Dicas de otimização para quem não gosta de atualizar conteúdo

Dicas SEOAlguns empresários acreditam que elaborar um bom conteúdo é fácil, é claro que eles pagam para isso, o que, na verdade não lhes dá muita noção do que é sentar diante do computador e colocar o cérebro para funcionar até que se consiga um conteúdo de qualidade.

Bom o bastante para prender a atenção do leitor.

Mas na maior parte dos casos a questão é bem diferente.

Você já deve ter ouvido falar que o conteúdo é a principal estratégia da otimização.

Acredita que essa atualização constante é fácil?

Não é.

Geralmente isso produz algumas respostas como essas:

  • Não tenho tempo;
  • Não tenho idéia sobre o que escrever;
  • Ninguém vai se interessar pelo que tenho a oferecer.

É interessante imaginar que as mesmas pessoas que dizem: “Ninguém vai se interessar pelo que tenho a oferecer” ou “Não tenho idéia do que escrever” são capazes de descrever o produto/serviço que tem durante duas horas em uma festa e torná-lo muito interessante.

Em alguns casos o problema é “escrever” e isso, acreditem, pode ser um problema passageiro, falta de inspiração, falta de tempo, falta de assunto ou, o que é muito comum, falta de paciência ou jeito para escrever.

Seja qual for o problema, os mecanismos de busca não vão entender, acredite em mim.

Eles não se importam se você está doente, na TPM ou se simplesmente prefere matemática.

Os mecanismos de busca querem movimentação no site, atualização constante, material novo para oferecer a seus usuários.

Se você não produz isso, esqueça qualquer chance de se destacar.

Então o que fazer quando você não tem nada para dizer, mas precisa que o site esteja atualizado?

Como conseguir um bom material para otimizar o seu site?

Eis uma lista de como conseguir um material razoável para começar:

Tenha uma seção de perguntas e respostas

Pode parecer simples demais para ser verdade, mas não é.

Você não imagina a quantidade de pessoas, cliente e futuros clientes, cheios de dúvidas.

Responder a essas dúvidas gera um conteúdo instantâneo.

Experimente usar um formulário no site, estimule as pessoas a enviarem suas perguntas e utilize-as para um excelente post de interesse dos clientes.

Os clientes vão gostar, até mesmo esperar por suas respostas e possivelmente compartilhar as explicações mais interessantes.

E ainda é provável que você consiga algumas vendas.

Aproveitando para otimizar

Quando for responder às questões enviadas pelos clientes, aproveite para colocar links relevantes para páginas dentro do seu site que estejam relacionadas à sua resposta.

Procure aproveitar para utilizar o máximo de palavras chave possíveis.

Especificação de produtos

Se você vende, por exemplo, computadores, procure aproveitar para atualizar as palavras chave nas especificações de produtos.

Mais uma vez use links, experimente criar páginas que contenham maiores detalhes sobre o produto.

Aproveitando para otimizar

Procure utilizar HTML.

É claro que inserir os arquivos em PDF é muito mais fácil e o seu webdesigner pode até torcer o nariz, mas, acredite em mim, você vai preferir HTML.

Só assim você poderá controlar e atualizar tag titles, links e etc.

Em último caso, você pode optar por inserir “também” uma versão em PDF para impressão.

Se você for usar o manual do fabricante, procure reescrevê-lo sempre que possível, utilize suas próprias palavras e, claro, não se esqueça das palavras chave.

Utilize vídeos e Podcasts transcritos

Publique a versão transcrita no seu site em forma de artigos, ou coloque-os na mesma página dos vídeos.

Se você utiliza algum tipo de curso de treinamento, manual de usuário ou de instruções em vídeo a transcrição é uma excelente forma de escrever conteúdo novo, sem ter que quebrar a cabeça.

Edite a transcrição, lembre-se de que muitas vezes a versão falada é mais informal e que em um vídeo algumas expressões faciais não podem ser transcritas.

Ajuste a linguagem escrita de forma a que a transcrição não fique incoerente ou informal demais. Não se esqueça das palavras chave!

Lembre-se também dos links. Se uma transcrição cita algum produto específico do site, insira um link para a página do produto.

Aproveite e utilize links também da sessão de perguntas e respostas para alguns tutoriais.

Por enquanto é isso, espero ter ajudado de alguma forma.

Boa sorte!

Posts relacionados:

Erros na otimização de sites

Perguntas que toda pequena empresa deve fazer sobre Otimização

Otimização: Termos usados e seus significados

A Pirâmide de sucesso da Otimização de Sites 

Anúncios

Formas de marketing politico que afastam os eleitores (parte I)

Marketing Político no Espírito Santo

1 – Interagir com eleitores errados

Teoricamente existe um conceito de que o candidato deve gostar de seus eleitores, isso é muito bonito, no papel, mas a realidade é diferente.

Alguns candidatos simplesmente não conseguem interagir com determinados tipos de eleitores, isso é a vida real, ninguém é obrigado a gostar de todo mundo.

Em alguns casos o candidato se esforça para demonstrar simpatia, para se interessar por determinados tipos de eleitores, mas em muitos casos seu esforço acaba se tornando visível e prejudica a campanha.

O objetivo do Marketing político não é puxar os eleitores para o seu lado, mas fazer com que eles se aproximem por livre escolha, seduzi-los.

Enquanto a maior preocupação for quantidade e não qualidade, você o risco de acabar perdendo eleitores por não saber interagir com eles.

E, é claro, os adversários agradecem.

Neste caso uma boa pesquisa, uma boa análise dos eleitores, pode ajudar a selecionar aqueles que são mais próximos ao perfil de pessoas com as quais o candidato se relacionará bem.

Estes, desenvolvendo uma boa relação com o candidato, automaticamente se tornarão divulgadores da mensagem da campanha e, por sua vez, irão utilizar de táticas semelhantes (instintivamente) para conquistar novos seguidores.

Se sua equipe de Marketing insiste em fazer com que você se relacione pessoalmente com todos os tipos de eleitores, cuidado, você pode estar jogando o dinheiro de sua campanha fora e ainda contribuindo com os adversários.

Antipatizar com um candidato é direito de todo eleitor, mas como a equipe de marketing vai lidar com isso é responsabilidade do candidato.

2 – Fazendo promessas impossíveis de cumprir

Nada afasta mais eleitores do que promessas não cumpridas ou promessas obviamente impossíveis de serem cumpridas.

Atualmente o candidato que pensa que o eleitor não está interessado em programas de governo ou que é possível criar um programa de governo utópico e fazer os eleitores acreditarem na veracidade dele, deve repensar essa tática.

Hoje, com o acesso à internet e às redes sociais, veremos muitos eleitores discutindo programas de governo entre si. O tempo em que a política era unilateral, em que os políticos diziam uma coisa em cada bairro da cidade, muitas vezes contradizendo-se a cada quarteirão, acabou.

Ao projetar seu programa de governo, pense nisso.

Ao invés de prometer mundos e fundos, procure ouvir seus eleitores, descubra o que eles esperam, pesquise.

A parte mais importante do Marketing Político é saber ouvir.

3 – Utilizando ou não o que você sabe

O simples fato de ouvir o que os eleitores desejam, não significa que você deva transformar estes desejos em discursos radicais.

Lembre-se de que os eleitores muitas vezes constroem seus planos de vida em torno do que acreditam. Isso inclui promessas políticas.

Dizer a eles que você vai fazer o que desejam e depois ignorar isso durante quatro anos é como desistir de sua carreira política já no início da campanha.

Limite-se a oferecer aquilo que você sabe que poderá entregar, seja honesto, mesmo que isso não contente a todos. Explique as limitações que o cargo impõe e que não pretende prometer nada além do que poderá cumprir.

Pelo menos os eleitores saberão que podem confiar em você e isso é muito mais do que muitos deles esperam de políticos atualmente.

4 – Ignorando eleitores

Respeito e confiança são coisas importantes, mas muitos políticos cometem um erro tolo.

Uma vez que se sentem confiantes de sua vitória, ou que sentem que em determinada comunidade eles não tem a menor chance, o candidato passa a ignorar aqueles eleitores e partindo em busca de novos.

A conquista de eleitores é, evidentemente, o objetivo da campanha, mas, nunca se esqueça que da mesma forma que você os conquistou pode perdê-los para um adversário mais simpático, mais carismático ou mais oportunista.

Muitas vezes o eleitor conquistado hoje, pode mudar de idéia amanhã e ser conquistado novamente no outro dia.

Campanha é uma batalha constante, não a perca apenas por se sentir confiante demais.   

Que saber mais a respeito de um bom planejamento de campanha online? acesse www.suacampanha.com e consulte-nos

Boa sorte!

A pirâmide de sucesso da Otimização de Sites

Este não é um sistema infalível, aliás, nenhum sistema o é, mas o gráfico abaixo pode dar a você uma idéia de como funciona o SEO.

Se você é proprietário de um site e tem interesse em promover a Otimização dele, é bom que tenha uma noção de como funciona e do que você realmente precisa para que isso funcione.

Já disse mais de uma vez que não adianta simplesmente pagar a alguém para inserir algumas Tags no seu código de HTML e esperar que, da noite para o dia, seu site apareça em primeiro lugar nas SERPs (Páginas de resultados de pesquisa).

O que tudo isso significa?

Comprometimento: Todo projeto precisa de uma equipe engajada e entusista para  que se torne um sucesso. Seja  sua empresa grande ou pequena, um individuo desinteressado pode, de alguma forma, sabotar todo o projeto (ainda que não intencionalmente).

Planejamento: O sucesso de qualquer projeto começa com a definição de objetivos e o desenvolvimento de um plano para alcança-los – detalhando estratégias e táticas que você vai utilizar, pessoas, recursos, etc. O SEO não é diferente.

Educação/Informação: Você é o proprietário do site, talvez ache que não precisa de um profissional de SEO. Mas, para que ele funcione realmente, é necessário que você tenha acesso a um grande tipo de informações. Tanto relacionadas as mudanças no mercado, quanto aos concorrentes. Esse tipo de busca por informações e atualizações pode te custar mais caro em tempo gasto do que o custo de um profissional.

Paciência: Existem algumas exceções, raras, mas, sim existem, no entanto para a grande maioria das empresas, grandes ou pequenas, a otimização é um processo que leva tempo para ser implantada e gerar resultados. O sucesso pode lavar alguns meses, talvez até mesmo um ano. Mas, acredite, no final, vale a pena. Meu conselho é que você se afaste do caminho do profissional que você contratou e o deixe4 fazer o serviço dele da forma como sabe.

Pesquisa de palavra-chave:  Se você selecionar palavras chave erradas, você estará comprometendo o sucesso de seu projeto e condenando-o ao fracasso. Isso não é novidade, eu mesma já repeti isso incontáveis vezes. Mas repetir nunca é demais.

Analise: De que outra forma você conseguirá saber se a campanha obteve ou não sucesso? Você precisa de uma analise inicial e outras periódicas para poder avaliar o andamento da campanha.

Ferramenta: As ferramentas certas podem oferecer diversas vantagens sobre os concorrentes. Mas, não se esqueça de que, não adianta ter as ferramentas se não tiver um pessoa que saiba utilizá-las.

Rastreamento: Um mecanismo de busca não pode anexar o seu site se não puder rastreá-lo, cuidado com a forma como o seu site é desenvolvido Sites desenvolvidos em Flash, DHTML e algumas outras linguagens são difíceis de ser rastreados.

Conteúdo: O conteúdo pode ser de várias formas, textos, vídeos, blog, e até mesmo conteúdo gerado por clientes. Não esqueça que o conteúdo é parte essencial para a otimização do site.

Links: O conteúdo em si não vai ser suficiente para classificar de forma satisfatória o seu site nos mecanismos de busca.   Links, de preferência relevantes, de sites de qualidade, são primordiais para conseguir um bom posicionamento nos mecanismos de busca.

Encontrabilidade Social / Local: Vamos analisar isso, já que a expressão parece uma daquelas coisas que as pessoas inventam para complicar mais do que explicar. A Mídia Social e a Pesquisa Local são obrigatórias. O tamanho e o alcance de sua empresa podem não parecer tão importantes, mas são vantagens que não devem ser ignoradas. A otimização local é uma obrigação para as pequenas e micro empresas, mas as Mídias Sociais também tem seu papel nesta história.  Também é o caso de empresas maiores, com público alvo de maior alcance. Em ambos os casos o objetivo é o mesmo: encontrabilidade. Você quer que sua empresa seja encontrada  pelos clientes e isso deve ser uma coisa fácil para eles. Isso pode ser feito através das Redes Sociais e por meio de pesquisas geográficas .

Gestão da Reputação: Saber o que as pessoas estão falando de sua empresa não é apenas necessário, é imperativo se o seu objetivo é crescer (e não é esse o objetivo de todos nós? Isso serve para qualquer um, grandes, médias, pequenas, micro empresas e profissionais liberais. Um cliente insatisfeito pode provocar um grande estrago na reputação de uma empresa, não importa o porte dela. A gestão de reputação é uma forma de evitar, controlar ou administrar quaisquer danos que possam ser causados por um cliente insatisfeito. Com o aumento dos usuários nas Mídias sociais, controlar estes danos podem ser o ponto crucial entre conquistar e perder clientes.

Confiança:  Qualquer empresário sabe que confiança é o fator mais importante de todos. Quando se trata da internet, confiança pode significar conseguir tudo o que está listado acima. Sites confiáveis geram links confiáveis que por sua vez geram melhores posições nos mecanismos de busca. Mas não é só isso, a confiança de um cliente em uma empresa, não tem preço. Confiança é sim a chave do sucesso em qualquer setor.

Agora você tem todas as dicas mais importantes para tornar a sua campanha de Marketing nos mecanismos de busca, um sucesso.

Se você gostou deste artigo, assine meu feed e compartilhe-o em seu site favorito.

Leia mais sobre a Pirâmide de sucesso da otimização de sites em:

www.smallbusinesssem.com/the-seo-success-pyramid/971/ # ixzz1rHVnXKFP

Links relacionados:

Perguntas que toda pequena empresa deve fazer sobre Otimização

Erros na otimização de sites

Não pegue atalhos na Otimização do seu site

A importância dos links

Guia de Mídias Sociais para pequenas empresas – Parte I

As Mídias Sociais chegaram para ficar. E se você tem um pequeno negócio você pode ficar feliz e aproveitar cada oportunidade que cada uma delas oferece.

Blogs, Facebook, Twitter, Youtube… A lista é muito grande, mas o potencial de crescimento de sua empresa, com a expansão de sua cartela de cliente é ainda maior.
Algumas pequenas empresas estão usando as mídias sociais para aumentar seus lucros. Outros estão cometendo um erro após o outro, apenas por falta de orientação.

Hoje vou falar sobre o que é necessário fazer para utilizar os benefícios das Redes Sociais.

Você deve ter uma série de dúvidas a esse respeito. Se não tivesse já teria parado de ler, não é? Então, se continua comigo, vamos lá.

• O que é Mídia Social?

• Quais os principais sites e ferramentas de Mídia Social?

• Quais Mídias Sociais são melhores para minha empresa?

• Como divulgar meu site nas Mídias Sociais?

• Como usar as Mídias Sociais para aumentar os lucros?
• Que estratégias e ferramentas podem ajudar sua empresa a crescer mais rápido?
• Quais os melhores tipos de usuários das mídias sociais?

• Quais os perigos das Mídia Sociais?

Certo, não vou colocar tudo isso em um só post, pois provavelmente você deve ter mais o que fazer nas próximas 24 horas, então dividi o Guia em 3 partes.

Vamos começar com uma visita básica ao mundo maravilhoso e complexo de mídia social.

O que é Mídia Social?
Mídia Social é qualquer site ou função de aparelho celular que permite a você compartilhar conteúdo e idéias com outras pessoas. Basta pensar nisso como uma variedade de métodos para entrar em contato com pessoas e com o que elas pensam, no mundo inteiro.

Quais são os principais sites e ferramentas de Mídia Social?

Os principais sites de Mídia Social (nem pense que esta lista está completa, afinal eu também tenho mais o que fazer nas próximas 24 horas)

Blog
Sinceramente, o seu Blog é o seu mais importante site de Mídia Social. Algumas pessoa talvez discordem, mas na verdade é o blog que vai formar a base de suas outras atividades sociais

Facebook – 42,9 milhões de usuários no Brasil
O Facebook não é apenas um conjunto de perfis pessoais para compartilhar fotos de seu jantar com seus amigos. É uma forma importante de obter novos clientes para interagirem com sua empresa tanto online quanto offline. As pessoas podem usar GPS para chegar até sua empresa, compartilhar sua “Fan Page com amigos e muito mais.

 Twitter – 33,3 milhões de usuários no Brasil
No Twitter as pessoas seguem umas as outras, divulgam comentários e produtos, fazem críticas e elogios. É excelente para se atualizar, uma vez que as notícias são postadas em tempo real. Outra vantagem é conhecer e manter contato com outras pessoas do seu ramo de atividade.

 Youtube – 3 bilhões de visualizações por dia
Você ao sabia que o YouTube é uma Mídia Social? Mas é. É uma excelente oportunidade de postar publicidades gratuitas sobre seus produtos e serviços. Apenas não se esqueça, ao gravar um vídeo, de que qualquer fundo musical que utilizar não pode ferir os direitos autorais de ninguém, ou o Youtube não permite a postagem do vídeo.

 Google + – 90 milhões de usuários no mundo
Relativamente jovem, o Google+ está em pleno crescimento, de acordo com alguns sites de pesquisa o G+ tem, por dia, cerca de 620 mil inscrições. O G+ é a integração de sua Mídia Social com seu mecanismo de busca. Você adiciona pessoas ao seu círculo de amigos e os resultados de pesquisa mudam com base no que as pessoas recomendam. Como no Facebook você pode ter uma página comercial no G+.
Ainda existem muitas outras, como Orkut, MSN, Flickr e etc.
Mas na verdade você não precisa estar conectado a todas elas, mas uma coisa você não pode esquecer, uma vez incrito em uma Mídia Social não cometa o erro de desaparecer e aparecer apenas quando lhe for conveniente, você não apenas não vai conquistar clientes dessa forma, você vai afastá-los.

No próximo Blog:

• Quais Mídias Sociais são melhores para minha empresa?

• Como divulgar meu site nas Mídias Sociais?

• Como usar as Mídias Sociais para aumentar os lucros?