Se o número de visitas no seu site caiu nos últimos tempos ou se o seu site tem a mesma aparência desde 1999, chegou a hora de repensar algumas coisas.

Cedo ou tarde é preciso que você renove o seu site, até mesmo pelos clientes atuais, uma mudança pode dar uma revitalizada e gerar mais movimento no site.

No então é sempre um risco também, pois o que foi sucesso em 1999 pode ser um fracasso agora, e mesmo que você decida por uma modernizada no site, ainda existe o perigo de exagerar na medida e acabar perdendo mais do que conquistando.

Não pense que é um processo rápido, pois não é. Se você pretende fazer isso por si mesmo ou se vai contratar um web designer, não importa, você precisa ter algumas coisinhas em mente antes de começar.

Comece com uma análise do seu site, faça uma lista de tudo o que você acha que pode ou deve ser mudado.

Seja detalhista e talvez, antes de começar, você possa ler o livro:

“Não me faça pensar” de Steve Krug. Este livro vai te dar excelentes noções de usabilidade.

Quando for avaliar as modificações, não pense no site apenas como um ponto final de sua campanha de marketing, mas como parte dela.

Lembre-se principalmente: “Nós levamos o visitantes até você, se você vai conquista-lo e transformá-lo em cliente, depende de você (do seu site)”.

Isso é algo ara você ter em mente o tempo todo em que estiver revisando o seu site: Ele precisa ser, antes de qualquer coisa, uma de suas estratégias de Marketing.

Analisando o seu site atual

A primeira coisa a analisar é o desempenho que o site vem tendo nos últimos tempos, número de visitantes, tipos de visitantes, conversões, taxa de rejeição, palavras chave, vendas, otimização, etc.

O acesso a essas informações é fácil, basta utilizar o Google Analytics, se não souber como fazer, converse com seu web designer.

Uma vez que estes dados estejam em seu poder, você poderá avaliar o que precisa ser modificado com mais urgência.

Liste seus objetivos com relação ao site

A simples aparência antiquada pode ser uma razão para uma mudança no layout do site, mas já que você vai fazer isso, que tal aproveitar e fazer outras mudanças?

Quando falo sobre uma aparência antiquada, não estou me referindo apenas ao layout, acredite, ainda existem na internet muitos sites sem mídias sociais.

Considero isso uma necessidade primordial atualmente.

Então já que você vai mesmo mudar o site, que tal definir alguns objetivos úteis para esta mudança?

  • Melhorar o posicionamento dele nos mecanismos de busca;
  • Começar um novo tipo de relacionamento com os clientes através das Mídias Sociais;
  • Aumentar o número de visitantes;
  • Diminuir a taxa de rejeição, etc.

Alguns desses objetivos irão depender dos outros, por exemplo, ao melhorar o posicionamento de seu site nos mecanismos de busca é mais do que provável que você aumente o número de visitas.

Defina objetivos razoáveis e claros: “Aumentar o número de visitas do site em 30% nos próximos três meses”

Dessa forma você poderá analisar os resultados de forma mais clara e objetiva.

Analise a concorrência

Seus concorrentes estão por aí, em algum lugar da internet prontos e com campanhas de marketing já em plena ação. Faça uma pesquisa, descubra de onde vêm os clientes deles, como está a campanha deles nas Mídias Sociais, etc.

Através desta análise você poderá montar uma campanha melhor ou maior do que a deles, utilizando técnicas similares ou novas, isso depende de você.

Mídias Sociais

Sim, sempre toco neste assunto.

Mas, sua campanha de marketing não terá o mesmo resultado se você as ignorar.

Os mecanismos de busca são o que há de melhor para trazer novos visitantes ao seu site, mas as Mídias Sociais são o que há de melhor para você construir um relacionamento com esses visitantes, com seus clientes e com a sociedade ao seu redor.

Você precisa desse relacionamento muito mais do que imagina e ao redesenhar o seu site, lembre-se disso. Minha recomendação é que você adicione pelo menos os botões do Facebook, Twitter e G+ em algum lugar de destaque do site.

Mas lembre-se, não adianta você ter a Mídia e não estar atuante, isso não só não vai conquistar novos clientes como possivelmente vai afastá-los.

Não perca

Ao redesenhar o seu site, tenha certeza absoluta de não estar excluindo um conteúdo importante.

Procure descobrir quais os conteúdos foram compartilhados antes de excluí-los, isso pode ser muito prejudicial.

As páginas com maior tráfego podem ser redesenhadas, mas não deve, de forma alguma ser excluídas.

Backlinks também podem ser perdidos se você excluir uma página.

Como eu disse, você precisa de uma análise detalhada antes de começar as modificações.

Lembre-se de que o seu web designer pode não entender nada de SEO, então, procure um profissional ou faça esta análise você mesmo, desde que saiba onde e como procurar.

“Seu site” x “Nosso site”

Por fim, lembre-se de que o seu site não deve ser feito para agradar a você, mas aos clientes, são eles que precisam se sentir bem e querer voltar ao site.

Então renove o seu site sem perder isso de vista, faça-o para os usuários, não para você.

Boa sorte!

Posts relacionados:

A anatomia de uma boa Landing Page (Página de conversão) para campanhas de marketing

Erros na otimização de sites

Dicas de otimização para quem não gosta de atualizar conteúdo

Perguntas que toda pequena empresa deve fazer sobre Otimização

Anúncios

Otimização: Termos usados e seus significados

DICIONÁRIO DE OTIMIZAÇÃO

Temos o péssimo hábito de sempre achar que as pessoas sabem do que estamos falando não importa o quão técnico sejam os termos que usamos.

Nos últimos tempos tenho ouvido várias perguntas sobre o que é otimização de site e uma dessas perguntas, a mais frequente, me fez decidir escrever este post.

O que significa Otimização? O que são Palavras-chave? O que são Backlinks?

Minha mão costuma dizer que a melhor forma de responder perguntas é usando um dicionário, então, aqui está um Dicionário de Otimização com os termos mais usados. Espero que gostem.

Algoritmo

Quando se trata de otimização o termo algoritmo se refere a uma fórmula matemática, usada pelos mecanismos de busca, que classifica as páginas da web e analisa sua importância. Estes algoritmos são atualizados constantemente de forma a poderem acompanhar as mudanças e manter resultados relevantes para os usuários. Estas atualizações também servem para evitar que os profissionais de SEO descubram a forma como eles funcionam e tentem explorar isso.

ALT Tag

A Tag de Texto Alternativo é aquela que aparece no lugar da imagem quando o site está carregando ou que aparece quando a imagem não pode ser carregada por algum motivo ou ainda, quando você posiciona o mouse sobre a imagem.

Este texto é importante para a otimização pois é como os mecanismos de busca leem as imagens.

Texto Âncora

O texto âncora é o texto do link ou seja a parte “clicável” do texto que está ligada a outra página da web.

Backlink / Inbound Link

Os backlinks são os links de um site que apontam para outro. São usados na otimização para aumentar a importância do site junto aos mecanismos de busca.

Os dois valores mais importantes dos backlinks são o Texto Âncora utilizado e a relevância do site para o qual o link aponta e do qual o link se origina.

Alguns profissionais de SEO compram backlinks, mas essa tática não é garantida, além do fato de que é, se não ilegal, desonesto.

Conteúdo

Texto, imagens, vídeos u quaisquer outros tipos de mídia visíveis para o visitante.

A informação encontrada no site.

Conversão

A conversão é o número de visitantes que completam a meta fixada pelo proprietário do site. Seja comprar um produto, assinar um boletim, preencher um formulário, ou qualquer outro objetivo.

Esta é uma boa forma de medir o sucesso da otimização do seu site.

Domínio

Domínio é o nome que você registra para o seu site.

Header Text / Texto do cabeçalho

Partes do código HTML que indicam a importância de algumas partes do texto e que podem variar entre h1 e h6.

“h1” indica que um texto é muito importante.

Palavras chave / Keyword

A otimização é baseada principalmente na força das palavras chave. É quando um usuário digita uma palavra chave na caixa de pesquisa do mecanismo de busca que a importância das palavras chave surge.

Quando mais otimizadas as palavras chave do seu site, maiores as possibilidades de um bom posicionamento dele nos mecanismos de busca.

Densidade das palavras chave

A densidade se refere à quantidade de vezes que a palavra chave aparece no texto do site em comparação ao número total de palavras.

Landing Page

A Landing Page ou página de conversão é uma página que o usuário acessa depois de clicar em um link de outra página, banners de propaganda, anúncios, etc.

Link Building

Pratica comum na otimização utilizada para aumentar o valor de seu site e a classificação dele nos mecanismos de busca.

Meta Description

A meta description é um resumo do site codificado em HTML e visível apenas para os mecanismos de busca. Ela é usada para descrever de forma breve o conteúdo do site.

Otimização / SEO

É o uso de técnicas específicas para melhorar o posicionamento do site nos mecanismos de busca e aumentar o tráfego de visitantes.

Page Rank

Um dos termos mais comuns na otimização, refere-se à classificação numérica de um site projetada pelo Google e varia entre 0 e 10.

Esta classificação mostra a importância que o Google dá a uma determinada página.

PPC (Pay Per Click)

Pagamento por clique é um sistema de publicidade no qual o proprietário de um site só paga quando alguém clica no anúncio.

Atualmente uma das formas mais populares de direcionar o tráfego para o seu site.

Robots.txt

Arquivo de texto que informa aos mecanismos de busca o que deve e o que não deve ser incluído nas páginas de pesquisa.

Search Engine Marketing – SEM

O SEM é um SEO em larga escala que inclui métodos de publicidade pagos.

URL

Endereço da web. URL significa Uniform Resource Locator e cada site tem uma URL própria: www.suacampanha.com

Estes foram alguns termos utilizados pelos profissionais de SEO, não são todos, mas acredito que sejam os que mais despertam curiosidade.

Se tiver algum termo que não conste aqui, mas que você queira saber o que significa, é só perguntar.

Otimização x Mídias Sociais, a questão não é um OU outro

Se você é proprietário de um site ou de uma empresa online, é essencial que tenha isso em mente. O SEO não é “outra” opção, as Mídias Sociais também não.

Você não deve escolher entre um e outro, mas utilizar ambos.

Estratégias diferentes, mesmo objetivo. Conversão.

Como já citei algumas vezes, o SEO é primordial para que o seu site apareça nos resultados orgânicos (gratuitos) dos mecanismos de busca. Quanto melhor o seu posicionamento nesses  mecanismos, maior o número de visitantes que chegará até o seu site.

A implantação de palavras-chave específicas por melhorar a posição do site, mas não é a única coisa, os mecanismos de busca não vão confiar no seu site apenas porque você colocou as palavras chave corretas.

A credibilidade vem através de links externos, de pessoas e sites que confiam no seu produto ou serviço, o fato de o proprietário de outro site confiar no seu é muito importante para os mecanismos de busca.

É por isso que uma boa estratégia de otimização é demorada. Onpage e Offpage, essa é a combinação necessária para a construção da reputação de um site.

Há algum tempo atrás algumas técnicas “black hat” de SEO, como a compra e troca de backlinks, levaram os mecanismos de busca a optarem por outra forma de classificarem os sites e nada melhor do que a opinião dos próprios usuários para proverem informações sobre a qualidade de um site.

Os melhores backlinks são aqueles que você conquista através de um bom conteúdo, que mostram que você realmente entende do que está falando.

E é aqui que entram as Redes Sociais.

São milhares de usuário compartilhando informações e, principalmente, links para outros sites.

Os mecanismos de busca não ignoram isso e é exatamente por isso que os mecanismos de busca incluem, atualmente, informações de Redes Sociais, em sua avaliação da relevância de um site.

A confiança do usuário é o mais importante para os mecanismos de busca, então, se um site é constantemente citado em diversas redes sociais, é claro que eles irão dar uma atenção especial a isso.

É por isso que a Otimização e as Mídias Sociais estão diretamente conectadas.

Falando de forma simples a relação dos dois pode ser resumida da seguinte forma:

O conteúdo das Mídias Sociais precisa ser otimizado para que realmente funcione.

A Otimização precisa ser compartilhada para que seu efeito seja mais garantido.

Sua Página de Conversão contém erros?

Você decidiu criar uma Landing Page (Página de Conversão), pois todos os sites sobre otimização afirmam que é uma das melhores formas para converter visitantes em leads (possíveis clientes) e leads em clientes.

Mas… Ela não está funcionando como disseram que funcionaria!

Será que isso é só mais uma conversa fiada?

Na verdade as Landing Pages são, comprovadamente úteis em um site, seja para que os visitantes deixem seus e-mails cadastrados (isso será útil no futuro para o e-mail marketing), seja para eles conhecerem algo que você disponibiliza no seu site ou para comprar.

A verdade é que elas foram criadas para estimular o usuário a agir da forma como você deseja, mas não basta criar uma e colocá-la no seu site, é preciso que você tenha certeza de que ela irá realmente funcionar.

Como?

Em primeiro lugar experimente pensar como o usuário. Se sua Landing Page não atrai você, com certeza não atrairá outras pessoas.

1 – Verifique se há em sua Landing Page uma palavra ou frase de efeito, aquela frase que vai atrair a atenção do visitante.

Por “atenção” entenda: Interesse, curiosidade, cobiça ou confiança.

Esta é a frase/palavra que vai levar o visitante a pensar duas vezes antes de fechar a página.

2 – Não descarte a possibilidade de estar confundindo seu visitante.

Uma Landing Page deve conter apenas uma escolha de ação, qualquer coisa, além disso, vai confundir o usuário. Então, se o seu objetivo é vender, tenha apenas um botão “compre agora”.

Não tente pedir que o usuário compre e se cadastre na mesma ação, ele pode acabar desistindo de ambas as ações apenas por se sentir acuado ou indeciso.

3 – Tenha certeza de que o seu visitante não está confundindo sua Landing Page com o resto do site.

Você não quer isso, com certeza, então, se sua Landing Page apresenta um visual semelhante ao do seu site. Modifique-o.

Se as cores do seu site variam entre azul, roxo e cor de rosa (eu sei, ninguém utilizaria esta combinação para um site, mas nunca se sabe…), então utilize cores diferentes, como laranja, verde e amarelo.

Assegure-se de que seu visitante saberá que aquela é a página onde ele deve “agir”.

4 – Ainda com relação ao layout, não se esqueça de que tudo em excesso é prejudicial, então, na hora de escolher texto + cores + fotos + formulário + botão de ação, procure evitar qualquer tipo de poluição visual.

Além de também confundir o usuário, pode acabar estressando ele e levando-o a fugir correndo.

5 – Retire quaisquer links para outras páginas ou sites. O objetivo é que o usuário responda a ação desejada, não que ele se distraia.

6 – Certifique-se de que a imagem, caso aja alguma, não seja mais envolvente que a chamada de ação. Se a imagem tiver legenda, que seja relacionada de forma clara e objetiva à ação desejada.

7 – Botões de Redes Sociais. Eles são realmente necessários à ação que você deseja, ou estão apenas servindo como pontos de fuga?