A importância da velocidade do seu site – Parte II

ponto-de-exclamação

Você fez o teste de velocidade e não gostou do resultado?

Acredite não é o único, mas aqui vão algumas sugestões para você considerar:

1.       Faca uma análise das páginas

Se uma determinada página do seu site está carregando muito lentamente, que tal pensar em dividir o conteúdo em duas ou três páginas?

O excesso de conteúdo em uma só página não só a torna lenta como às vezes assusta o visitante que está acostumado a encontrar as coisas com facilidade na internet.

Dividindo um conteúdo em mais de uma página você também poderá ser mais objetivo com o conteúdo. Usabilidade é o forte aqui.

2.       Imagens e Vídeos

Uma imagem fala mais do que mil palavras? Pode ser, mas também pesa muito mais, então se você tem imagens em excesso ou que não sejam realmente necessárias ao conteúdo do site, meu conselho é: Retire-as.

Janelinhas Pop-up às vezes além de sobrecarregarem a página, são irritantes também, use-as apenas se for para despertar a atenção do visitante de forma positiva.

Caso não possa retirar a imagem, se ela for importante para o conteúdo, verifique a possibilidade de reduzi-las, isso já será de grande ajuda.

3.       HTML

Muitas vezes um erro ou uma codificação em HTML com excesso de informação pode sobrecarregar a página.

Utilize uma codificação simples e objetiva isso irá acelerar o carregamento do site.

É isso, espero ter ajudado. Se você tem mais alguma dica, deixe nos comentário, vou ficar feliz em aprender mais.

Boa sorte!

Posts relacionados:

A importância da velocidade do seu site

A importância da velocidade do seu site

velocidade

Uma das coisas que o Google está levando muito em conta na avaliação dos sites é a velocidade.

Sim, se por um lado com a banda larga chegando cada vez a mais usuários, com sua velocidade  facilitando o carregamento de sites mais lentos, o Google agora busca site leves, fáceis e rápidos de carregar. Práticos.

O Google busca sempre o que melhor atende às necessidades de seus usuários, como qualquer bom prestador de serviços que se preze. Por isso o Google classifica os melhores sites, os mais relevantes em suas palavras chave.

Da mesma forma que um consumidor de sua empresa exige qualidade de seus produtos ou serviços, os usuários do Google confiam nele para encontrar o que há de melhor na internet para o produto/serviço que buscam.

E assim como os consumidores de sua empresa sempre podem ir buscar por produtos melhores em outras empresas, os usuários da internet possuem outras opções de mecanismos de busca, sua preferência pelo Google não vem sem motivos.

Impacientes, os usuários da internet exigem respostas rápidas quando buscam informações, então se o seu site demora para carregar duas coisas acontecem: Os visitantes desistem da espera e partem em busca de outro site, o Google percebe e seu posicionamento nas páginas de pesquisa cai.

Assim é importante que além de bem otimizado, o seu site seja rápido.

Quer saber como testar a velocidade do seu site?

O Tools Pingdom é um dos sites que te oferecem a possibilidade de fazer esse teste, você digita a sua URL e o resultado sai assim:

Tools Pingdom

teste-de-velocidade-sites

Outro site que também fornece essa informação é o Webwait e seu resultado pode ser conferido aqui:

Webwait

teste-de-velocidade-sites2

Você ainda conta com o próprio Google para te dar essa informação no Google Analytics ou no Google Developers, onde você pode testar até mesmo o desempenho do seu site em dispositivos móveis.

Esta ferramenta não oferece resultados de tempo, mas uma classificação que vai de 0 a 100 e um resumo do que você pode fazer para melhorar o desempenho do seu site.

Google Developers Speed

teste-de-velocidade-sites3

E uma ferramenta de análise recomendada pelo próprio Google é o WebPageTest, este oferece um relatório completo do desempenho com detalhes que podem ser otimizados.

É só clicar em View Test e ler o relatório.

WebPagesTest

teste-de-velocidade-sites4

No próximo post vou falar sobre o que você pode fazer para melhorar o desempenho do seu site.

Boa sorte!

Marketing Político Digital – Candidatos de 1ª viagem – Parte II

Campanha eleitoral

6 – Superestimando o adversário

Certo, você está em início de carreira, mas isso não significa que qualquer um de seus adversário é melhor ou tem mais chances que você.

Um grande erro é acreditar que uma eleição está perdida antes mesmo de se investir nela.

É claro que existem candidatos que são considerados favoritos, esses, em sua maioria, são veteranos, políticos conhecidos pelo povo, às vezes muito queridos, às vezes odiados, mas ainda assim, conhecidos.

Isso não impede que você faça uma campanha vitoriosa.

Superestimar um adversário, da mesma forma que subestimar, é a melhor forma de perder uma eleição.

Aqui também vale o conselho anterior:

Respeite as regras do jogo e olhe para cada adversário exatamente como o que ele é: adversário.

7 – Rejeitando ou ignorando a importância da ajuda profissinal

Ouvir amigos e familiares pode ser uma grande opção, mas não se esqueça de que em sua maioria, eles sabem tanto sobre marketing político, quanto você.

Alguns podem até ter uma experiência maior, mas acredite, nada substitui o profissionalismo.

Um dos maiores erros que um candidato pode cometer é achar que o custo de um profissional não vale o que ele pode fazer por sua campanha.

Um profissional de marketing político estudou para chegar onde chegou e a orientação dele pode fazer toda a diferença nas urnas.

8 – Reduzir a velocidade na reta de chegada

Se ainda não acabou, você ainda pode perder.

Acreditar nas pesquisas e relaxar nos últimos dias de campanha pode ser como nadar e morrer na praia.

Não dê a vitória como garantida a menos que as eleições já tenham sido encerradas.

Uma revirada nos últimos dias de campanha não é impossível, então cuide de sua vitória com carinho, mesmo que ela seja garantida.

9 – Entregando os pontos

Não são poucos os candidatos que entram em uma campanha acreditando na própria derrota.

Neste caso meu conselho é: Não entrem na disputa.

Não desperdice o seu tempo, não gaste dinheiro desnecessariamente.

Se for entrar em uma campanha eleitoral, entre acreditando em você e em sua equipe, caso contrário você será apenas um peso morto no jogo político.

Boa sorte!

Google quer sites mais rápidos

O SEO Hacker publicou um interessante artigo sobre as mudanças efetuadas no sistema de busca do Google, que incluíram agora a velocidade do site como fator de classificação para as SERPs.

O artido está traduzido, mas se você quiser ler o original é só clicar no link acima.

“É oficial, o Google está incorporando velocidade como um fator de classificação em seu mecanismo de busca. Algum motivo para pânico?

Bem, Matt Cutts parece estar tranquilo com relação a ao fato de a velocidade ter se tornado um outro item no Rank dos sites.

Ele explicou em detalhes em seu blog as mudanças que irão acontecer e os efeitos delas.

Não sei se é verdade, mas ele afirma que menos de 1% das consultas irá sofre alguma alteração como resultado da incorporação de velocidade de carregamento do site em seu posicionamento na página de resultados do Google. Esse é um número muito baixo na minha opinião. Tão baixo que não acho que eu vá ser incomodado pela mudança.

Parece que Matt está dizendo a verdade, pois alegou terem feito as mudanças há algumas semanas e eu não percebi nada em minhas consultas de pesquisa como especialista em SEO.

Matt também explicou porque as grandes empresas, que podem pagar hospedagens melhores e mais rápidas, não irão se beneficiar disso tanto quanto as pequenas empresas.

Os sites de pequenas empresas costumam responder mais rápido do que os sites das grandes às mudanças na Web. Isso significa que com algumas pequenas mudanças você pode aumentar a velocidade do seu site.

Matt resumiu essa mudança em três pontos principais:

Primeiro

Esta é realmente uma mudança de pequeno impacto, então vocês não precisão entrar em pânico.

Segundo –

Acelerar o seu site é uma grande vantagem de modo geral. Os visitantes do seu site vão ficar muito satisfeitos (e isso pode acabar gerando mais conversões). Um site rápido é melhor para todos.

Terceiro –

Essa mudança destaca que há coisas que podem melhorar a experiência do usuário no seu site. Em vez de perder tempo com palavras-chave e meta tags, você pode se concentrar em algo mais fácil, simples e que com pequenos passos podem melhorar a performance do seu site.

Fica então a dica: Melhore o seu site para acelerar a velocidade, caso você queira competir pelo topo da página de buscas orgânicas.”

Na minha opinião isso significa mais uma estratégia a ser usada em SEO, o que torna meu trabalho mais fácil.