Tire seu site do estado de coma em que ele se encontra!

soro

O número de visitantes do seu site caiu? Parece que nada de novo acontece nele?

Se sua resposta foi “sim”, não se preocupe, você pode reverter esta situação.

O tráfego é importante, o tráfego de qualidade é primordial para qualquer proprietário de site ou webmaster.

Quando você cria um site sua expectativa é de que ele atraia visitantes e que converta esses visitantes em clientes, mas com o tempo, se esse tráfego diminui ou desaparece, você fica sem saber o porquê ou o que fazer para mudar esta situação.

Coma ajuda do Google Analytics você pode controlar diversas informações sobre o teu site, incluindo o que há de errado com ele, mas aqui vão algumas dicas sobre o que pode estar dando errado.

O seu site não é amigável aos mecanismos de busca

Os mecanismos de busca são uma fonte inesgotável de tráfego se você souber como preparar o seu site para eles. Se o seu site não está otimizado, você pode estar perdendo a maior parte deste tráfego para algum concorrente.

Conteúdo defasado

Não é novidade a necessidade de conteúdo atualizado, relevante e que atraia o usuário.

Sem um conteúdo relevante e sempre atual você não vai conseguir atrair novos visitante, nem mesmo conseguir que os antigos voltem em busca de novidades.

Os mecanismos de busca também dão grande importância a um conteúdo novo e original.

Mantenha seu conteúdo sempre atualizado e procure adicionar novos, isso vai aumentar o número de visitantes e melhorar seu posicionamento nos mecanismos de busca.

Redes Sociais

O segundo maior gerador de tráfego são as Mídias Sociais.

Tenha certeza de que o seu site está vinculado a pelo menos duas grandes Redes Sociais, como o Facebook e o G+ ou Twitter (dependendo da região).

Mas não se esqueça de que para serem realmente efetivas as Mídias Sociais precisam de atualização também, não basta interliga-las ao site, é preciso que você promova, que desperte o interesse dos usuários em conhecer o seu site.

Ofereça algo

Como qualquer consumidor, os usuários da internet gostam de promoções e ofertas, então procure oferecer algo gratuito, como e-books, cursos online, orçamentos, etc.

Acredite isso funciona maravilhosamente.

Não se esqueça de divulgar isso nas mídias sociais.

Boa Sorte!

Outros posts:

SEO ou SEM?

Promova sua pequena empresa

Pequenas Empresas… Não cometam estes erros 

 

Anúncios

Renovando o seu site para melhor

renove-o-seu-site

O seu site precisa de atualizações, sempre, mas que tal tentar uma repaginada nele? Mudar o layout, imagens, tudo.

Se o número de visitas no seu site caiu nos últimos tempos ou se o seu site tem a mesma aparência desde 1999, chegou a hora de repensar algumas coisas.

Cedo ou tarde é preciso que você renove o seu site, até mesmo pelos clientes atuais, uma mudança pode dar uma revitalizada e gerar mais movimento no site.

No então é sempre um risco também, pois o que foi sucesso em 1999 pode ser um fracasso agora, e mesmo que você decida por uma modernizada no site, ainda existe o perigo de exagerar na medida e acabar perdendo mais do que conquistando.

Não pense que é um processo rápido, pois não é. Se você pretende fazer isso por si mesmo ou se vai contratar um web designer, não importa, você precisa ter algumas coisinhas em mente antes de começar.

Comece com uma análise do seu site, faça uma lista de tudo o que você acha que pode ou deve ser mudado.

Seja detalhista e talvez, antes de começar, você possa ler o livro:

“Não me faça pensar” de Steve Krug. Este livro vai te dar excelentes noções de usabilidade.

Quando for avaliar as modificações, não pense no site apenas como um ponto final de sua campanha de marketing, mas como parte dela.

Lembre-se principalmente: “Nós levamos o visitantes até você, se você vai conquista-lo e transformá-lo em cliente, depende de você (do seu site)”.

Isso é algo ara você ter em mente o tempo todo em que estiver revisando o seu site: Ele precisa ser, antes de qualquer coisa, uma de suas estratégias de Marketing.

Analisando o seu site atual

A primeira coisa a analisar é o desempenho que o site vem tendo nos últimos tempos, número de visitantes, tipos de visitantes, conversões, taxa de rejeição, palavras chave, vendas, otimização, etc.

O acesso a essas informações é fácil, basta utilizar o Google Analytics, se não souber como fazer, converse com seu web designer.

Uma vez que estes dados estejam em seu poder, você poderá avaliar o que precisa ser modificado com mais urgência.

Liste seus objetivos com relação ao site

A simples aparência antiquada pode ser uma razão para uma mudança no layout do site, mas já que você vai fazer isso, que tal aproveitar e fazer outras mudanças?

Quando falo sobre uma aparência antiquada, não estou me referindo apenas ao layout, acredite, ainda existem na internet muitos sites sem mídias sociais.

Considero isso uma necessidade primordial atualmente.

Então já que você vai mesmo mudar o site, que tal definir alguns objetivos úteis para esta mudança?

  • Melhorar o posicionamento dele nos mecanismos de busca;
  • Começar um novo tipo de relacionamento com os clientes através das Mídias Sociais;
  • Aumentar o número de visitantes;
  • Diminuir a taxa de rejeição, etc.

Alguns desses objetivos irão depender dos outros, por exemplo, ao melhorar o posicionamento de seu site nos mecanismos de busca é mais do que provável que você aumente o número de visitas.

Defina objetivos razoáveis e claros: “Aumentar o número de visitas do site em 30% nos próximos três meses”

Dessa forma você poderá analisar os resultados de forma mais clara e objetiva.

Analise a concorrência

Seus concorrentes estão por aí, em algum lugar da internet prontos e com campanhas de marketing já em plena ação. Faça uma pesquisa, descubra de onde vêm os clientes deles, como está a campanha deles nas Mídias Sociais, etc.

Através desta análise você poderá montar uma campanha melhor ou maior do que a deles, utilizando técnicas similares ou novas, isso depende de você.

Mídias Sociais

Sim, sempre toco neste assunto.

Mas, sua campanha de marketing não terá o mesmo resultado se você as ignorar.

Os mecanismos de busca são o que há de melhor para trazer novos visitantes ao seu site, mas as Mídias Sociais são o que há de melhor para você construir um relacionamento com esses visitantes, com seus clientes e com a sociedade ao seu redor.

Você precisa desse relacionamento muito mais do que imagina e ao redesenhar o seu site, lembre-se disso. Minha recomendação é que você adicione pelo menos os botões do Facebook, Twitter e G+ em algum lugar de destaque do site.

Mas lembre-se, não adianta você ter a Mídia e não estar atuante, isso não só não vai conquistar novos clientes como possivelmente vai afastá-los.

Não perca

Ao redesenhar o seu site, tenha certeza absoluta de não estar excluindo um conteúdo importante.

Procure descobrir quais os conteúdos foram compartilhados antes de excluí-los, isso pode ser muito prejudicial.

As páginas com maior tráfego podem ser redesenhadas, mas não deve, de forma alguma ser excluídas.

Backlinks também podem ser perdidos se você excluir uma página.

Como eu disse, você precisa de uma análise detalhada antes de começar as modificações.

Lembre-se de que o seu web designer pode não entender nada de SEO, então, procure um profissional ou faça esta análise você mesmo, desde que saiba onde e como procurar.

“Seu site” x “Nosso site”

Por fim, lembre-se de que o seu site não deve ser feito para agradar a você, mas aos clientes, são eles que precisam se sentir bem e querer voltar ao site.

Então renove o seu site sem perder isso de vista, faça-o para os usuários, não para você.

Boa sorte!

Posts relacionados:

A anatomia de uma boa Landing Page (Página de conversão) para campanhas de marketing

Erros na otimização de sites

Dicas de otimização para quem não gosta de atualizar conteúdo

Perguntas que toda pequena empresa deve fazer sobre Otimização

Aproveitando o Google Adwords da melhor forma

google-adwords

Para quem não conhece o Google Adwords ainda, aqui vai uma explicação simples:

Colocar imagem do Google Search com destaque para os anúncios do Adwords.

O Google oferece todos os tipos de assessoria para quem está começando uma campanha no Adwords, 0800, suporte por e-mail e etc.

Atendentes super simpáticos, atenciosos e realmente preocupados em tornar sua experiência no Adwords a melhor possível.

Não importa se você vai investir 40 ou 4.000 reais, a ajuda é a mesmo.

No entanto existem algumas coisas que o pessoal do suporte do Adwords não pode ajudar.

Não faz diferença se sua campanha é boa, se o produto é excelente, se a marca é conhecida.

Se você não estiver preparado para receber os clientes, não vai funcionar.

Visitantes perdidos

E primeiro lugar, não adianta você criar uma campanha incrível, com um display que realmente chame a atenção e gere visitantes ao seu site, se esses visitantes vão chegar lá e ficarem sem saber o que fazer a seguir.

Não direcione seus anúncios para a página principal do seu site, a menos que tudo o que você queira seja que as pessoas cheguem até ele e depois saiam.

Geralmente uma campanha de anúncios publicitários é feita para promover um produto, se esse produto é o site, muito bem, você conseguiu o que queria e sua campanha é um sucesso.

Mas se o seu objetivo é a venda ou promoção de um produto/serviço, direcionar o visitante aleatoriamente não vai te ajudar.

Para isso você precisa de uma Landing Page, que levará o visitante a agir da forma como você quer.

Pouca gente sabe também que uma boa Landing Page pode tornar o anúncio mais barato.

É verdade!

Se sua Landing Page estiver alinhada com o texto de seu anúncio irá influenciar o Quality Score, sistema de avaliação do Adwords e, consequentemente, o preço de seu anúncio cairá ou sua visibilidade aumentará.

Palavras chave

Aqui vou comentar sobre o proprietário de uma loja de computadores para o qual fiz uma avaliação da campanha no Adwords.

A loja é de computadores, mas entre as palavras chave da campanha de anúncios dele estavam incluídas palavras como:

Jogos, games, jogos online, download de jogos e etc.

A loja não tinha jogos para vender e o site não fornecia download e jogos.

Ele conseguia mais de 1000 acessos por dia, mas as vendas não estavam muito boas e ele não entendia o porquê.

Fácil de entender: A maioria dos visitantes do site não estava procurando computadores, mas jogos, entravam, viam que não tinha o que queriam e saiam. 1000 visitas, 10 vendas?

Por isso as palavras chave relacionadas ao seu anúncio são tão importantes, não adianta relacionar um número infindável de palavras chave se elas não estiverem relacionadas ao produto anunciado.

Análise de desempenho

Se você pretende criar uma campanha, tenha certeza de que alguém irá monitorar o desempenho dela.

Não adianta criar a campanha e deixa-la esquecida, o objetivo é fazer com que atinja o maior número de pessoas possível e no Adwords você tem a vantagem de poder modificar a campanha ou detalhes dela a qualquer momento.

Momento

Com tudo isso, ainda há o risco de sua campanha não decolar. Porquê?

Nem sempre o momento é ideal e vários fatores podem influenciar sua campanha de forma boa ou ruim.

Mantenha em mente que uma boa campanha de marketing pode garantir apenas que o visitante chegue até você. As vendas são por sua conta.

Boa sorte!

Posts relacionados:

SEO ou SEM?

Propaganda gratuita no Google

Algumas sugestões do Google para otimização de imagens

Algumas dicas sobre Marketing Online

Otimização x Mídias Sociais, a questão não é um OU outro

Se você é proprietário de um site ou de uma empresa online, é essencial que tenha isso em mente. O SEO não é “outra” opção, as Mídias Sociais também não.

Você não deve escolher entre um e outro, mas utilizar ambos.

Estratégias diferentes, mesmo objetivo. Conversão.

Como já citei algumas vezes, o SEO é primordial para que o seu site apareça nos resultados orgânicos (gratuitos) dos mecanismos de busca. Quanto melhor o seu posicionamento nesses  mecanismos, maior o número de visitantes que chegará até o seu site.

A implantação de palavras-chave específicas por melhorar a posição do site, mas não é a única coisa, os mecanismos de busca não vão confiar no seu site apenas porque você colocou as palavras chave corretas.

A credibilidade vem através de links externos, de pessoas e sites que confiam no seu produto ou serviço, o fato de o proprietário de outro site confiar no seu é muito importante para os mecanismos de busca.

É por isso que uma boa estratégia de otimização é demorada. Onpage e Offpage, essa é a combinação necessária para a construção da reputação de um site.

Há algum tempo atrás algumas técnicas “black hat” de SEO, como a compra e troca de backlinks, levaram os mecanismos de busca a optarem por outra forma de classificarem os sites e nada melhor do que a opinião dos próprios usuários para proverem informações sobre a qualidade de um site.

Os melhores backlinks são aqueles que você conquista através de um bom conteúdo, que mostram que você realmente entende do que está falando.

E é aqui que entram as Redes Sociais.

São milhares de usuário compartilhando informações e, principalmente, links para outros sites.

Os mecanismos de busca não ignoram isso e é exatamente por isso que os mecanismos de busca incluem, atualmente, informações de Redes Sociais, em sua avaliação da relevância de um site.

A confiança do usuário é o mais importante para os mecanismos de busca, então, se um site é constantemente citado em diversas redes sociais, é claro que eles irão dar uma atenção especial a isso.

É por isso que a Otimização e as Mídias Sociais estão diretamente conectadas.

Falando de forma simples a relação dos dois pode ser resumida da seguinte forma:

O conteúdo das Mídias Sociais precisa ser otimizado para que realmente funcione.

A Otimização precisa ser compartilhada para que seu efeito seja mais garantido.

Sua Página de Conversão contém erros?

Você decidiu criar uma Landing Page (Página de Conversão), pois todos os sites sobre otimização afirmam que é uma das melhores formas para converter visitantes em leads (possíveis clientes) e leads em clientes.

Mas… Ela não está funcionando como disseram que funcionaria!

Será que isso é só mais uma conversa fiada?

Na verdade as Landing Pages são, comprovadamente úteis em um site, seja para que os visitantes deixem seus e-mails cadastrados (isso será útil no futuro para o e-mail marketing), seja para eles conhecerem algo que você disponibiliza no seu site ou para comprar.

A verdade é que elas foram criadas para estimular o usuário a agir da forma como você deseja, mas não basta criar uma e colocá-la no seu site, é preciso que você tenha certeza de que ela irá realmente funcionar.

Como?

Em primeiro lugar experimente pensar como o usuário. Se sua Landing Page não atrai você, com certeza não atrairá outras pessoas.

1 – Verifique se há em sua Landing Page uma palavra ou frase de efeito, aquela frase que vai atrair a atenção do visitante.

Por “atenção” entenda: Interesse, curiosidade, cobiça ou confiança.

Esta é a frase/palavra que vai levar o visitante a pensar duas vezes antes de fechar a página.

2 – Não descarte a possibilidade de estar confundindo seu visitante.

Uma Landing Page deve conter apenas uma escolha de ação, qualquer coisa, além disso, vai confundir o usuário. Então, se o seu objetivo é vender, tenha apenas um botão “compre agora”.

Não tente pedir que o usuário compre e se cadastre na mesma ação, ele pode acabar desistindo de ambas as ações apenas por se sentir acuado ou indeciso.

3 – Tenha certeza de que o seu visitante não está confundindo sua Landing Page com o resto do site.

Você não quer isso, com certeza, então, se sua Landing Page apresenta um visual semelhante ao do seu site. Modifique-o.

Se as cores do seu site variam entre azul, roxo e cor de rosa (eu sei, ninguém utilizaria esta combinação para um site, mas nunca se sabe…), então utilize cores diferentes, como laranja, verde e amarelo.

Assegure-se de que seu visitante saberá que aquela é a página onde ele deve “agir”.

4 – Ainda com relação ao layout, não se esqueça de que tudo em excesso é prejudicial, então, na hora de escolher texto + cores + fotos + formulário + botão de ação, procure evitar qualquer tipo de poluição visual.

Além de também confundir o usuário, pode acabar estressando ele e levando-o a fugir correndo.

5 – Retire quaisquer links para outras páginas ou sites. O objetivo é que o usuário responda a ação desejada, não que ele se distraia.

6 – Certifique-se de que a imagem, caso aja alguma, não seja mais envolvente que a chamada de ação. Se a imagem tiver legenda, que seja relacionada de forma clara e objetiva à ação desejada.

7 – Botões de Redes Sociais. Eles são realmente necessários à ação que você deseja, ou estão apenas servindo como pontos de fuga?