Marketing para pequenas empresas

slogan-sua-campanha.com

O marketing para pequenas empresas não á fácil, a maioria delas tem dificuldade com:

Orçamento;

Público Alvo;

Direcionamento.

O orçamento é um grande problema uma vez que se forma um círculo vicioso: falta de orçamento-falta de marketing-ausência de clientes-falta de orçamento…

Nesses casos o marketing se torna uma coisa essencial e ao mesmo tempo impossível.

É muito fácil para o profissional de marketing dizer que uma boa campanha de marketing é uma necessidade para toda empresa, não são eles que terão que desembolsar um valor, muitas vezes exorbitante, com poucas garantias de retorno.

Acontece que o tempo das poucas garantias de retorno ficou para trás, assim como os orçamentos exorbitantes.

Com o Marketing Digital os custos de uma campanha publicitária caíram consideravelmente, além de o público ter aumentado de forma impressionante.

Antigamente para elaborar uma boa campanha de marketing o empresário precisava pensar em termos de rádio, televisão e jornais, eles tinham a opção de publicar em mídias locais e nacionais e o custo disso assumia proporções assustadoras.

Hoje, com a internet o empresário já pode investir em diversa mídias de forma direcionada e a um custo muito mais baixo, mas então onde está a dificuldade?

Estou considerando que, mesmo com o custo muito mais em conta do que qualquer outra mídia, uma campanha na internet ainda tem um custo e se você ficou imaginando que eu iria oferecer aqui uma forma de você fazer uma boa campanha de marketing sem custo nenhum… Está brincando né?

Mas existem algumas coisas que você, empresário, deve ter em mente ao iniciar uma campanha de marketing:

Se o orçamento é pequeno

O objetivo é conquistar o máximo de clientes com uma campanha de custo reduzido, certo? Então a primeira coisa a se pensar é na mensagem da campanha.

Quando você pode anunciar em diversas mídias, manter essa campanha visível por longo tempo e gastar uma quantia razoável de dinheiro, você pode se dar o luxo de “vencer pelo cansaço”, ou seja, pode ter uma mensagem simples, sem grande impacto e mesmo assim conseguir atingir seu objetivo.

Mas quando você tem pouco tempo e pouco dinheiro para investir, você precisa de impacto, precisa de uma mensagem que cative, seduza, encante o cliente.

Sua mensagem deve ser inesquecível

Você não terá muitas chances de causar boa impressão, então concentre-se em algo direto, que descreva de forma concisa o propósito de sua empresa.

Seja objetivo, mas nunca agressivo demais, um pouco de agressividade pode ser impactante, mas qualquer coisa um pouco além pode assustar seu futuro cliente.

Alguns exemplos de mensagens de marketing eficaz:

“Quando uma menina vira mulher, os homens viram meninos.”
(Lingerie Valisère)

“Pense grande. Você já ouviu falar de Alexandre o Médio?”
(consultores de empresas)

“Ruim por ruim, vote em mim!”
(Alfânio Martins, em campanha política)

“As fitas não são virgens, mas, também, hoje em dia quem é?”
(Blockbuster)

“Nenhuma mulher quer um homem bom de pia.”
(Brastemp)

“Colocamos nosso nome na traseira de nosso carro, de maneira que os motoristas do Porsche tenham o que ler.”
(Carro Lexus)

“Sob uma foto de Fidel Castro: economizar no vestuário não significa andar 30 anos com a mesma roupa.”
(Cartão de Crédito Fashion Clinic)

“Cuidado. Nesta Época do ano os anúncios estão cheios de ding dings, blénbléns e ho ho hos. Mas o que eles querem mesmo é seu 13º.. ”
(Citibank)

“Se você é uma pessoa sensível, vai gostar de saber que Pinho Sol mata os germes sem dor nem sofrimento.”
(Desinfetante Pinho Sol)

“Nunca foi tão fácil tirar doce da boca de crianças.”
(Escova dental Oral B)

“É o mais rápido que você pode ir sem ser obrigado a comer a comida de bordo.”
(Porsche)

“Nossos clientes nunca voltaram para reclamar.”
(Outdoor de uma casa de serviços funerários)

“Não temos música ao vivo. Sorte sua. ”
(Outdoor do Taco Del Maestro, restaurante de comida mexicana)

“Não beba só uma. Bebavárias.”
(Cerveja Bavária).

“Se Vinho não fosse a melhor bebida do mundo, JESUS teria transformado água em cerveja.”
(Rancho do Vinho)

Falando de sua empresa

Acredite, a maioria dos empresários não sabem falar sobre a própria empresa.

Embora tenham certeza absoluta do que estão fazendo e sejam bem sucedidos em suas áreas, eles não sabem colocar em palavras o objetivo da empresa, suas prioridades e o que tem a oferecer.

Em um ambiente competitivo é necessário que você se destaque, que deixe seu futuro cliente saber os que pode fazer por ele.

A mensagem de marketing deve conter uma descrição breve do que a empresa tem a oferecer, se for eficaz ela vai despertar o interesse e criar uma conexão entre o público alvo e sua empresa.

Como resultado a mensagem de marketing deve destacar os benefícios que o cliente receberá ao fechar negócio com sua empresa.

E então? O que você tem a oferecer?

Facilite

Identifique o seu público alvo. Isso vai tornar mais fácil a elaboração da mensagem.

Seja ativo

Sua mensagem deve passar a impressão de atividade, assim use verbos e advérbios ativos.

Exemplo:

Realizar, alcançar, contribuindo, acelerar, esclarecendo, conduzindo, capacitação, descoberta, foco, etc.

Mídias

Com a mensagem de marketing pronta vem a divulgação, utilize todas as mídias possíveis, site, blog, redes sociais, folders, folhetos e até mesmo cartões de visita.

Seduza

Identifique claramente os benefícios e vantagens que o cliente receberá.

Resolver um problema, melhorar a perspectiva de vida, diversão, lucros…

Uma mensagem de marketing bem sucedida deve deixar isso claro para o cliente.

Enfim, não é fácil descrever tudo o que você faz em uma ou duas frases, mas se você conseguir fazer com que a primeira impressão seja intrigante, você deu um grande passo em direção a conquista do cliente.

Boa sorte!

Posts relacionados:

Algumas regrinhas básicas para pequenas empresas no uso de Mídias Sociais

Otimização x Mídias Sociais, a questão não é um OU outro

Algumas sugestões do Google para otimização de imagens

Qual a vantagem em se usar uma mascote nas Mídias Sociais? 

Como ganhar 1 milhão de dólares em 24 horas no Facebook

Empresas nas Mídias Sociais…

Mídias-Sociais

O que há de tão especial no Marketing nas Mídias Sociais? Qual o seu objetivo?

Para responder a primeira pergunta vamos antes analisar rapidamente a história do Marketing (rapidamente mesmo).

O Marketing Tradicional agia de uma forma unilateral, a empresa apresentava seu produto e o consumidor o comprava.

Com o Marketing Tradicional o consumidor tinha pouca ou nenhuma possibilidade de pesquisar o produto antes de comprá-lo. Com isso ele precisava confiar na propaganda, na experiência de alguns poucos amigos que conheciam o produto e do vendedor com toda sua argumentação.

O tempo passou e com a Web 2.0 vieram também as possibilidades de uma pesquisa profunda sobre cada produto, opinião de consumidores no mundo inteiro e análise de especialistas.

A compra de um produto se tornou algo mais seletivo.

Pouco a pouco os consumidores, bem mais do que as empresas, foram descobrindo uma utilidade importante para as Mídias Sociais: Denunciar sua insatisfação com produtos/serviços de má qualidade e divulgar boas experiências.

As Mídias Sociais se tornaram um fonte importante de pesquisa para pessoas que querem comprar um determinado produto/serviço.

Ali eles encontram todos os tipos de informações, boas e ruins.

Mas como empresário, qual o seu interesse nas Mídias Sociais? Qual o objetivo de usá-las em sua campanha de marketing?

Qualquer empresário sabe o quanto é importante estar à frente da mídia, seja ela qual for, assim como empresários conscientes sabem que quando mais cedo a empresa for comunicada sobre um problema, mais fácil será solucioná-lo.

Mídias Sociais é um termo utilizado para definir sites que permitem às pessoas interagirem entre si através de compartilhamentos de informações, imagens, vídeos e outras atividades.

Isso oferece aos usuários a possibilidade de troca de informações de forma rápida e confiável.

Através das Mídias Sociais as pessoas tem a oportunidade de obter informações e notícias atuais.

Onde sua empresa entra nisso?

Há pouco tempo postei no Twitter um comentário não muito favorável sobre os serviços da Oi Velox, foi interessante ver que minha experiência com a baixa qualidade dos serviços desta empresa causou prontamente uma onda de solidariedade por parte de diversos seguidores.

Mais interessante ainda foi apreciar o rápido posicionamento da empresa em sanar o problema.

Isso é o que as empresas com um mínimo de preocupação com a própria reputação e com a opinião dos usuários estão fazendo atualmente.

Se mantendo vigilantes nas Mídias Sociais para poderem agir ou interagir de acordo com a necessidade, no momento certo.

Continuo tendo problemas com a Oi (quem não tem?) mas como profissional de marketing apreciei o fato de eles terem se dado o trabalho de tentar evitar um problema maior. Parabéns ao pessoal do marketing de Mídias Sociais da Oi.

Esse foi apenas um exemplo da necessidade de as empresas estarem atuantes nas Mídias sociais.

É claro, ainda pesam o fato de que é um tipo de publicidade muito melhor e mais em conta do que qualquer outro, mas isso… É outra história.

Boa sorte!

E-mails para marketing, como não ser chato

email

A velha, boa e chata mala direta pode ter caído em desuso mas os e-mails marketing estão por aí, enchendo nossas caixas de entradas (ou caixas de spam) com propagandas, ofertas, promoções, conselhos e dicas de todos os tipos.

Atualmente, para evitar a perseguição a seus tão estimados usuários, e-mails como o G-mail classificam por conta própria o que é e-mail e o que é spam (lixo eletrônico).

É claro que você não quer que o seu e-mail seja classificado como “lixo”, certo?

Então, como evitar que coisas assim aconteçam?

Um e-mail marketing não é apenas o texto que você escreve, mas um conjunto de itens que farão com que ele seja ou não classificado como “lixo”.

Vejamos:

  • Assunto;
  • Opção de cancelamento;
  • Otimização;
  • Texto alternativo;
  • Cópia e copia carbono;
  • Layout

A maioria dos e-mail possuem pelo menos um erro dentre essas opções, o que fatalmente os vai encaminhar direto para a caixa de Spam, o limbo dos e-mails.

Para criar um e-mail marketing bem elaborado você precisa ter em mente uma coisa muito importante:

  • Existem palavras que imediatamente classificam seu e-mail como Spam.

Sério, os mecanismos de e-mail possuem uma lista de palavras chave que identificam o e-mail como publicidade e automaticamente direcionam o e-mail para a caixa de Spam.

Veja uma lista dessas palavras AQUI

Consulte a lista e use seu discernimento para evitar que seus e-mail não sejam sequer visualizados pelos seus clientes.

E-mails que utilizam imagens, na maioria das vezes se não forem para a caixa de Spam, as imagens são bloqueadas, o que significa que o usuário terá que desbloqueá-las caso queira visualizá-las.

Cabe a você decidir se vale a pena arriscar.

Caso espere que o seu cliente clique em algum lugar, sugiro que evite imagens como botões “Clique Aqui” eles podem ser bloqueados e a pessoa acaba ficando sem saber onde tem que clicar.

Utilize sentenças curtas na caixa de “assunto”, com não mais de 70 caracteres. Isso ajuda a passar pelo filtro de Spam.

Caso sua intenção seja que o e-mail seja visualizado em dispositivos móveis, o “assunto” deve ser ainda menor, no máximo 20 caracteres.

Outro detalhe importante é saber a partir de onde você está enviando o e-mail, se pelo e-mail de sua empresa ou seu e-mail pessoal, sim, faz diferença, mas se você decidir que prefere enviar pelo seu e-mail pessoal, certifique-se de que o destinatário saiba quem é você, para não confundi-lo.

Alguns e-mail de empresas são realmente interessantes e fazem você querer entrar em contato com eles, esse é o seu objetivo, certo? Você quer que o seu destinatário sinta que você pode fazer algo por ele, mas, se no momento em que ele clicar em “responder” o seu e-mail aparece como cristinatopatodas@somosmelhores.com.br, toda a seriedade do assunto, toda a confiança que você conquistou, vai por água abaixo.

Mais uma coisa: Quando for elaborar sua mensagem de e-mail utilize parágrafos curtos, sentenças fortes e evite se estender demais no assunto. Use tópicos se for o caso, facilita a leitura dinâmica e as pessoas não tem muita paciência para ler na internet.

Por fim e mais importante: Use a opção “CCO – Cópia Carbono Oculta”, não existe nada pior do que abrir um e-mail e ver uma lista de centenas de outras pessoas que receberam as mesmas mensagens, sem contar que isso ajudar a aumentar o risco de vírus E Spams.

Boa sorte!

Posts Relacionados:

Dicas para promover o seu site

Pequenas Empresas… Não cometam estes erros.

Empresas / prestadores de serviço e as Mídias Sociais

Promova sua pequena empresa

Aproveitando o Google Adwords da melhor forma

google-adwords

Para quem não conhece o Google Adwords ainda, aqui vai uma explicação simples:

Colocar imagem do Google Search com destaque para os anúncios do Adwords.

O Google oferece todos os tipos de assessoria para quem está começando uma campanha no Adwords, 0800, suporte por e-mail e etc.

Atendentes super simpáticos, atenciosos e realmente preocupados em tornar sua experiência no Adwords a melhor possível.

Não importa se você vai investir 40 ou 4.000 reais, a ajuda é a mesmo.

No entanto existem algumas coisas que o pessoal do suporte do Adwords não pode ajudar.

Não faz diferença se sua campanha é boa, se o produto é excelente, se a marca é conhecida.

Se você não estiver preparado para receber os clientes, não vai funcionar.

Visitantes perdidos

E primeiro lugar, não adianta você criar uma campanha incrível, com um display que realmente chame a atenção e gere visitantes ao seu site, se esses visitantes vão chegar lá e ficarem sem saber o que fazer a seguir.

Não direcione seus anúncios para a página principal do seu site, a menos que tudo o que você queira seja que as pessoas cheguem até ele e depois saiam.

Geralmente uma campanha de anúncios publicitários é feita para promover um produto, se esse produto é o site, muito bem, você conseguiu o que queria e sua campanha é um sucesso.

Mas se o seu objetivo é a venda ou promoção de um produto/serviço, direcionar o visitante aleatoriamente não vai te ajudar.

Para isso você precisa de uma Landing Page, que levará o visitante a agir da forma como você quer.

Pouca gente sabe também que uma boa Landing Page pode tornar o anúncio mais barato.

É verdade!

Se sua Landing Page estiver alinhada com o texto de seu anúncio irá influenciar o Quality Score, sistema de avaliação do Adwords e, consequentemente, o preço de seu anúncio cairá ou sua visibilidade aumentará.

Palavras chave

Aqui vou comentar sobre o proprietário de uma loja de computadores para o qual fiz uma avaliação da campanha no Adwords.

A loja é de computadores, mas entre as palavras chave da campanha de anúncios dele estavam incluídas palavras como:

Jogos, games, jogos online, download de jogos e etc.

A loja não tinha jogos para vender e o site não fornecia download e jogos.

Ele conseguia mais de 1000 acessos por dia, mas as vendas não estavam muito boas e ele não entendia o porquê.

Fácil de entender: A maioria dos visitantes do site não estava procurando computadores, mas jogos, entravam, viam que não tinha o que queriam e saiam. 1000 visitas, 10 vendas?

Por isso as palavras chave relacionadas ao seu anúncio são tão importantes, não adianta relacionar um número infindável de palavras chave se elas não estiverem relacionadas ao produto anunciado.

Análise de desempenho

Se você pretende criar uma campanha, tenha certeza de que alguém irá monitorar o desempenho dela.

Não adianta criar a campanha e deixa-la esquecida, o objetivo é fazer com que atinja o maior número de pessoas possível e no Adwords você tem a vantagem de poder modificar a campanha ou detalhes dela a qualquer momento.

Momento

Com tudo isso, ainda há o risco de sua campanha não decolar. Porquê?

Nem sempre o momento é ideal e vários fatores podem influenciar sua campanha de forma boa ou ruim.

Mantenha em mente que uma boa campanha de marketing pode garantir apenas que o visitante chegue até você. As vendas são por sua conta.

Boa sorte!

Posts relacionados:

SEO ou SEM?

Propaganda gratuita no Google

Algumas sugestões do Google para otimização de imagens

Algumas dicas sobre Marketing Online

Dicas de usabilidade para sites políticos

Usabilidade em sites políticos

A usabilidade é importante para qualquer site pois torna o site mais fácil de navegar.

Essa facilidade é atraente para o usuário que prefere encontrar o que quer de forma rápida e fácil.

Usabilidade em um site político é fazer com que o eleitor encontre informações de forma rápida e prática.

Muitas empresas gastam fortunas no planejamento da usabilidade de seus sites, mas a verdade é que existem algumas regras bem básicas que, se seguidas, podem tornar o seu site político agradável ao eleitor.

Aqui vão algumas dicas para o seu web designer seguir:

1 – O Slogan

Para uma empresa o slogan é o lema ou apenas uma frase que chama a atenção do usuário para seu produto ou serviço. Usa-se o slogan para descrever de forma resumida o site /empresa em uma única frase.

Considerando que você tem cerca de 8 segundos para prender a atenção do usuário/eleitor, um slogan forte é o que você precisa para isso.

Sem isso você pode perder o eleitor antes mesmo que ele comece a navegar no site.

2 – Busca

Quanto mais antigo o seu site, mais informações ele possui. E no caso de um site político informações é o que não falta. Mesmo que o menu principal seja claro e fácil é possível que o eleitor acabe se perdendo ou perdendo o fio da meada ao encontrar uma informação que nada tinha a ver com o que ele estava buscando.

Um sistema de pesquisa interna acaba com esse problema. Possibilitando que o eleitor busque o que precisa, você facilita a vida dele e ainda lhe dá a liberdade de verificar mais conteúdo do que ele tinha a intenção de fazer inicialmente.

A caixa de busca deve ficar no topo da página principal (se possível em todas as outras também).

Não deve haver dúvida de que aquela caixa é de pesquisa, então você pode utilizar alguns recursos como textos claros: “Encontre em nosso site” ou “Pesquisa interna”.

Lembre-se de deixar claro que a pesquisa não é na web e sim no site, de forma que o eleitor não tente procurar outros temas e acabe se irritando quando o resultado for negativo.

3 – Evite imagens grandes ou pesadas demais

Em poucas palavras: imagens podem sobrecarregar o site e torna-lo lento. Não é só o eleitor quem tem problemas com sites lentos, o Google já incluiu em sua lista de qualificações para as primeiras posições de sua pesquisa a velocidade do site.

Além do mais, gráficos e imagens são uma distração para o eleitor.

Não estou dizendo que não deve haver imagens, mas nada que possa interferir no objetivo do site que é conquistar o eleitor.

Do ponto de vista da usabilidade “mais é menos”.

 4 – Mapa

Os mapas dos sites foram criados para facilitar a navegação do usuário, isso facilita para ele estar sempre ciente de onde se encontra e de como voltar para o início. Além do mais um mapa tem uma grande vantagem sobre todas as outras dicas de usabilidade, ele ajuda os mecanismos de busca a encontrar as páginas do seu site.

5 – Direção

Tudo no site deve ser projetado para canalizar o eleitor para um destino específico. O conteúdo, as “Call to Action” (Chamadas para ação), tudo deve ter o objetivo de levar o eleitor a um destino e não deixa-lo vagando aleatoriamente pelo site.

Tem que haver um objetivo definido, seja o preenchimento de um formulário, seja levar o eleitor a curtir sua Fan Page no Facebook ou deixar um comentário, fazer perguntas, não importa.

O importante é que tem que haver um objetivo específico e que todo o site esteja preparado para direcionar o eleitor até este objetivo.

Evite intimidar o eleitor de forma que ele se sinta acuado e acabe fechando o navegador para escapar, o direcionamento deve ser lento e natural.

Tenha em mente também que sutileza demais pode acabar confundindo ele.

Complicado?

Talvez, mas basicamente funciona assim: Dê a mão para o eleitor e o guie, mas não saia puxando ele a ponto de fazê-lo tropeçar no caminho.

6 – Conteúdo acessível

Como já escrevi antes, temos o hábito de buscar por manchetes e ler apenas aquilo que nos interessa ou chama nossa atenção, então, se você quer que o eleitor para para ler uma determinada material, faça com que ela pareça atraente.

Use um título chamativo, uma imagem contundente, seguidos de um texto que prenda a atenção do eleitor.

7 – Não confunda seu eleitor

Existem diversas formas de tornar um site confuso e muita gente não percebe até que se veja frente a frente com o problema.

Um desses problemas parece insignificante, mas para o usuário/eleitor, pode ser motivo de irritação. “Não use texto sublinhado caso o mesmo não seja um link” “Não use imagem gráfica similar a botões, se não forem realmente botões”.

Pode parecer engraçado, mas é irritante quando o usuário vê um determinado nome ou expressão sublinhada e clica sobre o mesmo, esperando ver mais detalhes sobre o assunto e não recebe nada em troca.

É, no mínimo, frustrante.

Existem muitas outras formas de tornar o seu site mais atraente para o eleitor, essas foram apenas algumas.

Boa sorte!

Dicas para uma boa campanha política online – Parte IV

FacebookUsando o Facebook

1.   Crie sua Fan Page.

Acredite, você “quer” uma Fan Page.

A Fan Page estará vinculada ao seu perfil pessoal, mas ao contrário dele, ela é visível a todos e as pessoas podem seguir sua página sem que você tenha obrigatoriamente que ter essa pessoa como amigo em seu perfil pessoal e vice versa.

2.   Atualize seu perfil pessoal

Utilize a guia de informações para oferecer aos eleitores o máximo de informações sobre você e sua campanha.

Preencha-a com detalhes, o máximo possível, e não se esqueça de incluir um link para o seu site de campanha.

Carregue uma boa foto e como foto de capa da página, utilize seu slogan ou o logo tipo de sua campanha.

3.   Pense na utilização de uma página personalizada

Ao contrário do Twitter, o Facebook tem uma aparência padrão, mas você pode usar sua criatividade e alguns recursos (pagos e gratuitos) para te ajudarem a criar uma página personalizada.

4.   Seja autêntico

O eleitores esperam mais do que aquela conversa tradicional de político.

Tente participar de conversar e debates, não se limite a enviar sua mensagem de campanha.

O objetivo é cativar as pessoas, não irritá-las.

5.   Não de a impressão errada

É importante que seu perfil esteja sempre atualizado e que você esteja sempre presente, mas não leve seus eleitores a pensarem que você não faz outra coisa além de ficar o dia todo no Facebook.

Tente ser simpático e atencioso, mas evite parecer idiota ou se intrometer em conversas para as quais não foi convidado.

De resto, use do mesmo bom senso que você utiliza no seu dia a dia, seja cordial sem ser irritante.

Lembre-se, as pessoas com as quais vai conviver no Facebook são as mesmas com as quais você vai cruzar nas ruas de sua cidade cedo ou tarde.

Tem alguma dúvida? Peça mais informações no nosso site: Sua Campanha.com

Boa sorte!

Conteúdo, porque isso é tão importante?

Montar o conteúdo de um site não é tarefa fácil.

Algumas pessoas podem pensar: Porque não? Basta descrever o produto, certo?

Errado.

O conteúdo não serve apenas para “descrever” um produto, isso qualquer pessoa que leia o manual de instruções pode fazer muito bem.

O objetivo do conteúdo de um site é “vender” o produto, torná-lo mais atraente para o visitante, não apenas descrevê-lo.

Existem formas e “formas” de descrever um produto.

Então vamos lá, vejamos algumas diferenças:

“Sony Cyber-shot DSC-WX7. Imagens em 3D, gravação de filmes em Full HD (AVCHD) para reprodução em TVs de alta definição e fotos panorâmicas em 2D e 3D para capturar todo o horizonte. E tudo de maneira muito simples”.

“Redesenhada recentemente com uma silhueta sofisticada, em cinco cores excitantes, a câmera digital Cannon PowerShot A3300 IS possui todo o poder que você precisa para capturar a sua vida do seu jeito”

“A câmera digital Sony Cyber-shot foi feita para quem adora fotografar, mas também quer marcar presença. Disponível nas cores prata e violeta, desenvolvidas exclusivamente para o Brasil”.

Vamos ignorar o primeiro anúncio, certo? Ele só está aí só para te lembrar a forma como você vem expondo os seus produtos atualmente.

Agora, qual das duas descrições lhe parece mais atraente? Por quê?

Embora a apresentação da Sony seja clara e precisa, até mesmo sugestiva, o texto da Cannon é, sem dúvida alguma sedutor.

É até engraçado pois o início do texto, apesar de um clara alusão de que não é um modelo novo, mas uma nova versão, os termos, silhueta sofisticada, cores excitantes, a sua vida do seu jeito brincam com a imaginação do visitante, despertam a vontade de comprar um produto tão atraente.

Isso é o que um bom conteúdo faz por você e seu produto.

Elaborar o conteúdo de um site não é se sentar na frente do seu computador e contar a historia da sua empresa, ou copiar manuais de instruções.

Como eu já disse antes, é o conteúdo que vai fazer com que os visitantes do seu site se tornem algo mais, é o conteúdo que vai seduzi-los ou afastá-los.

Por isso é tão importante saber exatamente o que fazer ao criar ou renovar um site.

Conteúdo é a alma do negócio, é o seu vendedor do mês, é seu cartão de visitas e cartaz de boas vindas.

Ignorar a importância do conteúdo e sobrecarregar o seu site com imagens dos produtos é um erro comum que muitos proprietários de lojas virtuais cometem.

A maioria dos proprietários de lojas não virtuais, compram os produtos, se certificam de que os mesmos estão expostos de forma adequada, de que os vendedores conhecem os produtos e pronto.

Em lojas virtuais a ausência dos simpáticos e alegres vendedores deve se compensada pelo conteúdo de texto que vai seduzir o visitante exaltando as qualidades do produto e não apenas descrevendo-as.