Focando seus clientes nas Mídias Sociais

Mídias-Sociais

Como alcançar seus clientes? Em que Rede Social eles estão? Qual a melhor forma de aproveitar as oportunidades das Mídias Sociais?

Volta e meia eu falo sobre isso, insisto neste assunto porque é importante que os pequenos empresários brasileiros conheçam melhor esse maravilhoso tipo de Marketing.

Uma das coisas mais importantes ao tentar alcançar seus clientes nas Mídias Sociais é a flexibilidade, mas não adianta iniciar uma campanha sem uma estratégia específica.

Também não podemos esquecer da necessidade de continuidade, as Mídias Sociais não são como o Marketing Tradicional no qual você insere o anúncio e aguarda calmamente um resultado que possivelmente não será o esperado.

Então, caso esteja realmente interessado em construir um relacionamento com seus clientes através das Mídias Sociais, é importante ter os seguintes tópicos em mente:

  1. Faça uma lista de seus objetivos, organize-os em ordem de prioridades e siga-os de forma contínua;
  2. Analise a concorrência, não copie estratégias, isso pode se transformar em uma faca de dois gumes, uma vez que o que funciona para o seu concorrente pode não funcionar com você. Aprenda com os erros e tire proveito dos acertos, mas sempre mantendo a personalidade individual de sua empresa;
  3. Faça uma pesquisa antes de escolher a Mídia Social ideal para o seu objetivo; não vale a pena estar presente em Mídias Sociais que não lhe trarão benefícios;
  4. Ao elaborar seu conteúdo, faça-o pensando em seus clientes, não em você, o conteúdo é a forma como você vai incentivar seus clientes a agirem como você espera que ajam,
  5. Utilize ferramentas para otimizar seu tempo, se você não tomar cuidado gastará um tempo precioso nas Mídias Sociais;
  6. Se você quer obter sucesso é necessário que seja capaz de analisar seus resultados, compartilhamentos, retweets, e opções de curtir são importantes, mas você precisa de um meio para analisar isso;
  7. Faça um check list do que espera conseguir e de seus resultados para que você possa mudar de estratégia caso seja necessário;
  8. Você pode economizar tempo e dinheiro usando algumas ferramentas gratuitas, tanto de agendamento quanto de análise. Quanto ao gasto com pessoal, fica a seu critério decidir qual a melhor forma de investir;
  9. Por fim, lembre-se de que as Mídias Sociais estão em constante movimento e seus usuários esperam que você possa acompanhá-los em suas atualizações. Seja flexível e mantenha-se sempre atualizado.

É isso, espero ter ajudado com mais este post.

Boa sorte!

Técnicas de Gerenciamento de Reputação Online

técnicas-ninja

Não é preciso muito para que sua reputação online fique manchada, como já falei sobre isso no post: “Reputação Online, você está preocupado? Deveria…”

Uma única foto ou comentário feito por um concorrente ou um cliente insatisfeito pode causa danos à sua reputação e acabar prejudicando você de uma forma inesperada.

O Gerenciamento de reputação online pode ser uma coisa frustrante e difícil, ficar monitorando os resultados dos mecanismos de pesquisa, utilizando técnicas de SEO para fazer com que esses resultados desapareçam da primeira página…

Mas, embora seja um trabalho que exige tempo, cada passo vale a pena se isso proteger sua reputação, certo?

Então aqui vão algumas dicas do que fazer:

Mídias Sociais

Você com certeza precisa de perfis nas Mídias Sociais, mesmo que seja apenas para defender sua reputação, responder a comentários ou críticas e atender clientes insatisfeitos antes que sua insatisfação se torne um problema para você.

Meu conselho é que você não saia se cadastrando em todas as Mídias Sociais disponíveis, primeiro porque você, sinceramente, não terá tempo para administrar todas elas de forma satisfatória, segundo é realmente uma questão de qualidade x quantidade.

Concentre-se nas Mídias que você conhece e que sabe que seus clientes, concorrentes ou futuros empregadores estarão. LinkedIn, Twitter, Youtube e Facebook são boas escolhas.

A questão é lembrar que apenas possuir um perfil não fará diferença nenhuma, você precisa estar realmente ativo, além de fazer um bom monitoramento para evitar que quaisquer comentários que o desabone passe despercebido.

Conteúdo de qualidade, comentários, repostas a questionamentos, conquista de links, a questionamentos, conquista de links, tudo isso toma tempo e quanto mais perfis você tiver, mais fácil será ignorar um deles por falta de tempo, o que pode acabar sendo prejudicial.

Resumo biográfico

Fale sobre si mesmo antes que outros o façam. Disponibilize um resumo de sua biografia, blog, eventos, prêmios conquistados.

Não se limite a textos, insira vídeos, links para o seu site e para seus perfis nas Mídias Sociais. Faça o seu Marketing de forma a que sua personalidade, conquistas e metas estejam disponíveis.

Você não só não tem o que esconder como tem muito que mostrar.

 

Qualidade

A construção de links é uma excelente forma de se destacar, mas tenha certeza de que esses links são reais e que realmente estão contribuindo para a sua reputação.

Acredite você não vai querer seu nome ou o da sua empresa, ligados a links de sites que podem acabar prejudicando sua reputação.

É isso, espero que de alguma forma tenha ajudado você a se inteirar mais sobre Gerenciamento de Reputação Online.

Acesse nossa página e saiba mais sobre Marketing Pessoal e Profissional.

Boa sorte!

Empresas / prestadores de serviço e as Mídias Sociais

Mídias Sociais para empresas

É impressionante a quantidade de empresas e prestadores de serviços que ainda relutam em apostar nas Mídias Sociais.

Alguns até possuem perfis em algumas Redes Sociais, , provavelmente por insistência da equipe de Marketing, da filha do proprietário ou, no caso de profissionais liberais, apenas para uso pessoal.

A maioria dos perfis está inativa, páginas abandonadas, inúteis.

Alguns empresários não acreditam no potencial das Mídias Sociais e a página fica lá, à vista dos clientes, mas absolutamente estática. Péssimo marketing.

Talvez você imagine que por ser o seu negócio direcionado apenas à empresas, não vale a pena investir em atualizações nas Mídias Sociais.

Está errado, você só precisa saber aproveitar o que elas tem a oferecer para empresas do tipo B2B (Business to Business).

Existem algumas formas de tornar as Mídias Sociais um instrumento útil para as B2B

 Você pode usá-las para reforçar o seu marketing tradicional

Todos sabemos que no caso de empresas B2B o marketing é mais do que importante. Em alguns casos chega a consumir uma boa parte do orçamento da empresa.  As Mídias Sociais  auxiliam esse marketing, e de graça. Se você não está levando a sério essa forma de divulgar sua empresa, pense novamente.

O Twitter oferece uma enorme gama de possibilidades de negócios entre empresas, além da possibilidade de divulgação gratuita para um público alvo no qual talvez nem você tenha pensado.

Se você pretende promover seu produto/serviço em uma feira ou evento em sua cidade, ou até mesmo fora dela, utilize o Twitter para convidar seu público a conhecer o que você tem a oferecer, a participar do evento.

Desenvolvendo relacionamentos

Um negócio entre empresas é muito mais delicado e complexo do que um negócio entre empresa e consumidor.

As empresas tendem a ser muito mais cuidadosas na hora de fechar um contrato, além de, normalmente, terem toda uma equipe para pesquisar e encontrar o melhor fornecedor.

As Mídias Sociais possibilitam a sua empresa criar um tipo de referência de negócios, um currículo empresarial disponível para pesquisas e acessível a qualquer futuro cliente.

Mantendo um bom e aberto relacionamento com seus atuais clientes você demonstra a competência dos serviços de sua empresa, além de poder, pouco a pouco, conquistar novos.

Conteúdo é a chave do momento

O conteúdo é sempre importante, mas no caso de empresas o conteúdo é o que atrai não só os clientes, mas os mecanismos de busca.

Mecanismos de busca levam as equipes de pesquisa até você.

Seu publico alvo está por aí, online, pesquisando informações sobre o produto que você tem a oferecer, não deixe que a concorrência o atraia primeiro.

Qualquer nova informação sobre sua empresa, postagem nova no blog, vídeo, e-book… Deve ser imediatamente compartilhada com seu público alvo nas Mídias Sociais.

Conteúdo é importante, mas apenas se as pessoas tem acesso a ele.

Aproveite para compartilhar conteúdo de outras empresas também, desde que o material seja relevante.

Compartilhar conteúdo de outras empresas?!

Isso mesmo, se a sua empresa fornece serviços de construção, você pode, sem nenhum prejuízo para você, compartilhar idéias de decoração, móveis ou até mesmo dicas de cores de tinta, por que não?

Seu cliente vai gostar e talvez até compartilhem o conteúdo também.

Nas Mídias Sociais, se você quer que as pessoas compartilhem seu conteúdo, se quer aproveitar essa incrível mina de publicidade gratuita, é preciso que retribua o favor.

Agora que tal compartilhar esse post?

Boa sorte!

Marketing? Político…

Marketing Político

Tenho visto alguns sites e blogs de candidatos que me deixam de cabelos em pé.

Acredito que a maioria dos candidatos acreditaram que a gestão das mídias na internet eram perda de tempo, ou provavelmente que a coisa é tão fácil que eles ou filhos e amigos, podem administrar isso.

O que nos sobrou foi uma falta de originalidade bárbara.

Não vou citar links nem nomes de candidatos, se vocês quiserem é só procurar.

Mas… Certo, o foco desse blog são os políticos de cidades pequenas, o Brasil afastado das luzes da ribalta.

Afinal, eu mesma sou de uma cidade pequena, mas em que isso muda?

Os profissionais de marketing dos municípios com menos de 50 mil habitantes acreditam mesmo que estão prestando um serviço a seus candidatos ao ignorarem a internet? Espero que não.

Vi um blog de candidato, amador, mas razoável, uma iniciativa própria, por tanto, muito boa.

Para aqueles que estão gerenciando campanhas e para os candidatos que acreditam que a internet não vale a pena, aqui está o link do vídeo do candidato do PSOL à prefeitura do Rio de Janeiro.

Senhores, assistam e aprendam.

Marcelo Freixo

Boa sorte!

Foi dada a largada, você saiu na frente?

Eleições 2012

 

Desde o início do ano venho fornecendo falando Marketing Político Digital, Eleições 2012 e campanhas eleitorais.

Diversas vezes durante todo esse tempo eu insisti na necessidade de um planejamento antecipado.

Meu objetivo foi ajudar principalmente os políticos de cidades pequenas, como a minha, e seus gerentes de campanha, com pouca ou nenhuma experiência no mundo digital.

A corrida para as urnas começou oficialmente hoje, você estava preparado?

Seu vídeo com o comunicado oficial de sua candidatura já está circulando pela internet? Seu site já está online? Já transformou seu perfil pessoal no Facebook em uma Fan Page para os eleitores? Sua agenda para a primeira semana de campanha já está disponível online?

Meus parabéns, provavelmente, se o seu adversário não fez nada disso ainda, deve estar se sentindo a beira de um ataque de nervos.

Se você fez uma careta para cada uma das perguntas acima, se bateu na própria testa e balançou a cabeça como uma forma de autoacusação… Que pena!

Você acaba de perder o efeito surpresa.

Mas ainda há tempo, apenas procure não fazer as coisas de forma a que se tornem mais prejudicais do que vantajosas, certo?

Procure manter a calma e faça todo o possível para recuperar o tempo perdido.

Aqui vão algumas dicas para você tentar desfazer parte do estrago:

  • O site não está pronto ainda? Tudo bem, tente se concentrar nas Redes Sociais por enquanto.
  • Seu perfil continua como pessoal ao invés de Fan Page? Isso é rápido e fácil de resolver. Invista na idéia, vale a pena.
  • O vídeo não está pronto? Isso sim é um problema, perca meia noite de sono e faça com que ele esteja online amanhã de manhã. Se o seu adversário já postou o dele, esqueça o vídeo tranquilo de comunicação de candidatura e parta para algo mais chamativo, procure um tema polêmico, intrigante, que não deixe dúvidas de que você não está copiando as estratégias de campanha dele. Se ele ainda não postou um vídeo, ótimo, opte pelo tradicional e se apresente como candidato.
  • Aproveite para inserir nas Redes Sociais aquelas fotos com aliados poderosos, em eventos públicos ou com bebês lindos no colo (a tradição ainda é poderosa no mundo político, mesmo o digital).
  • Em último caso, se você achar que não vai conseguir explorar todas as possibilidades da internet a favor de sua campanha, se achar que precisa de mais do que algumas dicas… Me ligue (28 3520-3231) rsrsrsrs.

Sério, pessoal, a campanha começou e eu provavelmente não terei muito tempo para dedicar ao assunto aqui no blog, mas vou tentar continuar dando dicas sempre que puder.

Que vença o melhor! (ou o que tiver a melhor equipe de marketing rsrsrsr)

Boa sorte!

 

A pirâmide de sucesso da Otimização de Sites

Este não é um sistema infalível, aliás, nenhum sistema o é, mas o gráfico abaixo pode dar a você uma idéia de como funciona o SEO.

Se você é proprietário de um site e tem interesse em promover a Otimização dele, é bom que tenha uma noção de como funciona e do que você realmente precisa para que isso funcione.

Já disse mais de uma vez que não adianta simplesmente pagar a alguém para inserir algumas Tags no seu código de HTML e esperar que, da noite para o dia, seu site apareça em primeiro lugar nas SERPs (Páginas de resultados de pesquisa).

O que tudo isso significa?

Comprometimento: Todo projeto precisa de uma equipe engajada e entusista para  que se torne um sucesso. Seja  sua empresa grande ou pequena, um individuo desinteressado pode, de alguma forma, sabotar todo o projeto (ainda que não intencionalmente).

Planejamento: O sucesso de qualquer projeto começa com a definição de objetivos e o desenvolvimento de um plano para alcança-los – detalhando estratégias e táticas que você vai utilizar, pessoas, recursos, etc. O SEO não é diferente.

Educação/Informação: Você é o proprietário do site, talvez ache que não precisa de um profissional de SEO. Mas, para que ele funcione realmente, é necessário que você tenha acesso a um grande tipo de informações. Tanto relacionadas as mudanças no mercado, quanto aos concorrentes. Esse tipo de busca por informações e atualizações pode te custar mais caro em tempo gasto do que o custo de um profissional.

Paciência: Existem algumas exceções, raras, mas, sim existem, no entanto para a grande maioria das empresas, grandes ou pequenas, a otimização é um processo que leva tempo para ser implantada e gerar resultados. O sucesso pode lavar alguns meses, talvez até mesmo um ano. Mas, acredite, no final, vale a pena. Meu conselho é que você se afaste do caminho do profissional que você contratou e o deixe4 fazer o serviço dele da forma como sabe.

Pesquisa de palavra-chave:  Se você selecionar palavras chave erradas, você estará comprometendo o sucesso de seu projeto e condenando-o ao fracasso. Isso não é novidade, eu mesma já repeti isso incontáveis vezes. Mas repetir nunca é demais.

Analise: De que outra forma você conseguirá saber se a campanha obteve ou não sucesso? Você precisa de uma analise inicial e outras periódicas para poder avaliar o andamento da campanha.

Ferramenta: As ferramentas certas podem oferecer diversas vantagens sobre os concorrentes. Mas, não se esqueça de que, não adianta ter as ferramentas se não tiver um pessoa que saiba utilizá-las.

Rastreamento: Um mecanismo de busca não pode anexar o seu site se não puder rastreá-lo, cuidado com a forma como o seu site é desenvolvido Sites desenvolvidos em Flash, DHTML e algumas outras linguagens são difíceis de ser rastreados.

Conteúdo: O conteúdo pode ser de várias formas, textos, vídeos, blog, e até mesmo conteúdo gerado por clientes. Não esqueça que o conteúdo é parte essencial para a otimização do site.

Links: O conteúdo em si não vai ser suficiente para classificar de forma satisfatória o seu site nos mecanismos de busca.   Links, de preferência relevantes, de sites de qualidade, são primordiais para conseguir um bom posicionamento nos mecanismos de busca.

Encontrabilidade Social / Local: Vamos analisar isso, já que a expressão parece uma daquelas coisas que as pessoas inventam para complicar mais do que explicar. A Mídia Social e a Pesquisa Local são obrigatórias. O tamanho e o alcance de sua empresa podem não parecer tão importantes, mas são vantagens que não devem ser ignoradas. A otimização local é uma obrigação para as pequenas e micro empresas, mas as Mídias Sociais também tem seu papel nesta história.  Também é o caso de empresas maiores, com público alvo de maior alcance. Em ambos os casos o objetivo é o mesmo: encontrabilidade. Você quer que sua empresa seja encontrada  pelos clientes e isso deve ser uma coisa fácil para eles. Isso pode ser feito através das Redes Sociais e por meio de pesquisas geográficas .

Gestão da Reputação: Saber o que as pessoas estão falando de sua empresa não é apenas necessário, é imperativo se o seu objetivo é crescer (e não é esse o objetivo de todos nós? Isso serve para qualquer um, grandes, médias, pequenas, micro empresas e profissionais liberais. Um cliente insatisfeito pode provocar um grande estrago na reputação de uma empresa, não importa o porte dela. A gestão de reputação é uma forma de evitar, controlar ou administrar quaisquer danos que possam ser causados por um cliente insatisfeito. Com o aumento dos usuários nas Mídias sociais, controlar estes danos podem ser o ponto crucial entre conquistar e perder clientes.

Confiança:  Qualquer empresário sabe que confiança é o fator mais importante de todos. Quando se trata da internet, confiança pode significar conseguir tudo o que está listado acima. Sites confiáveis geram links confiáveis que por sua vez geram melhores posições nos mecanismos de busca. Mas não é só isso, a confiança de um cliente em uma empresa, não tem preço. Confiança é sim a chave do sucesso em qualquer setor.

Agora você tem todas as dicas mais importantes para tornar a sua campanha de Marketing nos mecanismos de busca, um sucesso.

Se você gostou deste artigo, assine meu feed e compartilhe-o em seu site favorito.

Leia mais sobre a Pirâmide de sucesso da otimização de sites em:

www.smallbusinesssem.com/the-seo-success-pyramid/971/ # ixzz1rHVnXKFP

Links relacionados:

Perguntas que toda pequena empresa deve fazer sobre Otimização

Erros na otimização de sites

Não pegue atalhos na Otimização do seu site

A importância dos links

Não pegue atalhos na Otimização do seu site

Qualquer pessoa que tenha um conhecimento mínimo de SEO sabe que não é fácil, erros no desenvolvimento de um site podem ser muito difíceis de consertar.

E, não, não vai funcionar da noite para o dia.

Leva tempo para que os resultados apareçam e isso pode ser bem frustrante para todo mundo.

Os donos de sites às vezes querem que tudo funcione em alta velocidade. Hoje a otimização, amanhã o primeira posição nas SERPs.

Eu chamo isso de UTOPIA. Você pode chamar de ilusão também, se quiser.

Tentar acelerar o processo é uma péssima idéia. Como eu já disse algumas vezes antes, a otimização é algo que traz resultados a longo prazo e por um longo tempo, mas tentar acelerar qualquer processo pode resultar em uma campanha mal implementada e os resultados nunca serão os esperados.

Aqui você tem algumas dicas de alguns “atalhos” no processo de otimização que devem ser evitados:

Não

Nenhuma pesquisa de palavra chave

O primeiro passo de uma campanha de SEO é a pesquisa de palavras chave para cada página do site. Claro que este é um serviço demorado, principalmente se você que selecionar as melhores e que ofereçam melhores chances de bom posicionamento nos mecanismos de busca. Quanto mais páginas tem o site, mais demorado é o serviço.

Alguns proprietários de site acham que não tem problema ignorar esta etapa. Isso não é importante porque eles sabem exatamente quais as palavras chave querem usar.

Mas será que essas palavras vão realmente atingir o objetivo? Você não tem como ter certeza até que uma boa pesquisa de palavras chave seja realizada e que você possa verificar todas as possibilidades.

Não fazer a otimização de cada página

Geralmente, quando o site é grande, os proprietários acham que não precisam otimizar cada página, “apenas as mais importantes é suficiente”.

Mas… Não são todas importantes? Cada página de um site tem seu propósito e se você acha que não vale a pena otimizar uma delas, talvez deva pensar em tirá-la do site.

Os mecanismos de busca classificam as páginas individualmente e não o site como um todo. Uma página de serviços talvez consiga uma melhor classificação do que a página inicial, dependendo das palavras-chave.

Tudo bem fazer a otimização por etapas se o site é muito grande, mas nem pense em ignorar o processo como um todo, todas as páginas deverão receber atenção se você quiser que a otimização relamente funcione.

Ignorar as Tags

As Meta Tags já não tem o poder que tiveram para ranquear um site, mas elas ainda têm um propósito importante e uma das melhores práticas de SEO é inclui-las.

A Tag de título é o link indexado pelos mecanismos de busca.

A Meta Description é o texto que o usuário lerá sob o título do site na página de resultados de busca e é como uma chamada publicitária. Ela deve incluir palavras-chave e conseguir atrair a atenção do usuário de forma a faze-lo clicar em seu link.

A Tag H1 é o cabeçalho da página e o primeiro texto que um spider (robôs que fazer a busca e classificação dos sites) lê em uma página.

Tags de imagens são úteis porque os Spiders não vêm a imagem, por isso, ao otimizar uma imagem você estará tornando-a visível para os mecanismos de busca e aumentando as possibilidades de uma boa classificação.

Comprar Links

Link buildings são um fator muito importante para o posicionamento de um site nos mecanismos de busca, mas eles devem ser conquistados.

Os mecanismos de busca sabem a diferença. A maioria  dos links pagos não possuem nenhum valor para eles.

Então não perca tempo e dinheiro pagando por algo que, no final não vai te servir de nada.

Ao invés disso, use ambos para estabelecer links verdadeiros, relevantes e para ganhar a confiança dos mecanismos de busca.

 

Posts relacionados

A importância dos links

Dicas de otimização para quem não gosta de atualizar conteúdo

Perguntas que toda pequena empresa deve fazer sobre Otimização

A pirâmide de sucesso da Otimização de Sites

Algumas dicas sobre Marketing Online

A internet é como um imenso shopping center, com todos os tipos de pessoa, vendedores, compradores, especialistas em Marketing entre muitos outros.

Não existem muitas limitações para o potencial de negócios a serem realizados na internet, este potencial cresce diariamente e o grande alvo dos usuários é o Marketing.

Pensando nisso aqui estão algumas dicas básicas sobre o marketing na interne para você ter em mente.

Se você for proprietário de um site é muito provavelmente que queira acompanhar pessoalmente o desenvolvimento do marketing online de sua empresa. De outra forma, como poderá ter certeza de que o Marketing de sua empresa está funcionando como deveria?

Existem diversas coisas pelas quais os usuários buscam: informações, fotos de produtos, histórico da empresa, reputação e muito mais coisas.

Se você quer que o Marketing da sua empresa funcione deverá buscar formas de suprir as necessidades dos usuários.

Então, aqui estão algumas dicas de como fazer isso:

1 – Tenha um blog

Se você acha que é fácil, pense novamente. É difícil manter todos os dados de sua empresa atualizados diária ou semanalmente (mensalmente é impensável).

Digo impensável porque se você pretende manter atualizações mensais, seu blog será inútil.  A menos que você tenha uma quantidade enorme de artigos para publicar de uma só vez e eu não recomendo isso.

O Marketing através do Blog gera uma conexão com os usuários, oferecendo não apenas a você a oportunidade de ouvir seus consumidores, como a eles de se comunicarem com sua empresa. O blog também vai ajudar no SEO do seu site, se utilizado de forma a aproveitar suas palavras chave nos artigos.

Além disso o blog tem uma vantagem sobre o site. Enquanto no site você não pode ficar atualizando textos e inserindo imagens, não pode dispor de espaço para novidades do seu mercado, o blog atua como um espaço para tornar o seu site amigável para o Google.

O Google ama novos artigos, novas informações. Simples assim!

Então crie um blog para sua empresa!

Claro que para isso você vai precisar de um bom escritor. Meu conselho é que você escolha dentro de sua empresa uma pessoa capaz de elaborar bons textos. E claro, pague um extra pelo serviço, pois, acredite em mim, elaborar textos agradáveis e que cativem os usuários, não é fácil.

Ou contrate um profissional de fora, mas não se esqueça de manter-se atualizado e sempre atento ao serviço, pois, como dizia minha avó: “É o olho do dono que engorda o porquinho”.

Meu conselho é que você, de vez enquanto, leia alguns tutoriais e webnar sobre o assunto.

2 – Tenha certeza de que a aparência do seu site é agradável para os seus consumidores

Existe uma grande quantidade de sites por aí, alguns são ótimos, outros nem tanto… Mas o que isso tem haver com o seu site?  Tem muito, se você quer entender como as coisas funcionam precisa ficar de olho na concorrência e não só na concorrência dos seus produtos, mas na internet de forma geral.

Afinal, se um site, seja qual for o produto que ofereça, obtém sucesso na internet, ele deve ter algo que agrade aos usuários, então, você pode aprender algo com ele.

Um bom profissional de Marketing sabe que, apesar da beleza das novidades, às vezes o melhor caminho é aquele que já foi percorrido antes.

Você não deve perder tempo tentando “adivinhar” como o seu site deveria ser, simplesmente olhe por aí e descubra as milhares de opções que possui e que já faze sucesso. Aprenda com eles, mas não copie, crie um design próprio.

3 – Não pare no site

Muitas empresas acreditam que seus negócios estão bem quando o site está estabelecido. Acreditam que, uma vez que o site está lá e vai funcionar sozinho e de forma automatica.

Sinto decepcionar àqueles que acreditam nisso, mas… Não funciona assim.

Colocar o site online é apenas o primeiro passo (é claro que não estou me dirigindo àqueles que fazem questão de comprar um domínio e mandar desenvolver um site apenas para que o endereço www conste em seu cartão de visitas) mas, se não for o seu caso, após o primeiro passo você terá uma longa estrada pela frente.

O primeiro passo não te dará tudo, ele será apenas o início do caminho que te dará estabilidade de um ponto de referência.

Depois que você criar e estabelecer uma presença online, você precisa ter certeza de que essa presença será marcante o bastante para conseguir novos clientes.

O passo seguinte? Comece o blog! Crie perfis nas Redes Sociais e, principalmente, não esqueça a otimização do site, sem a qual tudo o que estou sugerindo ficará navegando sem rumo.

Lembre-se, não existem negócios sem investimentos e a internet é, atualmente um negócio muito rentável, então, não se acanhe, invista no seus site, no marketing online, você se surpreenderá com os resultados.

Não vou mentir para você, vai doer um pouco fazer um bom investimento em Marketing Online, digo um investimento correto, não um meio termo que acabará em nada.

Mas posso garantir outra coisa, o retorno compensa e, acredite, a longo prazo, doerá muito mais a falta de um bom sistema de divulgação.

Mas, ah, sim, você pode até evitar estes gastos agora, mas, cedo ou tarde, quando seus concorrentes estiverem conquistando todos os  clientes e o seu site estiver afastando cada vez mais os usuários… Poderá não ser tarde, mas, com certeza, o custo já terá se tornado muito mais alto.

25 palavras para fazer os visitantes do seu site agirem.

Os visitantes do teu site estão fazendo o que você gostaria que eles fizessem?

Eles estão fazendo download de livros, comprando, clicando nos links que você quer que eles cliquem?

Se a resposta é não, você está perdendo tempo em não corrigir isso.

O que fazer neste caso? Diga a eles o que fazer.

Não eu não estou brincando, você pode orientá-los a fazerem o que você quer. Esse é um truque que vem sendo usado com certa facilidade.

É engraçado, mas a maioria dos sites não se utiliza dessa técnica tão simples. Talvez por ser tão simples, as pessoas acreditem que não funcione, mas acredite, estão erradas.

Pesquisadores afirmam que quando os visitantes encontram determinadas parlavras, elas possuem um poder especifico que as levam a agir. São palavras que sugerem ação e que são bem sucedidas em estimular os visitante a agir em 72% dos casos; caso não haja nada que estimule o usuário a agir, esta mesma ação cai para 6% dos casos.

Isso lhe dá o que pensar, certo? É claro que você gostaria de aumentar o número de ações em seu site, então faça isso.

Aqui você vai encontrar algumas palavras com grande poder de ação, escolha as que mais convém ao seu site.

  1. Clique aqui
  2. Clique aqui para ver mais detalhes
  3. Baixe agora
  4. Download imediato
  5. Experimente agora
  6. Faça uma experiência gratuita
  7. Versão de teste gratuita
  8. Registre-se e receba sua versão de teste
  9. Cadastre-se agora
  10. Comece agora
  11. Nós te convidamos….
  12. Gostaríamos de saber sua opinião
  13. Peça agora enquanto ainda há tempo
  14. Peça agora antes que o estoque acabe
  15. Aguardamos seu pedido
  16. Com pressa? Ligue para _______
  17. Faça sua compra agora!
  18. Solicite nosso catálogo gratuito
  19. Estamos esperando sua ligação!
  20. Cadastre seu e-mail e receba cupons de desconto
  21. Está oferta é valida até…
  22. Satisfação garantida
  23. Peça agora
  24. Aproveite enquanto você ainda pode!
  25. Por pouco tempo!

Ai está, apenas algumas palavras para ajudar você a rever as ações do seu site.

Aproveite, corrija o que estiver errado, comece uma nova campanha.

Boa sorte.

E-book: Pequenas empresas, o que fazer online?


Muitas pequenas empresas estão perdidas na internet, algumas têm sites que nos fazem suspirar de tristeza (e algumas pessoas realmente se autodenominam “web designer”). Algumas têm bons sites, visualmente dinâmicos, agradáveis e com uma quantidade de informações que variam de quase nada a uma enciclopédia de coisas inúteis.

Ter um negócio que funcione também na internet é mais do que colocar um site online e esquecer dele, é mais do que ter em seu cartão de visitas um endereço eletrônico, é mais do que “estar na internet”.

Fazer um negócio funcionar na internet pede participação, atividade e atualizações constantes, interação com os clientes, estratégias de Marketing Digital, participação nas Mídias Sociais entre outros fatores importantes.

Enquanto analisava alguns sites fiquei imaginando se os proprietários dos sites, e das respectivas empresas, teriam alguma noção de quanto dinheiro estariam perdendo, ou se estes empresários utilizariam algum tipo de marketing não virtual para divulgar seus produtos e serviços. Claro, a propaganda é a alma do negócio, mas será que eles fazem alguma idéia da grande oportunidade que estão perdendo? Acho que não.

Então decidi escrever este livro para oferecer, a quem se interessar, a oportunidade de entender essa nova forma de divulgação e quais os benefícios ela pode trazer para os seus negócios.

Espero que goste, é minha primeira experiência e gostaria muito de oferecer um livro que realmente ajudasse você.

Clique no link e baixe o livro. Pequenas empresas, o que fazer online?