Dicas para melhorar seu desempenho nas Mídias Sociais – Facebook

facebook

Nos posts anteriores dei algumas dicas sobre o Twitter e o LinkedIn, agora vamos falar sobre o Facebook.

Comente, faça perguntas, compartilhe

Este tópico é apenas pró-forma, mas vale um parágrafo. Se você está no Facebook para promover sua empresa, seus serviços, seus produtos ou você mesmo, não importa, a chave para qualquer uma dessas opções é a interação. Então não fique parado diante do computador apenas lendo o que seus amigos ou fãs postam, participe, aventure-se, pouco a pouco isso vai se tornando mais fácil do que nos primeiros dias.

Utilize apps

Além de compartilhar seus posts e comentários, procure criar promoções, enquetes e cupons.

Utilize isso para incentivar seu clientes e fãs a curtirem sua FanPage, tecerem comentários ou compartilharem alguma coisa

Uma imagem…

Não dizem por aí que uma imagem vale mais que mil palavras? Então aproveite para compartilhar fotos relevantes de forma a atrair a atenção para seu produto ou serviço.

A maioria das pessoas na internet não tem muita paciência para ler textos longos, mas elas realmente amam conteúdos como fotos e imagens divertidas.

Os usuários do Facebook, principalmente, dão muito mais atenção a imagens que textos, então utilize isso a seu favor.

Se esta é a FanPage da sua empresa, compartilhe fotos internas, eventos, renovações, mudança na decoração. Seus fãs com certeza vão “curtir”.

Não tenha medo

Compartilhe sua opinião sobre algum assunto atual, mostre que você acompanha as notícias, mas procure evitar assuntos polêmicos demais.

Por exemplo: por mais que deteste o PT, procure lembrar que o seu próximo cliente pode ser um petista doente, o que acaba com as suas chances de negócio se você tiver compartilhado críticas duras sobre o partido.

Para que as pessoas comentem sua postagem, experimente fazer perguntas.

Adicione vídeos

Conteúdo interativo ainda é o queridinho de todo mundo e um vídeo é a melhor forma de chamar a atenção das pessoas.

Se o vídeo foi produzido por você, excelente!

Mas você pode compartilhar vídeos que ache interessante produzidos por outras pessoas, mais uma vez, lembre-se de que o conteúdo do vídeo pode e será usado contra você se for tendencioso.

Inclua links

Se a sua mensagem é referente a um produto ou serviço seu, não se acanhe, inclua um link para a página de referência. O Facebook é um excelente lugar para se postar links.

Incentive as pessoas a interagirem com os seu post, diga a elas o que encontrarão no link compartilhado.

Seja objetivo

Explique às pessoas o que elas devem fazer com relação ao seu link, promoção, enquete ou post. Ninguém tem obrigação de saber o que você espera e a maioria de seus fãs ficarão felizes em cooperar.

No entanto, se você não disser a elas o que espera que elas façam, não se aborreça se elas não agirem como esperado. Se o que você quer é cliques, simplesmente coloque o botão e seja claro: “clique aqui para…”

Você vai ver como funciona.

Posts relacionados:

Dicas para melhorar seu desempenho nas Mídias Sociais – LinkedIn

Dicas para melhorar seu desempenho nas Mídias Sociais – Twitter

Boa sorte

Anúncios

Conteúdo x Link Building

disputa

Antes de falar sobre o porquê de o conteúdo ser mais importante do que a troca de links, vou explicar o que é a troca ou construção de links (Link Building)

Os mecanismos de busca ainda dão importância aos Links na hora de classificar o seu site, é claro, mas esse sistema além de ser mais complexo está deixando de ser tão importante.

A troca de links hoje em dia é oferecida na internet como produto, alguns sites vendem o direcionamento de links para o seu site.

Com isso você ganha em popularidade, é verdade, mas a que preço?

Existem alguns sites que vende links e conseguem posicionar o seu site de forma rápida, mas alguns desses links são desfeitos poucos meses depois e você começa a perder posição, sem saber porquê.

Links realmente válidos são aqueles que você consegue por esforço próprio, que você ganha por mérito e isso não é fácil.

Considerando isso vamos analisar a importância do conteúdo e suas vantagens.

O conteúdo é mais fácil de ter seu valor avaliado

Como eu disse antes, existem muitos sites vendendo links, mas como você pode avaliar o valor desses links? Ainda que eles consigam melhorar seu posicionamento nos mecanismos de busca, como saber o real valor deles? Difícil, não é?

Com relação ao conteúdo é algo que você pode avaliar, tanto com relação à qualidade quanto com relação ao retorno gerado.

Compartilhamentos, Likes, RT, comentários, tudo isso são formas de avaliar o seu conteúdo.

O conteúdo é aquilo que você está vendo.

Qualquer retorno é natural

Os links gerados pelo conteúdo são naturais quando se trata de compartilhamento nas Mídias Sociais.

É mais ou menos assim: Você divulga seu conteúdo, o usuário lê, gosta e compartilha criando links para este conteúdo.

Além disso você mesmo pode compartilhar este conteúdo em suas redes sociais.

Os links naturais ainda são mais confiáveis, uma vez que veem espontaneamente e mais duradouros, visto que muitos links comprados tem prazo de validade.

Redatores x SEOs

Encontrar bons SEOs com capacidade para construir links duradouros é difícil e todo o processo é demorado, mas ao contratar um bom redator não é tão difícil e o custo pode ser muito mais em conta.

Você pode procurar bons redatores em blogs e redes sociais e até mesmo analisar o material deles.

Agradando Gregos e Troianos

A construção ou troca de links vai se tornar cada vez menos importante, enquanto o conteúdo está se tronando cada vez mais relevante na hora dos mecanismos de busca avaliarem seu site.

Isso porque o conteúdo fala muito mais sobre a influência do seu site para os usuários do que qualquer link, fato que é de extrema importância para os mecanismos de busca.

E como eu disse antes, um bom conteúdo vai gerar links de uma forma ou de outra.

Boa sorte!

Otimizando o seu vídeo para o YouTube

videos

A cada minuto, mais de 60 horas de vídeo são carregados no YouTube.

Sabendo disso você deve se perguntar o que deve fazer para que o seu vídeo se destaque em meio a tantos outros, certo?

Bem, você pode seguir alguns passos que irão ajudar o seu vídeo a aparecer nos resultados de busca e com isso aumentar as chances das pessoas o visualizarem.

A gente sabe que o Google sempre dá preferencia para conteúdo consistente e bem otimizado e quando se trada de vídeos é muito mais fácil de conseguir uma boa colocação nas páginas de pesquisa.

Porque?

Simples, há muito mais sites competindo com sites do que vídeos com vídeos.

Além disso já foi provado (não sou eu quem está falando, foi uma pesquisa da ComScore) que vídeos prendem a atenção do usuário dois minutos a mais do que um texto comum.

Mas para melhorar ainda mais o posicionamento aqui vão algumas dicas de otimização para vocês.

Crie um Sitemap do seu vídeo

Se o vídeo está no seu site o ideal é que você “mostre” ao Google onde ele se encontra criando um sitemap.

O sitemap é um arquivo XML, que ajuda o Google a indexar o conteúdo do site e isso vale também para o vídeo.

Converse com seu webmaster.

Use o YouTube

Mesmo que o vídeo esteja no seu site, você pode, e deve, coloca-lo no YouTube também.

Essa é, sem dúvida alguma a forma mais eficaz de alcançar o público.

Não se esqueça dos links

Eu gosto de bater nesta tecla (literalmente falando rsrs). Os backlinks ainda são a melhor forma de SEO e neste caso, se o seu vídeo possui um link para o seu site, cada vez que alguém compartilhar você estará ganhando.

Palavras chave

Ah sim, isso também é importante em vídeos.

Tente usar um título (h1) que chame a atenção, mas não se esqueça de que ele também deve conter sua palavra chave principal.

Quando for descrever o vídeo ou o motivo de tê-lo feito, lembre-se sempre de incluir palavras chave relevantes para o SEO do vídeo, mas o título continua sendo o mais importante, então pesquise, pense e decida por um título realmente relevante.

Lembre-se de utilizar no máximo 66 caracteres, caso contrário quando o link aparecer no Google o título não aparecerá completo.

Uma boa idéia é incluir a palavra “vídeo” o máximo de vezes possível pois a maioria dos usuários costuma utilizar esta palavra quando pesquisam.

URL

Se o seu objetivo não é apenas divulgar o vídeo, mas atrair os usuário para o seu site, não se esqueça de incluir a URL no texto de descrição do YouTube.

Texto de descrição do vídeo

É importante que você utilize este espaço para incluir mais palavras chave relacionadas ao vídeo.

Além disso ajuda o Google a entender o conteúdo do vídeo e classifica-lo da melhor forma.

Ok, eu vou repetir, inclua a palavra “vídeo” tantas vezes quanto possível, sem que isso torne o seu texto muito estranho.

Tempo de duração

O tempo de duração de um vídeo influi na opção do usuário de assistir ou não, se o vídeo for longo demais eles podem acabar desistindo de assistir.

Quantos vídeos do YouTube você já assistiu com mais de 5 minutos de duração?

Certo, cinco minutos já é tempo demais, experimente 3 e você irá agradar gregos e troianos.

Caso o conteúdo peça por algo mais extenso, experimente dividir em partes, se a primeira parte for interessante o bastante, o usuário irá procurar a segunda por conta própria.

Boa sorte!

Posts relacionados:

Quando o vídeo é mais do que uma simples opção de Marketing

Dicas de marketing viral – continuação

Guia de Mídias Sociais para pequenas empresas – Parte I

Corrida para as mídias sociais

A anatomia de uma boa Landing Page (Página de conversão) para campanhas de marketing

Landing Page - Página de conversão

O que fazer e o que evitar na construção de uma Landing Page mais efetiva.

Texto e título claros

O cabeçalho principal da página deve ser, antes de qualquer coisa, fácil de ler, específico e de fácil compreensão, de forma a levar o visitante a ler o texto e agir conforme o esperado.

O texto deve ser curto e objetivo, escrito de forma clara e com uma explicação concisa sobre como o usuário deverá agir para atingir seu objetivo.

Lembre-se de que provavelmente, o visitante chegou até sua Landing Page através de um anúncio, um link ou uma postagem nas redes sociais, isso significa que ele já percorreu metade do caminho até a ação que você espera que ele realize.

Utilize imagens e vídeos relevantes

As imagens são poderosas – a maior parte das pessoas observam as imagens antes mesmo de ler o texto.

Por isso utilize as imagens para reforçar a mensagem do texto.

Tente utilizar imagens diferentes.

Uma pesquisa revelou que a imagem de uma pessoa é muito mais eficaz do que imagem de objetos.

Utilize as Redes Sociais 

As pessoas que gostarem e quiserem compartilhar a página, não devem encontrar dificuldade para fazer isso, por tanto, torne sua Landing Page fácil de compartilhar nas redes sociais.

Utilize as redes sociais mais utilizadas pelos seus clientes.

Mantenha apenas os links relevantes para sua campanha

Evite distrair o visitante, qualquer coisa em excesso pode fazer com que o visitante acabe tomando um rumo diferente daquele que você quer.

Uma Landing Page deve conter o mínimo de informações e links possíveis.

Objetivo 

Não se esqueça, o objetivo de uma Landing Page é converter o visitante em clientes, qualquer coisa além disso é supérflua.

Se sua Landing Page está recebendo muitos visitantes, mas as conversões são poucas, reveja sua estratégia, reformule a página e tente novamente de forma diferente.

Boa sorte!

Posts relacionados:

Método AIDA nas Landing Pages

Sua Página de Conversão contém erros?

Dicas de otimização para quem não gosta de atualizar conteúdo

Dicas SEOAlguns empresários acreditam que elaborar um bom conteúdo é fácil, é claro que eles pagam para isso, o que, na verdade não lhes dá muita noção do que é sentar diante do computador e colocar o cérebro para funcionar até que se consiga um conteúdo de qualidade.

Bom o bastante para prender a atenção do leitor.

Mas na maior parte dos casos a questão é bem diferente.

Você já deve ter ouvido falar que o conteúdo é a principal estratégia da otimização.

Acredita que essa atualização constante é fácil?

Não é.

Geralmente isso produz algumas respostas como essas:

  • Não tenho tempo;
  • Não tenho idéia sobre o que escrever;
  • Ninguém vai se interessar pelo que tenho a oferecer.

É interessante imaginar que as mesmas pessoas que dizem: “Ninguém vai se interessar pelo que tenho a oferecer” ou “Não tenho idéia do que escrever” são capazes de descrever o produto/serviço que tem durante duas horas em uma festa e torná-lo muito interessante.

Em alguns casos o problema é “escrever” e isso, acreditem, pode ser um problema passageiro, falta de inspiração, falta de tempo, falta de assunto ou, o que é muito comum, falta de paciência ou jeito para escrever.

Seja qual for o problema, os mecanismos de busca não vão entender, acredite em mim.

Eles não se importam se você está doente, na TPM ou se simplesmente prefere matemática.

Os mecanismos de busca querem movimentação no site, atualização constante, material novo para oferecer a seus usuários.

Se você não produz isso, esqueça qualquer chance de se destacar.

Então o que fazer quando você não tem nada para dizer, mas precisa que o site esteja atualizado?

Como conseguir um bom material para otimizar o seu site?

Eis uma lista de como conseguir um material razoável para começar:

Tenha uma seção de perguntas e respostas

Pode parecer simples demais para ser verdade, mas não é.

Você não imagina a quantidade de pessoas, cliente e futuros clientes, cheios de dúvidas.

Responder a essas dúvidas gera um conteúdo instantâneo.

Experimente usar um formulário no site, estimule as pessoas a enviarem suas perguntas e utilize-as para um excelente post de interesse dos clientes.

Os clientes vão gostar, até mesmo esperar por suas respostas e possivelmente compartilhar as explicações mais interessantes.

E ainda é provável que você consiga algumas vendas.

Aproveitando para otimizar

Quando for responder às questões enviadas pelos clientes, aproveite para colocar links relevantes para páginas dentro do seu site que estejam relacionadas à sua resposta.

Procure aproveitar para utilizar o máximo de palavras chave possíveis.

Especificação de produtos

Se você vende, por exemplo, computadores, procure aproveitar para atualizar as palavras chave nas especificações de produtos.

Mais uma vez use links, experimente criar páginas que contenham maiores detalhes sobre o produto.

Aproveitando para otimizar

Procure utilizar HTML.

É claro que inserir os arquivos em PDF é muito mais fácil e o seu webdesigner pode até torcer o nariz, mas, acredite em mim, você vai preferir HTML.

Só assim você poderá controlar e atualizar tag titles, links e etc.

Em último caso, você pode optar por inserir “também” uma versão em PDF para impressão.

Se você for usar o manual do fabricante, procure reescrevê-lo sempre que possível, utilize suas próprias palavras e, claro, não se esqueça das palavras chave.

Utilize vídeos e Podcasts transcritos

Publique a versão transcrita no seu site em forma de artigos, ou coloque-os na mesma página dos vídeos.

Se você utiliza algum tipo de curso de treinamento, manual de usuário ou de instruções em vídeo a transcrição é uma excelente forma de escrever conteúdo novo, sem ter que quebrar a cabeça.

Edite a transcrição, lembre-se de que muitas vezes a versão falada é mais informal e que em um vídeo algumas expressões faciais não podem ser transcritas.

Ajuste a linguagem escrita de forma a que a transcrição não fique incoerente ou informal demais. Não se esqueça das palavras chave!

Lembre-se também dos links. Se uma transcrição cita algum produto específico do site, insira um link para a página do produto.

Aproveite e utilize links também da sessão de perguntas e respostas para alguns tutoriais.

Por enquanto é isso, espero ter ajudado de alguma forma.

Boa sorte!

Posts relacionados:

Erros na otimização de sites

Perguntas que toda pequena empresa deve fazer sobre Otimização

Otimização: Termos usados e seus significados

A Pirâmide de sucesso da Otimização de Sites 

Tipos de palavras chave: Genéricas

Palavras-chave

Palavras chave definidas pela criatividade.

Estas palavras estão relacionadas de forma indireta com sua empresa.

São menos utilizadas e portanto a concorrência é menor.

Às vezes a pesquisa não tem a ver com o seu produto, mas o usuário pode acabar no seu site e se interessando pelo produto.

Em sua maioria são palavras chave utilizadas por empresas ou profissionais indiretamente ligados aos seus serviços, mas de  alguma forma relacionados.

Por exemplo:

  • Desenvolvimento de sites para políticos;
  • Hospedagem de sites para campanhas políticas;
  • Campanhas políticas nas Eleições 2010

Um motivo realmente bom para utilizar estas palavras chave é que as empresas relacionadas nas pesquisa não estão competindo diretamente com você, o que pode levar a uma parceria entre as empresas.

Como não são concorrentes diretos, você pode até mesmo conseguir  uma troca de links ou indicações dessas empresas para os seus serviços.

Se você tiver alguma dúvida, deixe um comentário ou entre em contato através do site:

www.suacampanha.com

Boa sorte!

O que fazer para Otimizar o uso do seu Twitter

twitter

Ter uma conta no Twitter é fácil, rápido e gratuito, mas, como aproveitar tudo o que esta Mídia social tem para oferecer?

Conheça alguns detalhes sobre o Twitter:

Terminologia básica:
TWEET– Mensagens com até 140 caracteres que são postadas e públicas.

Todas as mensagens, com exceção das DM, são de domínio público no Twitter.

DM – Mensagem Direta. As DMs são mensagens privadas apenas entre as pessoas que estão se correspondendo, no entanto você precisa: 1) Seguir e ser seguido pela pessoa para poder enviar uma DM; 2) Especificar que se trata de uma DM antes de enviá-la.

RT – Retwitar. Esta ferramenta é uma das que mais interessa àqueles que possuem negócios na internet. O Retweet é uma forma de divulgar a mensagem original aos seus seguidores. A fonte de origem da mensagem sempre deve ser citada: Por exemplo, se eu escrevi: “Desejo a todos um excelente final de semana”. Um Retwitar apareceria como: RT @suacampanhaonline “Desejo a todos um excelente final de semana”
O objetivo é incentivar os outros usuários a retweetarem sua mensagem e assim, expandir seu alcance.

# – Hashtag. As hashtags são colocadas na frente de uma palavra ou conjunto de letras para permitir a divulgação daquele assunto específico. Por exemplo, se você está twitando sobre Marketing com outras pessoas, você pode usar #Marketing. Isso se torna um link na sua mensagem e, quando clicado irá exibir todos os tweets usando essa hashtag.

# FF – Follow Friday / Siga sexta-feira. Esta é uma maneira de mostrar apoio a outros usuários. É claro, apenas às sextas-feiras.

10 dicas para otimizar o uso do Twitter:

1. Se possível use seu verdadeiro nome real
Isso faz com que fique mais fácil encontrar você no Twitter.

2. Não deixe de colocar uma imagem no seu perfil
O ideal é que seja uma imagem sua (ou logo da sua empresa). As pessoas tendem a se sentir mais a vontade se reconhecem a imagem que veem.

3. Coloque um link para seu site o seu perfil
Se você tiver um blog ou site, você pode e deve colocar um link para ele em seu perfil, de forma que todos possam acessá-lo através deste link.

4. Fale sobre você
Torne sua biografia interessante. Escolha um texto fácil e divertido, ou use o slogan de sua empresa, de forma que as pessoas, ao lerem, reconheçam quem é você.

5. Tweet regularmente
Não é fácil? Talvez, mas é sem dúvida a chave da autopromoção. E não tem importância se você tem apenas 2 seguidores e um deles é a sua mãe, você ainda precisa de publicações diárias para fazer a diferença.

Caso você não tenha nada de interessante para dizer, utilize o RT e compartilhe algo diferente, engraçado ou útil.

A outra opção é conectar seu blog à sua conta no Twitter, assim cada post que você inserir no site será automaticamente publicado no Twitter.

6. Informações Relevantes

Por favor, não pense que ser regular em suas publicações é sinônimo de informar cada passo seu. “Almoçando salada russa” ou “Saindo pra uma caminhada”, isso não é interessante, nem relevante.

Mas… Se esta caminhada fosse em companhia da Xuxa… Pode twitar a vontade, você merece!

7. Criando links sem vínculos
É muito útil inserir links, mas tome cuidado para que as pessoas não comecem a achar que você quer apenas vender seu produto. Para isso a interação é muito importante.

8. Seja você mesmo
Ainda que o perfil pertença a sua empresa, é importante que as pessoas saibam que por trás desse perfil existe alguém de carne e osso. Você não precisa ser engraçado ou inteligente. Não precisa citar Shakespeare ou Chico Anísio.

O objetivo do Twitter é “conexão” entre as pessoas, então, seja você mesmo e aproveite, você pode até achar divertido.

9. Nem sempre vale apenas seguir todos que te seguem

Para algumas pessoas a quantidade é tudo, mas na verdade deveríamos ficar de olho na qualidade. Você não tem que seguir todos os que te seguem, até porque com programas de “Seguir” disponibilizados na internet, muitos do que te seguem sequer estão interessados em você. Então, meu conselho: Siga apenas pessoas que tenham relevância para você ou para o seu público.

10. Comunicação
No Twitter tudo é comunicação, então, se alguém falar com você ou RT sua mensagem, não se esqueça de responder ou agradecer. As pessoas gostam de saber que estão fazendo diferença. Aposto que você também gosta!